7 de out de 2010

Dilma pede direito de resposta à TV Canção Nova

    A coligação “Para o Brasil Seguir Mudando” e sua candidata Dilma Rousseff (PT) entraram com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo direito de resposta contra a TV Canção Nova, no tempo de 15 minutos.
    Na manhã de ontem, a emissora teria exibido um sermão, ao vivo, no qual um padre pediu aos fiéis que não votassem na petista. Segundo a representação, o religioso fez afirmações difamatórias e injuriosas. "Dentre outras afirmações falsas e ofensivas, de cunho difamatório e calunioso, o referido padre afirma que o PT é a favor da interrupção de gestações indesejadas", diz o texto da representação.
    O padre teria dito também que Dilma pretende aprovar leis que cerceiem as liberdades de imprensa e religiosa, que ela e seu partido querem aprovar a celebração do casamento entre homossexuais e que ambos têm o objetivo de transformar o Brasil em uma nação comunista e terrorista.

Lula diz que em seu governo "a polícia bate em quem deve bater"

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira (7) que, em seu governo, “a polícia bate em quem deve bater”, referindo-se à ocupação dos morros cariocas feitas pelas UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora).
    Lula citou uma série de localidades nas quais foram instaladas UPPs e defendeu os resultados alcançados pela aplicação das unidades.
    "Estou convidando vocês para subirem a favela de Manguinhos, o Complexo do Alemão, e o Pavão-Pavãozinho para vocês verem o que nós estamos dizendo para aquele povo de lá: não vamos mandar para cá a polícia apenas para bater. A polícia vai ir para lá para bater em quem tiver de bater e proteger quem tiver de proteger", afirmou.

Condenado a prisão, prefeito de Benedito Leite consegue 58% dos votos para Roseana Sarney

    Condenado em junho deste ano a três anos de detenção pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão por fraudar processo licitatório, Raimundo Coelho Júnior, prefeito do município de Benedito Leite foi um dos aliados da governadora Roseana Sarney (PMDB) na eleição que a reelegeu para mais um mandato.
    Coelho Júnior é um aliado de grande quilate dos Sarney. Guarda grandes semelhanças com seus timoneiros políticos. Nasceu em berço oligárquico como a filha do senador pela Amapá, José Sarney (PMDB).
    Na gestão de Jackson Lago, o município de Benedito Leite finalmente pode contar com uma estrada asfaltada, a MA-371, ligando a sede até o município de São Raimundo do Azeitão.
    À margem do Rio Parnaíba, o município tem problemas crônicos de abastecimento. A saúde é precária. A educação depende do município do Piauí. Para ir à escola, jovens pagam o transporte em lanchas mensalmente, em torno de R$ 30,00 por pessoa. A prefeitura nada subsidia.
    Muitos homens em idade economicamente ativa buscaram vagas na esmagadora de soja instalada em Uruçuí.
    Os Coelho estão no comando do município há quase um século. A marca da família está em fachadas das casas e também dos prédios públicos. O fio condutor da história do município se alternou entre as mãos dos Coelho e Raposo.
    Por força de uma liminar, conquistada graças ao livre trânsito no poder, Raimundo Coelho Júnior se manteve no mandato. Antes, conseguiu converter a pena em serviços comunitários. Com prazo de validade de 30 dias a liminar venceu no dia 22 de julho. Durante três dias o prefeito permaneceu no pleno exercício do mandato.
    No município 1.480 eleitores optaram por reeleger a governadora Roseana Sarney. Proporcionalmente, foram 58,5% do eleitorado do município.
    A oligarquia dos Coelho é um subproduto dos Sarney. Copiam cacoetes judiciais e dispensam o mesmo tratamento aos cidadãos, ou seja, mantendo-os estacionados na segunda categoria.

Jornalista prepara livro polêmico sobre Ronaldo

    O jornalista italiano Enzo Palladini se prepara para lançar o livro “Paura del buio” (Medo do escuro) uma biografia não-autorizada do jogador Ronaldo. Na obra, o jornalista acusa o jogador do Corinthians de ter usado anabolizantes no inicio da carreira, entre outras denúncias.
    Segundo o autor do livro, a informação sobre o uso de anabolizantes foi revelada pelo médico brasileiro Bernardino Santi, especialista em dopagem que trabalhou na Confederação Brasileira de Futebol até 2008. O médico chegou a ser demitido da CBF após a declaração.
    Santi, no entanto, nunca apresentou provas de suas acusações. Logo após as declarações, o médico acabou sendo demitido pela Confederação Brasileira de Futebol.
    Outra polêmica revelada pelo jornalista é tentativa de affair do jogador com a tenista russa Anna Kournikova.
Com informações do UOL

Investigado, Edinho Lobão será condecorado pelo Ministério Público do Maranhão

    O empresário e ex-senador Edison Lobão Filho (PMDB), suplente do pai senador reeleito e ex-ministro Edison Lobão (PMDB), passou de investigado a condecorado pelo Ministério Público do Maranhão.
   Em dezembro, o ex-parlamentar  irá receber a Medalha do Mérito do Ministério Público, a mais alta honraria concedida pela instituição.
    Em 2007, o MP investigou Lobão Filho por suposta sonegação fiscal. Ele seria sócio oculto de uma distribuidora de bebidas, a Itumar, que teria sonegado R$ 42 milhões em impostos durante oito anos.
    O procurador da Itumar era Marco Antonio Pires da Costa, sócio de Lobão Filho em outra distribuidora, a Bemar. As duas empresas funcionavam no mesmo endereço e tinham como gestor o tio do ex-parlamentar, Neuton Barjona Lobão Filho. Quando se desligou da Bemar, o ex-senador passou suas cotas para a mãe de Costa, Maria Vicentina da Costa, e Maria Lúcia Martins, empregada do procurador.
    A condecoração foi sugerida pela procuradora Themis Maria Pacheco de Carvalho e aprovada por 14 votos a um.
De O Globo

Manchetes dos jornais

O ESTADO DO MARANHÃO - OGX vai procurar petróleo em mais 8 municípios do MA
O IMPARCIAL - Enqanto mãe namora, casa pega fogo e filho morre queimado

Na agulha: Candidato Caô Caõ com Bezerra da Silva