14 de set de 2010

José Dircey critica "excesso de liberdade" da imprensa

     Em palestra para sindicalistas do setor petroleiro da Bahia, na noite desta segunda-feira, 13, em Salvador, o ex-ministro da Casa Civil e líder do PT José Dirceu criticou o que chamou de "excesso de liberdade" da imprensa.
     Dirceu disse aos cerca de 100 líderes sindicais que acompanharam sua apresentação que o primeiro ano de governo de Dilma "será certamente marcado pela política", por causa da imprensa. "O problema do Brasil é o monopólio das grandes mídias, o excesso de liberdade e do direito de expressão e da imprensa", disse.
Com informações do Estado de S. Paulo

Rede da infância realizará audiência com candidatos ao governo

Política de pai para filho se perpetua no Maranhão

     Nas eleições deste ano a genealogia na política maranhense se torna ainda mais marcante. Afora a candidatura à reeleição de Roseana Sarney, filha do ex-governador do Maranhão, ex-presidente da República e atual presidente do Senado, outras tantas comprovam que a política, ou a divisão do poder no estado, tem forte fundações nas famílias.
     E, como diz o ditado, aqui "filho de peixe é peixinho", com projeto de vir a se tornar um tubarão branco.
     Num lançar de olhos na relação dos candidatos aptos junto ao Tribunal Superior Eleitoral, mais de uma dúzia dos pleiteantes a cargos eletivos são descendentes de políticos ou detentores de mandatos ainda no exercício do cargo. São filhos de...
André Fufuca- Filho do deputado estadual Fufuca Dantas, ex-secretário de Minas e Energia do governo Roseana Sarney. Candidato a deputado estadual.
Camilo Figueiredo - Filho do ex-prefeito de Codó, Biné Figueiredo. Candidato à reeleição de deputado estadual.
Daniel Macedo - Filho do secretário de Comunicação do governo Roseana, Sérgio Macedo. Candidato a deputado estadual.
Davi Alves Silva Júnior - Filho do ex-deputado federal e lendário político da região tocantina Davi Alves Silva. Candidato à reeleição de deputado federal.
Djane Alves Silva – Filha do ex-deputado federal e lendário político da região tocantina Davi Alves Silva. Candidata a deputada federal.
Eduardo Braide – Filho do deputado estadual Carlos Braide. Candidato a deputado estadual.
Edvaldo Holanda Júnior - Filho do deputado estadual Edvaldo Holanda. Vereador de São Luís. Candidato a deputado federal.
Érico Carvalho - Filho do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Cururupu, Wilson Carvalho, impedido de ser candidato por ser condenado pelo Tribunal de Contas da União, TCU. Candidato a deputado estadual.
Gardênia Castelo - Filha do ex-governador e atual prefeito de São Luís, João Castelo. Candidata à reeleição, deputada estadual que assumiu na suplência.
Kleber Leite - Filho do ex-deputado já falecido Kleber Leite. Candidato a deputado federal.
Lima Neto – Filho do deputado estadual Zé Lima. Candidato a deputado estadual.
Luciano Genésio - Filho do ex-prefeito de Pinheiro e ex-deputado estadual José Genésio. Candidato a deputado estadual.
Luciano Leitoa – Filho do deputado estadual e ex-prefeito de Timon, Chico Leitoa. Ex-deputado federal. Candidato a deputado estadual.
Neto Evangelista – Filho do ex-deputado estadual João Evangelista, falecido em 2009. Candidato a deputado estadual.
Paulo Marinho Jr - Filho da deputada Márcia Marinho e do ex-deputado federal e ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho. Ambos condenados pelo Tribunal de Contas da União. Candidato a deputado federal.
Ricardo Archer - Filho do ex-prefeito de Codó, Ricardo Archer, impedido de participar das eleições por conta de condenação junto ao Tribunal de Contas da União, TCU. Candidato a deputado federal.
Rigo Teles – Filho do prefeito de Barra do Corda, Nenzim. Candidato a reeleição de deputado estadual.
Roberto Câmara – Filho do ex-prefeito de São José de Ribamar, Jota Câmara. Candidato a deputado estadual.
Roseana Sarney - Filha do senador José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado Federal e ex-presidente da República. Candidata à reeleição do governo do estado.
Rubens Pereira Jr - Filho do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Matões, Rubens Pereira, barrado desde as eleições de 2006 pelo TCU. Candidato à reeleição.
Sarney Filho - Filho do senador José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado Federal e ex-presidente da República. Candidato à reeleição de deputado federal.
Victor Mendes - Filho do ex-prefeito de Pinheiro e secretário de Cidades do governo Roseana, Filuca Mendes. Candidato à reeleição de deputado estadual.

Governo Roseana desacata legislação eleitoral

     Roseana Sarney não para de ingringir a legislação eleitoral. Na cidade de Cururupu, a candidata à rreleição pela coligação "O Maranhão não pode parar", com o auxílio da equipe de seu governo, desacata o artigo 73 da lei eleitoral, fazendo propaganda descarada em pleno período de campanha eleitoral. Veja abaixo flagrante em foto do dia 11 de setembro de 2010:



Ritual de morte do Boi da Lua começa sexta,17

     A União Recreativa e Cultural Bumba-meu-Boi da Lua, sotaque de orquestra, realiza o ritual folclórico da morte do boi nos dias 17, 18, 19 e 20 de setembro do corrente ano, das 21h às 02h. A sede do Boi da Lua fica situada na Estrada da Vitória, nº 3701 no Viva João Paulo. Veja abaixo a programação:
DIA 17/09/2010 (SEXTA-FEIRA)
Esconderijo do Boi
Apresentações culturais
Música ao vivo
DIA 18/09/2010 (SÁBADO)
Festa dos Brincantes (Grupos de Pagode)
DIA 19/09/2010 (DOMINGO)
Feijoada
Ritual da Morte do Boi da Lua
Seresta
DIA 20/09/2010 (SEGUNDA-FEIRA)
Inauguração do Ponto de Cultura: Ponto de Guarnicê
Derrubada do Mourão
Distribuição de bolo

Justiça confirma o afastamento do prefeito de Governador Archer

     A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça confirmou nesta terça-feira, 14, o afastamento do cargo do prefeito de Governador Archer, Raimundo Nonato Leal. O gestor municipal é acusado de realizar irregularidades em processos licitatórios e despesas no mandato eletivo do ano de 2005, quando sua prestação de contas foi rejeitada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).
     O prefeito foi afastado no dia 18 de maio, também por decisão da 1ª Câmara Criminal do TJ, que recebeu a denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual contra Raimundo Leal. Os crimes atribuídos ao administrador estão previstos no artigo 89, da Lei de Licitações 8.666/93 e Decreto-lei n.º 201/1967 – Lei de responsabilização dos prefeitos.
A defesa do prefeito interpôs recurso de embargos de declaração com o objetivo de reverter à decisão do afastamento, alegando que não existe razão para manter o administrador afastado.
     O relator do processo, desembargador Raimundo Melo, acompanhando o parecer da Procuradoria Geral de Justiça, considerou que o recurso interposto pela defesa foi intempestivo, isto é, foi ajuizado fora do prazo estabelecido pela lei. Votaram neste mesmo sentido, os desembargadores Raimundo Nonato de Sousa e José Bernardo Rodrigues.
A ação penal contra Raimundo Nonato Leal terá prosseguimento com o interrogatório do Réu.
Da Assessoria do TJ-MA

Wagner Moura também apoia Marina Silva

Depois de Caetano Veloso, Gilberto Gil e Marcos Palmeira, foi a vez do ator baiano Wagner Moura (foto) declarar apoio a candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, em programa eleitoral de rádio desta terça-feira (14). Moura já havia anunciado apoio ao candidato verde Marcelo Freixo, que disputa vaga na Assembleia Legislativa no Rio de Janeiro.
Na segunda (13), em evento na capital paulista, além de Wagner Moura, Caetano e Gil, o cineasta Fernando Meirelles, Adriana Calcanhoto, Arnaldo Antunes resolveram declarar abertamente apoio à candidatura da verde.

No Painel da Folha de S. Paulo

Campeão
Comentário de um governista diante da descoberta do número de familiares da ministra Erenice que já foram nomeados para cargo no serviço público. ""Pelo visto, ela só perde para o Sarney".

Lula quer "extirpar" companheiros de Roseana da política brasileira

O partido que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer "extirpar" da política brasileira é o principal aliado da governadora Roseana Sarney (PMDB) no Maranhão. Roseana deixou o DEM, legenda pela qual concorreu ao governo do estado em 2006, após a derrota nas urnas.
     Ao assumir o governo do estado por determinação do Tribunal Superior Eleitoral, Roseana Sarney de imediato nomeou os três parlamentares do DEM para dirigir secretarias da administração estadual: os deputados estaduais César Pires (Educação), Raimundo Cutrim (Segurança Pública) e Max Barros (Infraestrutura). Pires, Max e Cutrim foram críticos ferozes ao governo Lula durante toda a legislatura.
     O DEM integra a coligação "O Maranhão não pode parar", encabeçada por Roseana Sarney e o petista Washington Oliveira, muda feito um poste durante toda a campanha. Cede lugar até mesmo para o marqueteiro Duda Mendonça, o mago contratado a peso de ouro para reconduzir a filha do senador José Sarney (PMDB-AP) para mais um mandato como governadora.
     "São pessoas que alimentam o ódio. Nós precisamos extirpar o DEM (Democratas) da política brasileira", resumiu Lula durante comício em Santa Catarina.
     Entre os democratas mansos no Maranhão está Clovis Fecury, deputado federal filho do senador Mauro Fecury (PMDB) que assumiu o lugar de Roseana. Clóvis é primeiro suplente de João Alberto (PMDB), vice-governador e candidato ao Senado nas eleições de outubro.Os Fecury são donos do Uniceuma e têm caracterizado suas campanhas por um grande volume de dinheiro.

Manchetes dos jornais

AQUI - Perigo:Fogo na ilha
O ESTADO DO MARANHÃO - Seis mortos em tragédia na BR-135, em Santa Rita
O IMPARCIAL - 13 vidas perdidas