10 de ago de 2010

Documentário mostra Pai Euclides no Benin


     Dia 13 de agosto o público poderá conferir os resultados do projeto Pedra da Memória, que levou Pai Euclides Talabyan e uma comitiva da Casa Fanti Ashanti do Maranhão ao Benin. Coordenado pela musicista e pesquisadora Renata Amaral, o projeto recebeu o Prêmio Interações Estéticas da FUNARTE/MinC, promovendo um profundo diálogo entre a cultura dos dois países.
     Ao longo de 4 semanas, a equipe visitou as cidades de Cotonou, Abomey, Ketou, Porto Novo, Ouidah, Allada, Pobe e Sakete, realizando encontros e registros audiovisuais de diversas tradições como os Toques de vodum, Zangbeto, Egungun, cerimônias Geledés, música Kudo e as tradições dos Agudás, os afrobrasileiros do Benin, descendentes de ex escravos e trabalhadores do tráfico escravagista que retornaram à terra natal quando a escravidão foi abolida.
     Esta experiência transformadora resultou no documentário e na mostra fotográfica que terão pré estréia esta sexta feira na Casa de Nhozinho. Dirigido por Renata Amaral e editado por Diana Gandra, o documentário Pedra da Memória traz um diálogo estético entre as tradições populares do Brasil e do Benin (África Ocidental), em uma aproximação poética e reveladora conduzida pela memória de Euclides.
Cerimônia Geledê
     Fruto ainda da residência artística de Renata na Casa Fanti Ashanti, que se tornou Ponto de Cultura em 2006, também será lançado no evento o CD Boi de Encantado, do tradicional Bumba Boi Garotos do Cruzeiro da Casa Fanti Ashanti, um registro inédito que inclui mais de 20 toadas representativas dos 56 anos de atividades do Boi, compostas por Pai Euclides e seus encantados.
     Completando a noite se apresentarão os grupos de Bumba meu Boi Garotos do Cruzeiro e do Tambor de crioula de Taboca Veneradores de São Benedito, ambos também da Casa Fanti Ashanti.

PEDRA DA MEMÓRIA
Dia 13 de agosto, sexta às 19h30
Casa de Nhozinho (Rua Portugal, 185 – Centro Histórico)
Fone (98) 3218 9951
Entrada franca

Estudantes protestam contra propaganda enganosa sobre educação e oligarquia Sarney

     "Estudante consciente não vota na oligarquia. Não vota na família que há décadas mantém o Maranhão no atraso. Não vota nos Sarney", entoava a todo intervalo musical o presidente da Central Estudantil Secundarista, CES, Lucivaldo Lopes. Na plateia, milhares de estudantes (foto) aplaudiam o protesto no ato público do Dia do Estudante, um dia antes da data comemorativa, na Praça Deodoro.
     Desde o início da tarde, os estudantes repetiam o ritual de protesto em frente ao CEM Gonçalves Dias, uma das dezenas de escolas da rede estadual a aderir ao movimento de esclarecimento à classe sobre as várias facetas do domínio oligárquico.
     "Todo dia o sistema mentira de comunicação quer nos fazer acreditar que aqui temos a melhor educação e a melhor saúde. Querem dizer que a Roseana assumiu o governo por decisão de quatro ministros e tudo ficou melhor. Eles terão o troco no dia 3 de outubro", advertiu Lucivaldo em meio a gritos e aplausos.
     No palco, além do presidente do CES, dirigentes do Movimento Estudantil Independente, MEI, entidade que organizou o protesto, e membros do Conselho Regional de Biblioteconomia. Juntos eles clamaram pela abertura da Biblioteca Pública Benedito Leite. Fechada há um ano, a única biblioteca pública da Secretaria de Estado da Cultura aguarda a reforma anunciada pelo atual governo.
     Os estudantes alertam para as mentiras plantadas sobre a melhoria da educação. Também reclamam por saúde. "Os hospitais estão fechados para reformas desde o início do ano.Eles disseram que dentro de 120 dias entregariam o PAM Diamanete ae até hoje os doentes esperam", bradou Victor Fontinele, do Movimento Estudantil Independente.Só resta aguardar a resposta no dia 3.
     Coincidentemente, no dia 10 de agosto na folhinha de efemérides é a data de comemoração do aniversário de nascimento do poeta Gonçalves Dias e da fundação da Academia Maranhense de Letras. Mas ali, na Praça Deodoro, coração nevrálgico e cívico da cidade, os estudantes, quase todos da rede pública, repudiaram o poder imortal. Embora com respeito, conjungaram com protesto, mesclado com festa, o tempo futuro.

Rita Ribeiro e Zeca Baleiro concorrem no 21º Prêmio da Música Brasileira

    Os artistas maranhense Rita Ribeiro e Zeca Baleiro estão entre os finalistas do 21º Prêmio da Música Brasileira. Respectivamente com os trabalhos "Tecnomacumba, a tempo e ao vivo" e "O coração do homem-bomba ao vivo mesmo", Rita e Zeca são finalistas na categoria melhor disco canção popular.
     Zeca Baleiro concorre ainda ao prêmio de Melhor Cantor com "O coração do homem-bomba ao vivo mesmo"; e Rita Ribeiro ao prêmio de melhor cantora  com o disco "Tecnomacumba a tempo e ao vivo". A escolha também está sendo feita através do voto popular. Na categoria os dois concorrem. A premiação acontece nesta quarta-feira, 11, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.


Museu de Tudo: ônibus sobe a rua do Egito na década de 1960

Volkswagen vai doar R$ 900 mil e mais 6 viaturas para Secretaria de Estado de Segurança Pública

    A Volkswagem doará à Secretaria de Estado da Segurança Pública R$ 900 mil que serão destinados a suprir as necessidades urgentes do Instituto de Criminalística (Icrim) e Instituto Médico Legal (IML) e seis picapes Amarok adaptadas como viaturas policiais. Cada carro custa, aproximadamente, R$ 122 mil. Também serão doados R$ 200 mil a entidades civis que realizem trabalhos reconhecidos junto às crianças de comunidades carentes de São Luís.
     A doação é resultado do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o Ministério Público do Maranhão e a Volkswagen do Brasil assinado em 31 de julho,encerrando assim a Ação Civil Pública movida contra a empresa devido às fraudes nas vendas de veículos promovidas pela Euromar, concessionária da marca em São Luís chefiada pelo empresário Alessandro Martins (foto).
     O diretor de assuntos jurídicos da montadora, Eduardo de Azevedo Barros, o procurador Henrique Mendes de Araújo e o advogado da empresa, Ulisses César Martins de Sousa assinaram o TAC.
     A Volkswagen se compromete ainda a apresentar os recibos de pagamentos feitos em nome da concessionária Euromar, de aproximadamente dois milhões e meio de reais, junto ao fisco do Maranhão. O valor é referente à diferença na cobrança do ICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços) sonegado na fraude. Esses documentos serão utilizados na regularização dos carros junto ao Detran-MA.
     Outro compromisso da Volkswagen é de instalar, em regime de urgência, uma oficina autorizada da marca para atender aos clientes de São Luís, já que a Euromar não está em condições de prestar serviços e fornecer peças aos automóveis da marca que circulam na capital maranhense.
     Em 90 dias a montadora deverá apresentar uma proposta de recompensa patrimonial aos clientes lesados pela fraude. Só terão direito a esse benefício os consumidores que realmente foram lesados, pois não sabiam da conduta criminosa praticada pela Euromar, ou seja, aqueles que adquiriram os veículos entre os meses de outubro de 2008 e fevereiro de 2009.
     No caso de descumprimento ou atraso não justificado de qualquer das cláusulas do Termo de Ajustamento de Conduta, a Volkswagen estará sujeita a multa diária de R$ 10 mil. Mesmo com a extinção da Ação Civil Pública, continuam correndo na Justiça os processos criminais movidos pela 15ª Promotoria de Defesa do Consumidor e 17ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Ordem Tributária e Econômica.
Da Assessoria do MP

Bibliotecários fazem protesto e abaixo-assinado pela abertura da Biblioteca Benedito Leite

     A diretoria do Conselho Regional de Biblioteconomia do Maranhão -13ª Região realizou durante esta terça-feira, 10, manifestação de protesto contra o fechamento da Biblioteca Pública Benedito Leite, órgão da Secretaria de Estado da Cultural.  A manifestação, realizada em frente ao prédio da Benedito Leite, na praça Deodoro,  teve objetivo de chamar atenção da população para o fechamento da única biblioteca pública estadual em São Luís. Há um ano a biblioteca está fechada para reforma.
     Junto com estudantes do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Maranhão, UFMA, os bibliotecários do CRB recolhem assinaturas para um abaixo-assinado que será encaminhado ao Ministério Público.
     "Nossa intenção é  através desse abaixo-assinado contar com a colaboração do promotor Paulo Avelar, da Educação, para que sejam tomadas proviodências por parte do governo do estado pára reabertura da biblioteca", explicou a presidente do Conselho, Silvelene da Silva.
     Na tarde desta terça-feira, estudantes e bibliotecários participam de ato público organizado pelo Movimento Estudantil Independente, MEI.

Maranhão: estátua de Gonçalves Dias na praça do mesmo nome em Caxias

Britânico percorre toda margem do Rio Amazonas

Depois de 859 dias, milhares de quilômetros e “50 mil picadas de mosquito”, o britânico Ed Stafford tornou-se o primeiro homem que caminhou por toda a margem do Rio Amazonas, até sua foz. Ontem, após vencer uma jornada de mais de 6,5 mil quilômetros, o aventureiro de 34 anos encontrou o Oceano Atlântico no norte do Brasil.
– É incrível estar aqui. Isso demonstra que é possível fazer tudo, embora as pessoas digam que não. Eu demonstrei que se você quer muito uma coisa, você pode fazer qualquer coisa – disse Stafford no momento em que chegou ao mar.
     Algumas horas antes, o andarilho britânico havia desmaiado ao lado da rodovia, pouco antes de chegar à praia de Marudá (PA). Stafford caminhou por quase dois anos e meio. O britânico nadou no mar e abraçou todas as pessoas que estavam perto.
– O principal disso é que se não fosse uma aventura egoísta, eu não penso que teria funcionado – disse Stafford, um ex-capitão do exército britânico.
     Além das 50 mil picadas de mosquito que diz ter sofrido ao longo da jornada, o britânico afirma que levou uma centena de picadas de vespa e que foi vítima de ataques de cobras e escorpiões.
     Existem pelo menos seis expedições conhecidas sobre o curso do Rio Amazonas, desde sua nascente no alto do Andes peruanos, passando pela Colômbia, até o Brasil, onde suas águas encontram o Oceano Atlântico após percorrer 6.759 quilômetros.
     Stafford e um amigo britânico começaram a caminhada em 2 de abril de 2008 na costa sul do Peru, no Pacífico. Após três meses, o amigo de Stafford desistiu da aventura. Ele perseverou e caminhou através da rota com centenas de habitantes de localidades por onde passou. A um certo trecho da rota ainda no Peru, o trabalhador florestal peruano Gadiel “Cho” Sánchez River, de 31 anos, decidiu acompanhar o britânico até o Atlântico.
Do Zero Hora

Como foi a entrevista de Dilma no Jornal Nacional minuto a minuto

20h52 - “Meu projeto é dar continuidade ao governo do presidente Lula. Mas não é repetir é avançar. Nós vamos chegar a uma situação mais avançada ao final de 2014″, disse a petista ao final da entrevista.
20h52 – Citando obras do governo, ao final da entrevista, a candidata se confundiu: ‘a Baixada Santista aqui no Rio…”
20h50 – “Uma das áreas em que eu mais me empenhei foi o saneamento. O Brasil investia no Brasil inteiro menos de R$ 300 milhões. Aqui no Rio de Janeiro nós investimentos no ano passado numa favela R$ 270 milhões”, afirmou.
20h49 – Sobre o cresimento do Brasil ser menor que o crescimento de países como Índia e China, a candidata afirma que o processo no Brasil foi mais difícil que nesses países, em função da dívida herdada do governo anterior. “O Brasil hoje é um dos países que mais cresce no mundo. A queda da economia russa no ano passado foi terrível”.
20h46 – Bonner pergunta a Dilma se o PT errou quando criticava Fernando Collor de Mello, Renan Calheiros, José Sarney, Jader Barbalho e outros que hoje são aliados do partido, ou se está errado agora. “Eu acho que o PT acertou quando percebeu que para governar um País com a complexidade do Brasil precisava de uma aliança ampla”, afirmou. “O PT não tinha muita experiência naquela época”, completou.
20h44 – Questionada sobre a declaração de Lula de que Dilma maltratava ministros, Dilma diz que era dura ao cobrar os ministros: ‘Às vezes é preciso ser como uma mãe’.
20h43 – Para Dilma, existe uma visão construída sobre sua pessoa que não corresponde à realidade. Disse que negocia com movimentos sociais e não compactua com violência, mas afirmou não admitir nenhuma ilegalidade.
20h42 – “Uns dizem que eu sou uma mulher forte, outros dizem que eu tenho tutor. Eu não vejo problema nenhum na minha relação com o presidente Lula, ao contrário, tenho muito orgulho”.
20h39 – Questionada se se considera preparada para governar, Dilma afirma ter experiência administrativa suficiente, citando cargos que já ocupou, como ao comandar o cargo de ministra-chefe da Casa Civil. “Então, eu me considero preparada para governar o País”.
Do Estado de S. Paulo

Maranhão foi estado que mais reduziu desmatamento na Amazônia Legal

     Dos nove estados da Amazônia Legal, o Maranhão foi o que mais reduziu o desmatamento no período de agosto de 2009 a junho deste ano. O levantamento foi divulgado ontem pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espacais, INPE.  A ONG Imazon fala em aumento. No final do ano os números serão confrontados.
     A redução foi de 73% da área desmatada no Maranhão em relação a agosto de 2008 a junho do ano passado. Houve uma queda de 241 quilômetos quadrados para 64,5 km2, segundo dados comparativos do INPE. Mesmo assim o estado ainda ocupa o quinto lugar entre os que mais desmatam na Amazônia Legal. Liderado pelo Pará, o  desmatamento foi reduzido em 49% nos últimos 11 meses. Uma área de 1.808 km2 foi desmatada neste período.
Com informações do INPE

No "JN", Dilma defende apoios de Sarney e Collor

     A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, abriu ontem o ciclo de entrevistas ao vivo no "Jornal Nacional", da Rede Globo, defendendo o arco de alianças que a apoia. Ela disse que governar o país pressupõe a necessidade de se fazer uma "aliança ampla".
     William Bonner listou aliados que, no passado, eram criticados pelo PT: Renan Calheiros (PMDB-AL), Jader Barbalho (PMDB-PA), José Sarney (PMDB-AP) e Fernando Collor (PTB-AL). "Quando foi que o PT errou? Antes ou agora?", questionou.
     Dilma não respondeu diretamente, mas disse que o PT não tinha "tanta experiência" de governo. "O PT acertou quando percebeu a sua capacidade de construir uma aliança ampla", afirmou.
Da Folha de S. Paulo

Manchetes dos jornais

AQUI-MA - Execução na Cidade Olímpica
ATOS & FATOS - Roubalheira: Rede de loja aplica golpe de mais de R$ 1 milhão no Maranhão
JORNAL EXTRA - Morreu de bucho cheio:Jovem é morto com vários tidos dentro de galeteria
JORNAL PEQUENO - Conselhos Estaduais anunciam ação contra o governo do MA
O ESTADO DO MARANHÃO - TV Mirante define debates e entrevistas com candidatos
O DEBATE - Governo federal no PC Rio Anil
O IMPARCIAL - Eleições 2010 : Maranhão na rota dos presidenciáveis
TRIBUNA DO NORDESTE - MP pede afastamento da prefeita de Paço do Lumiar