2 de nov de 2010

Artistas de Teatro de Rua cancelam encontro por falta de patrocínio

Por falta de patrocinadores este ano não será realizado o 3º Encontro Matraca de teatro de Rua do Maranhão. Em comunicado aos artistas o Circo de Cidadania Palco e Picadeira esclarece os motivos que motivaram o cancelamento do evento. Veja abaixo a comunicado na íntegra.
COMUNICADO AOS ARTISTAS
Prezados artistas,
    Durante duas edições, o Encontro Matraca de Teatro de Rua do Maranhão aproximou diversas linguagens das artes cênicas, a performance, o circo e o teatro de rua, ambos comungaram o experimento a partir das ações como cortejos, palestras, lançamento de livros, shows, oficinas e espetáculos.
    Conseguimos reunir em São Luis, muitos grupos de outros Estados e principalmente do Maranhão, garantindo cachês e uma estrutura mínina para a realização. Para 2010, a nossa preocupação tem sido buscar apoios para garantir melhores condições aos grupos e convidados envolvidos nesse trabalho.
    Lamentamos comunicar que todos os esforços junto aos órgãos Estaduais e Municipais na tentativa de obter os recursos necessários, não lograram êxito. Dessa forma, o Encontro Matraca de Teatro de Rua programado para início de novembro não acontecerá. Tentamos ainda adiar a data para adequar ao calendário dos patrocinadores, mas as repostas não foram favoráveis e, até o momento, não temos perspectivas.
    Pedimos a compreensão de todos que esperaram colaborar conosco nesse trabalho esperando que novas políticas para a democratização da cultura ocorram possibilitando a execução de projetos tão importantes como este.
    O Circo de Cidadania Palco e Picadeiro, espera continuar contando com a compreensão e a parceria de todos, para que em 2011 tenhamos um encontro que marque as nossas vidas.
São Luis MA, 01 de novembro de 2010.
Atenciosamente,
Circo de Cidadania Palco e Picadeiro - CCPP

Record foi primeira a entrevistar a presidente eleita Dilma Rousseff

    Foi a Record a primeira emissora de televisão a entrevistar Dilma Rousseff depois de eleita presidente da República. A entrevista de William Bonner no Jornal Nacional foi exibida após a conversa da petista com as jornalistas Ana Paula Padrão e Adriana Araújo no Jornal da Record. As redes de televisão disputam a primazia da exclusividade. A posse nesse caso foi compartilhada.
    Dilma encerrou a entrevista na Record prometende dar atenção especial às reporteres. Ao responder sobre sua equipe de governo se comprometeu:" Eu ainda não tratei disso. Mas, quando eu tratar, vocês serão as primeiras a saber".

Congresso reativa conselho de comunicação

Enquanto alguns Estados estudam implantar conselhos para monitorar a mídia, inclusive o Maranhão, o Congresso Nacional se prepara para reativar o Conselho de Comunicação Social, órgão previsto desde 1988, mas que só funcionou por pouco tempo, de 2002 a 2006.
     Durante o recesso parlamentar de julho, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), despachou cartas a dezenas de entidades anunciando a medida, e 21 delas já indicaram nomes para compor o órgão.
    A função do conselho é auxiliar o Congresso em assuntos relativos à comunicação - como liberdade de expressão, outorga e renovação de concessões, programação da televisão e propaganda de cigarros e bebidas.
    Diferentemente dos conselhos em gestação em Estados como o Ceará, o do Congresso Nacional não traz entre suas atribuições -estabelecidas pela lei 8.389/91- a tarefa de monitoramento ou de fiscalização dos meios de comunicação. Trata-se apenas de um órgão consultivo, e não deliberativo, e está previsto na Constituição.

Dilma deve cuidar da saúde, avisam esotéricos

    Boas relações interncionais, manutenção das alianças políticas e nenhuma grande mudança estrutural. Sem arriscar muito, essas são as principais previsões dos espiritualistas e videntes. Alguns, porém, pedem para que a presidente eleita tenha cuidado com sua saúde emocional, já que o estresse pode levar a doenças físicas."Do lado administrativa tudo vai correr bem, mas ela estará em um momento de extrema sensibilidade, um 'pouco down', o que pode afetar a vida política", prevê o vidente Robério Ogum, que em abril de 2010 antecipou que ela seria a futura presidente.
    "Ela de deve tomar mais cuidado com a saúde nos meses de abril e maio", também indica a numeróloga Aparecida Liberato. Os astros também apontam que Dilma deve se cuidar no aspecto pessoal. "Ela realmente tem um saúde emocional frágil,tem difuculdade para expor o que sente. Ela pode somatizar muitos problemas emocionais, que refletem no aspecto físico", espiritualista André Mantovanni.
    Já o premonitor Jucelino Nóbrega da Luz não tem boas notícias para a presidente. Segundo ele, a saúde frágil indica possibilidade de doenças mais graves. "Em 2012 pode ter a volta do câncer".

Manchetes dos jornais

O ESTADO DO MARANHÃO - Dilma venceu em todas as cidades do MA
O IMPARCIAL - Mortes: 18 pessoas morreram no último fim de semana em São Luís