30 de abr de 2010

São Luís está sem o 190

Manifestantes repudiam oligarquia Aroso e descaso da prefeita Bia em Paço do Lumiar

Uma manifestação contra a “oligarquia Aroso” movimentou nesta sexta-feira pela manhã o bairro do Maiobão, no município de Paço do Lumiar. Moradores das vilas Epitácio Cafeteira, Santa Clara, Loteamento Silvana, Parque Horizonte, residenciais Zumbi e Nova Vida participaram de uma passeata em protesto contra o descaso da administração da prefeita Bia Aroso (PDT), ex-esposa do ex-prefeito do município, Amadeu Aroso, e mãe de Thiago Aroso, ambos atualmente empregados na prefeitura.

A prefeita Bia Aroso (hoje Venâncio) sucedeu na administração do município o sobrinho Gilberto Aroso. Filiado ao PDT, Bia “Aroso” Venâncio foi uma das primeiras a manifestar seu apoio à governadora Roseana Sarney (PMDB) imediatamente à posse da filha do Senador José Sarney (PMDB-AP) por determinação do TSE, em 17 de abril. Os ex-prefeitos também são alinhados ao grupo político dos Sarney.

Com faixas, carro de som e reforçados pela frota de vans do transporte alternativo que serve aos bairros do município, os moradores percorreram as principais avenidas do conjunto Maiobão. Na porta do Fórum os manifestantes leram um abaixo-assinado, contendo várias denúncias, entre elas a prática de nepotismo.

De acordo com o documento, muitas escolas estão sem aula por falta de condições das instalações e também de professores. “A Policlínica São José, situada na MA-201, que antes atendia pelo SUS na MA-2001 está fechada desde que a prefeita tomou posse há um ano e três meses, deixando a população sem opção de atendimento já que não contamos nem mesmo com uma ambulância”, reclamou a Raquel Correia.

Os manifestantes solicitaram a presença da promotora Jaqueline Caracas, que não atendeu ao pedido. Desde dezembro do ano passado os moradores tentam manter um diálogo com a promotora de Paço do Lumiar para intermediar a solução de problemas nas áreas de infraestrutura, educação e saúde, geradas pelo descaso da prefeita.

Segundo líderes da manifestação a partir desta data foi iniciada a coleta de assinaturas do abaixo assinado protocolado no Ministério Público no município. No documento apresentado constam cerca de 1.500 assinaturas de moradores do Maiobão e dos bairros e ocupações pertencentes aos municípios.

A poder oligárquico da familia Aroso se arrasta há anos. Talvez seja um dos mais longevos do estado ou do país, Rivaliza de perto com o dos Sarney no Maranhão. Bia foi um arífício da oligarquia para permanecer no comando do município situado na região metropolitana de São Luís. Depois de romper com o sobrinho Gilberto, a ex-Aroso hoje Venâncio oportunisticamente se transferiu para o PDT do na época governador Jackson Lago.

No Painel da Folha de S. Paulo

Areia. Dividida, a Executiva Nacional do DEM ameaça não apoiar a reeleição da ex-correligionária Roseana Sarney (PMDB) no Maranhão.

Manchetes dos jornais

AQUI-MA - Quadrilha presa
GAZETA DA ILHA - Preso com dinheiro na cueca em São Luís
JORNAL EXTRA - Senado pagou tratamento dentário de Paulinho Lobão: "Panela" custou R$ 26 mil
O ESTADO DO MARANHÃO - Lula deve voltar ao Maranhão antes da campanha eleitoral
O IMPARCIAL - Fecomércio movimentou R$ 72 mi em dois anos