27 de out de 2011

No Painel da Folha de S. Paulo


Sabedor do modo de funcionar de Dilma Rousseff, levada a dispensar seu sexto ministro, o PC do B deve entregar ao Planalto uma relação de nomes, e não um único indicado para o lugar de Orlando Silva. Apesar disso, o partido tem preferência clara: Aldo Rebelo, peça importante na operação de bastidores dos últimos dias. O deputado, contudo, não é assimilado com facilidade pela presidente, que até hoje se ressente de sua atitude de enfrentamento na votação do Código Florestal, do qual foi relator. A lista tem ainda Luciana Santos, deputada e ex-prefeita de Olinda, e Flávio Dino, presidente da Embratur e, ontem, o favorito de Dilma.

Ela Além de ser mulher, pesa a favor de Luciana Santos o fato de ocupar a vice-presidência do PC do B, o que reforçaria o discurso oficial segundo o qual a sigla não será "castigada". Ela tem ainda a simpatia do governador Eduardo Campos (PSB-PE), de quem já foi secretária de Ciência e Tecnologia.

Ele Já Flávio Dino conta com o apoio do ministro José Eduardo Cardozo (Justiça). Mas parte do PC do B o considera um "cristão novo".

Manchetes dos jornais

Maranhão

O Estado do Maranhão: Aposentadoria aos 75 anos é aprovada na AL
Região
Diário do Pará: MPF pede anulação do ENEM

Jornal do Commercio: Enem vaza novamente
Meio-Norte: Wilson se reúne com Dilma hoje para rever dívida
O Povo: MEC anula provas de 639 alunos em Fortaleza
País
Correio: Fora do jogo
Estadão: Cai o 6º ministro de Dilma; interino assume Esporte
Estado de Minas: Fora do jogo
Folha: Sob suspeita, ministro do Esporte deixa o governo
Globo: Cartão vermelho - Orlando sai, mas PCdoB fica
Valor: Câmbio faz rentabilidade da exportação crescer 15%
Zero Hora: Sucessão de crises na gestão Dilma abate um ministro a cada 50 dias