8 de out de 2010

Pará tem quase três vezes menos inscritos no Bolsa Família que o Maranhão

     Com 7,5 milhões de habitantes, o estado do Pará tem  270 mil famílias atendidas pelo Bolsa Família. O número é quase três vezes menor que os inscritos no programa do governo federal no Maranhão com 6,3 milhões de habitantes. Mais de 800 mil famílias maranhenses estão inscritas no programa. Isso equivale a 54% do universo familiar no estado.

Jackson Lago diz que Serra simboliza o anti-sarneysmo no Maranhão

     “Serra é o anti-Sarney no Maranhão", definiu o ex-governador do Estado, Jackson Lago (PDT). O comitê do tucano vai funcionar no mesmo local onde foi instalado o comitê de campanha da coligação "O Povo é Maior", que teve Lago como candidato ao governo.
     A campanha do tucano deve ser conduzida pelo pedetista, um dos mais veementes na defesa da candidatura de Serra no Maranhão. NO meio da semana, Jackson Lago reforçou seu interesse em eleger o tucano para a presidência. Provocou a ira da deputada estadual Helena Barros Heluy (PT), ligada ao PT que defende aliança com os Sarney no Maranhão.
     Entre os tucanos, Roberto Rocha e Edson Vidigal, ambos candidatos derrotados na disputa por uma das duas vagas no Senado reservada ao Maranhão, disputam prestígio.
Vidigal, que deixou o PSB e ingressou no PSDB em busca de uma legenda para sua candidatura ao Senado, já demonstrou ter prestígio com o alto tucano. Na reunião da cúpula do partido, Vidigal conduziu Jackson Lago para a liderança da campanha no Maranhão. O pedetista teve até mesmo direito a fala em meio a tantos tucanos eleitos.
     Como presidente regional do PSDB, Roberto Rocha tem despertado suspeitas. Na véspera da realização do pleito, material de propaganda de Rocha, ao lado de Dilma e o bando político ligado ao Sarney, ganhou divulgação privilegiada na seara sarneysta. Dileto amigo do empresário Fernando Sarney, Roberto Rocha tem tratamento especial na mídia dos Sarney. Acredita-se que não será esse prestígio que ele usará na campanha pró-Serra.

Três municípios do Maranhão têm a maior cobertura do Bolsa Família no país

    Os municípios maranhenses de Junco do Maranhão, Brejo de Areia e Poção de Pedra são campeões de cobertura de Bolsa Família no país. Nos três 5.713 famílias estão cadastrados no chamado programa de transferência de renda do governo Lula.
    Junco do Maranhão é o município com maior cobertura proporcional. Das 963 famílias, 882 estão inscritas no Bolsa Família, o que corresponde a 91,6%. O município fica às margens da BR-136 próximo onde em 2006 o candidato tucano Geraldo Alckmin mostrou a situação das BRs no Nordeste brasileiro.
    Segundo o IBGE, o município tem 3.950 habitantes, 49 carros, seis caminhões e 80 motos. Além de 19.936 cabeças de gado, 200 cavalos e 120 mulas.
    O segundo município com maior cobertura proporcional no país também está no Maranhão. Em Brejo de Areia das 1.279 famílias. 1.136 famílias, ou seja, 88,8% dos lares possuem alguém recebendo o benefício.
    A votação de Dilma Rousseff (PT), candidata de Lula à sucessão presidencial superou 70%. Em Junco, 82% do eleitorado deram votos a Dilma que não veio ao Maranhão no primeiro turno. No estado mais de 800 mil famílias, superior a 50% dos domicílios, estão inscritas no Bolsa Família. A inscrição é feita pelas prefeituras municipais. Daí os prefeitos serem os principais cabos eleitorais de Dilma ou Serra.

No Painel da Folha de S. Paulo

Tansfusão. Do Sírio-Libanês, onde está hospitalizado desde terça-feira, o presidente Sarney telefonou ao correligionário Renan Calheiros para endossar a cobrança por mais espaço para o PMDB no comando da campanha de Dilma. A ala peemedebista do Senado está ainda mais alijada do núcleo decisório do que os colegas da Câmara.

Manchetes dos jornais

O ESTADO DO MARANHÃO - Desarticulada quadrilha de fraudadores do INSS no Maranhão
O IMPARCIAL - 167 mil farão Enem no MA