15 de dez de 2010

Gullar assina estampa de camiseta de bloco de carnaval

O poeta Ferreira Gullar
O bloco "Simpatia é Quase Amor", do Rio de Janeiro, vai homenagear este ano o poeta maranhense Ferreira Gullar.  A camiseta oficial do bloco tem estampa assinada por Gullar.
    Como faz há 27 anos - desde que começou - o Simpatia convidou um artista para desenvolver o desenho. Um dos fundadores do bloco, Dodô conta como foi o processo para se chegar a Ferreira Gullar.
    - O Gullar, além de ser um crítico de arte, um poeta, faz também suas obras. A gente tentou ele há uns três anos, e dessa vez ele topou fazer. Ele é um ícone da cultura brasileira, um monstro que representa o Brasil, e o Simpatia tem essa preocupação de chamar ícones, grandes nomes do país, da nossa história. Nesse ano ele está fazendo 80 anos, então nem teve como recusar - brinca - Ele ficou meio assim "não sei fazer a camiseta", mas mandou para a gente e depois disse "ficou linda, ficou maravilhosa" - conta.
    As camisetas do Simpatia já foram assinadas por nomes como Vergara, Glauco, entre outros grandes. Os interessados em ter o uniforme para 2011 podem encontrá-lo no botequim "Paz e Amor", na Rua Garcia D´Avila, em Ipanema, no restaurante "Galitos", na Rua Afrânio de Melo Franco, no Leblon, no bar "Chico e Alaíde", também no Leblon, ou no bar "Belmonte", no Jardim Botânico. A camiseta custa R$ 25, e a bolsa, R$ 35. A expectativa dos organizadores é que neste próximo carnaval passem pelo bloco mais de 70 mil pessoas.
Com informações de O Globo

Maranhense pode fazer parte da equipe do Vasco em 2011

    O atacante Misael, jogador maranhense e um dos principais responsáveis pela boa campanha do Ceará no Campeonato Brasileiro 2010 ainda sob comando de PC Gusmão, pode estar próximo de acertar com o Vasco.
    O presidente do Ceará, Evandro Leitão, recebeu uma proposta do Cruzmaltino pelo empréstimo do jogador por um ano. Até sexta-feira a situação estará definida. Se fechada a negociação Misael fará parte da equipe a partir de janeiro de 2011.
    O diretor executivo de futebol do Vasco, Rodrigo Caetano, destacou que o atacante é um desejo antigo de PC Gusmão.
    - O Misael é um pedido do PC e já não é de agora. Seria um jogador que viria para compor nosso elenco, dar mais força ao grupo. É um atacante que joga mais pelos lados do campo - analisou o dirigente.
Com informações do Diário do Nordeste

Vida de Tiririca pode virar filme ou mini-série

    A equipe do palhaço e deputado federal eleito Tiririca (PR-SP) está negociando com o diretor André Klotzel para que a vida do cearense seja retratada num documéntário ou num longa-metragem.
    A ideia do cineasta é contar a trajetória dele e companhá-lo no Congresso, enquanto Tiririca aprende o que faz um deputado federal. A história também pode virar uma mini-série.

Supostos lucros do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil são administrados por seccionais

    A Ordem dos Advogados do Brasil nega que tenha obtido lucro com a aplicação do último Exame da Ordem no país. Para se submeter à prova o egresso da Faculdade de Direito teve que desembolsar R$ 200,00. De acordo com cálculos mais simples, a OAB obteve R$63 milhões com a aplicação de três testes este ano. O presidente da entidade, Ophir Cavalcante, nega as cifras.
    Segundo o presidente da OAB os valores são administrados pelas seccionais (sedes regionais) da OAB e empregados para custear as despesas com o exame. O alto índice de reprovação mais à qualidade do ensino jurídico no Brasil do que ao grau de dificuldade da prova são apontados como os principais moticos de reprovação.
    Autor de um projeto que pretende acabar com a exigência do exame da OAB para que bacharéis em direito possam exercer a advocacia, o deputado Edson Duarte (PV-BA) afirma que a prova é inconstitucional porque conflita com a autonomia universitária e a competência do poder público para avaliar e fiscalizar o ensino.
    O jurista Ives Gandra afirma que o exame é a “única forma de termos profissionais mais qualificados”, e que a prova é “reconhecidamente difícil”.
Com informações do JBonline

Aumento de caso de lesão corporal seguido de morte no Maranhão foi de 175% entre 2008 e 2009

    Documento divulgado pelo Anuário 2010 do Forum Brasileiro de Segurança Pública apontam que no Maranhão houve um incremento de 175% nas estatísticas de lesões corporais seguidas de morte entre 2008 e 2008. O estado é líder nesta modalidade de violência no Nordeste.
    Por outro lado, houve redução de 30,1% no número de homicídios dolosos (intencionais) no Maranhão. De acordo com os dados divulgados no Anuário em 2008 foram 1.012 crimes dessa natureza, havendo uma queda para 714 em 2009.  O registro ocorreu entre o segundo ano do governo Jackson Lago (PDT) e o primeiro ano do governo Roseana Sarney (PMDB). Foi a maior redução entre os nove estados da região Nordeste.
    Nesse período o aumento das despesas do Governo do Estado com Segurança Pública foi de 30,4%, passando de R$ 520 milhões  para R$ 678 milhões.
    Segundo ainda o relatório a média nacional de homicídio em 2009 ficou na casa de 25 ocorrências para cada 100 mil habitantes. O índice é considerado estável já que em 2008 a média foi de 24,9 casos para cada grupo de 200 mil pessoas.

Manchetes dos jornais

O ESTADO DO MARANHÃO - Helicóptero reforça segurança
O IMPARCIAL - Empresa do tráfico: Polícia prende Rosinha do Pó S.A