1 de jun de 2011

Na agula: Banda piauiense Validuaté em "Ela é"

São João 2011: Castelo foge do arraial da Maria Aragão com medo de vaia


Chris Santana, Didã e Dici cantam "Urrou do boi"
    O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), evitou enfrentar o público na abertura da temporada junina do Arraial da Praça Maria Aragão nesta quarta-feira,1º. Castelo foi "representado" pelo presidente da Fundação Municipal de Cultura, Func, Euclides Moreira Neto. No ano passado Castelo recebeu vaias do público, mas esteve no arraial todas as noites, sempre acompanhado por um indefectível copo de scotsh.
    A programação terá duração de 33 dias de festa popular com cerca de 250 manifestações folclóricas e culturais do Maranhão, entre elas, o Tambor de Crioula - Patrimônio Imaterial Nacional, além do tradicional Bumba-meu-boi, além de shows com artistas maranhenses.
As cantoras Cris Santana, Didã e Dici abriram oficialmente a programação interpretando “Urrou do Boi”, hino do folclore maranhense, toada de Coxinho.
    O Arraial da Maria Aragão, o oficial da Prefeitura de São Luís, conta com 29 barracas onde  são vendidos artesanatos, comidas e bebidas típicas como arroz de cuxá, canjicas e mingau de milho.
    A prefeitura apóia ainda o Arraial do Parque Folclorico da Vila Palmeira, administrado pelo vereador Astro de Ogum (PMN).

Sarney quer que o povo esqueça o impeachment

Fernanda Dennemann
Os caras-pintadas, quem diria, foram varridos para debaixo do tapete do Senado Federal, e o próprio presidente da Casa, o sr. José Sarney, ajudou com a vassoura, ao dizer que o Impeachment de Fernando Collor foi um “acidente”. Mas depois da repercussão, na imprensa, sobre a retirada do painel que trata da saída de Fernando Collor do Planalto, da exposição permanente do Túnel do Tempo, no Senado, José Sarney voltou atrás e solicitou a recolocação da peça em seu devido lugar.
    Mas como é que um movimento que levou milhões de pessoas às ruas e derrubou um presidente pode ser chamado de “acidente”? Seria piada, descaso ou desrespeito do ilustre sr. com a força e a vontade do povo? Ou, simplesmente, o hábito (que já pode ter virado vício) que os políticos brasileiros têm de manipular a memória do povo?
    Sim, sabemos que Collor jamais teria saído do Planalto se a Rede Globo, que o colocou no poder, não tivesse se envergonhado e, por isso, decidido tirá-lo de lá; mas seus jornalistas não fizeram isso sozinhos, haja vista que tentaram, também, acabar com o governo Lula e impedir que Dilma Rousseff chegasse à presidência... e suas tentativas foram vãs. Faltaram os caras-pintadas, afinal...
    Mas o que eu quero saber é o seguinte: como é que a aprovação do impeachment de Fernando Collor foi cortada da exposição, que pretende contar os mais importantes acontecimentos ocorridos na Casa, desde 1822? Então o setor responsável pelas obras de revitalização dos painéis acredita que não há relevância no fato de um presidente acusado de corrupção ser forçado, pela pressão popular, a abandonar o poder?
    As palavras do sr. José Sarney não me surpreendem, vindas de quem vêm, um político que se elegeu pela primeira vez prometendo lutar por seu estado pobre e que, 50 anos depois, riquíssimo, segue com seu estado paupérrimo: o Maranhão não conta, sequer, com rede de esgoto para a grande maioria da população que vive na capital turística cantada em prosa e verso (de péssima qualidade, aliás) de alguns escritores nascidos por lá.
    Se chega a ser constrangedor que o presidente do Senado não considere “marcante” um evento desse porte, chega a ser uma vergonha que um ex-presidente da República __que se diz democrata __ desvalorize a tal ponto um levante popular como aquele, que não só mudou os rumos do país, mas mostrou ao povo que o poder está de fato em suas mãos.
    A lembrança do movimento dos caras-pintadas enche de orgulho o coração de quem viveu aquela época, e deveria ganhar lugar de destaque justamente para que o povo jamais se esquecesse com quantos brasileiros se faz uma revolução.
Ou será que é isso mesmo que o Senado quer que a gente esqueça?
Do blog Alma Lavada do Jornal do Brasil

PCdoB de São Luís faz capacitação de pré-candidatos a vereador

    O Comitê Municipal do PCdoB em São Luís realizará nesta quinta, 02, o primeiro de uma série de seminários para capacitação técnica e política dos pré-candidatos a vereador nas eleições do próximo ano. No evento de abertura, o auditor da Controladoria Geral da União(CGU) e militante do partido, Wellinton Resende, fará uma exposição sobre o tema “o vereador e a fiscalização dos recursos públicos municipais”.
    Ao longo dos seminários serão tratados mais 4 temas: - análise de prestação de contas nas prefeituras; a internet como ferramenta de controle social; e noções da Lei de Responsabilidade Fiscal(LRF) e sua aplicabilidade.
    Durante os seminários serão apresentados também os eixos centrais do Projeto Nacional de Desenvolvimento do PCdoB; o projeto socialista defendido pelo partido; e a avaliação da situação político-admninistrativa de São Luís.
    O presidente do Comitê Municipal, jornalista Márcio Jerry, diz que a iniciativa do partido tem o objetivo de subsidiar os pré-candidatos e dessa forma dar mais qualidade à chapa que os comunistas apresentarão para a disputa de vagas na Câmara Municipal de São Luís. “Lutamos por um partido em que a militância seja cada vez mais capaz de defender nossas posições nos vários espaços de atuação, inclusive no parlamento”, esclareceu.
    Filiações – O PCdoB lançará até o final de junho uma nova ofensiva para fazer novas filiações. A meta dos comunistas é filiar cerca de 500 pessoas em São Luís até o final de setembro. “Estamos recebendo novos filiados todos os dias e entre estes várias pessoas com interesse em disputar as eleições do próximo ano. Vamos intensificar a filiação e fortalecer nossa chapa”, informa Jerry.
Da Assessoria do PCdoB

São João 2011: Temporada do Arraial da Maria Aragão começa nesta quarta

    A temporada junina do Arraial da Maria Aragão, organizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func), será aberta nesta quarta-feira, 1º de junho, a partir das 18 horas. Serão 33 dias de festa. A programação terá 250 atrações, entre grupos de bumba-meu-boi, cacuriás, quadrilhas, danças portuguesas, danças do boiadeiro, danças do coco, tambores de crioula e shows com artistas maranhenses.
    O Arraial da Maria Aragão funcionará até 03 de julho, das 19h às 00h, de segunda a sexta-feira; e das 18h às 01h, de sexta a domingo. A programação atenderá, inclusive, ao publico infantil nos sábados e domingos da temporada, com apresentações específicas para essa faixa etária. Aos sábados, domingos e vésperas de feriado, acontecerá, também o tradicional Barracão do Forró, com os melhores grupos de forró pé-de-serra da cidade.
Programação desta quarta-feira:18h – Tambor de Crioula da Fé em Deus
19h – Solenidade de Abertura
20h – Boi de Morros (sotaque de orquestra)
21h – Show de Eugênia Miranda
22h – Bumba-meu-boi da Floresta (sotaque da baixada)
23h – Bumba-meu-boi da Maioba (sotaque de matraca)

"Saúde é Vida" faz crescer miséria no Maranhão

    No balanço do programa "Saúde é Vida" apresentado nesta terça-feira, 31 de maio, pela governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), e avalizada pelo secretário de Saúde e cunhado Ricardo Murad, deputado estadual licenciado, ficou de fora o débito que o estado acumula com os funcionários  do Hospital de Lago dos Rodrigues e parte dos servidores do Hospital Carlos Maciera, do IPEM, e da UPA Anjo da Guarda, em São Luís.
    O hospital do "Saúde é Vida" em  Lago dos Rodrigues, cidade distante 240 quilômetros de São Luís,  foi o primeiro a ficar pronto dos dois únicos entregues do pacote de 72 prometidos pela governa durante o período eleitoral em 2010. Até setembro de 2010, três meses após a inauguração, a casa de saúde não contava sequer com aparelho de raio X.
     Os funcionários do primeiro estão com salários atrasados há cinco meses. Situação semelhante vivem os funcionários e médicos do antigo Hospital do IPEM. Na UPA do Anjo da Guarda há três meses os funcionários contratados não veem a cor do dinheiro dos seus salários.

Parte da fortuna de Roseana está em cotas da TV Mirante

    O peso maior no patrimônio de R$ 7.838.530,34 declarados da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB) à Justiça Eleitoral, advém das quotas como sócias da TV Mirante. Como ítem 23 da relação de seus bens, o montante mais significativo é das 2.711.00 quotas de capital da TV Mirante, emissora afiliada da Globo no Maranhão. A governadora do Maranhão, filha do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) declara ainda possuir 770 quotas de capital da Rádio Mirante no valor de R$ 770,00. Somam 2.711.000,00, perto de 35% da sua fortuna.
    Roseana Sarney Murad (PMDB) aparece num levantamento da revista Época desta semana entre os políticos que mais engordaram seu patrimônio entre 2006 e 2011.
    De acordo com a pesquisa da revista – que levou em conta tão-somente os números informados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) –, Roseana aumentou sua riqueza em 280%, em pouco mais de cinco anos. Saltou de R$143 mil declarados em 2006 para R$7,8 milhões atualmente. Isso significa que ficou quase 55 vezes mais rica.


Festa do Divino em Alcântara tem início com subida do mastro do Imperador nesta quarta

Subida da Mostra na Ladeira do Jacaré
Com a subida do Mastro do Imperador na Praça da Matriz, começa nesta quarta-feira, 1º de junho, em Alcântara (MA) a Festa do Divino Espírito Santo. 
Pode dizer que se encerra mais um ciclo da festa tradicional na cidade maranhense  onde os primeiros habitantes brancos franceses chegaram em 1648.
   Este ano a festa é do Imperador Zé Maria. Oito festeiros receberão o império até o dia 12 de julho, Domingo de Pentecostes.
O mastro do Imperador no Porto do Jacaré
Praça da Matriz no centro histórico de Alcântara
Antes de ser erguido na Praça da Matriz, o mastro desembarca no Porto do Jacaré de onde é levado por uma multidão até o local onde será fincado para permanecer por doze dias.
Multidão acompanha o cortejo do mastro do Imperador
Até chegar ao local o mastro percorre em cortejo regado a licor e outros etílicos sob compasso do toque das caixeiras do Divino todas as casas dos festeiros.
A programação segue um rito tradicional.


Festa em Alcântara
O imperador e a coroa
    Teve origem em Portugal, com a construção da Igreja do Espírito Santo, em Alenquer, pela rainha Dona Isabel, no século XIII. No Brasil chegou no século XVI. Em Alcântara a festa foi inspirada na visita que nunca aconteceu de Dom Pedro II. Com a desfeita brancos e negros organizaram o coroamento do imperador. Na festa ano a ano se alternam imperador e imperatriz.
A festa em Alcântara com em outros muniucípios do Maranhão é ciclica. Começa e termina com a leitura do pelouro, documento em que é anunciado o nome do festeiro da fase que se inicia. Isso geralmente acontece após a missa do Domingo de Pentescostes, na Igreja do Carmo.
Tradicionalmente a festa é feita por 13 festeiros. Por questões financeiras esse número varia.
A cor do imperador é a vermelha; verde do Mordomo-Régio; os outros vestem azul-claro ou rosa.

O Império do Divino
Imperador/Imperatriz
Mordomo-Régio/Mordoma
Mordomos-baixos
Mordomas-baixas
Personagens
CaixeirasBandeireiras/bandeireiros

Chage do dia - Son Salvador

Festejos do Divino tem início nesta quarta na Casa das Minas

    Com levantamento do mastro e ladainha começa nesta quarta-feira, às 19 horas, os festejos do Divino Espírito Santo da Casa das Minas, localizada na Rua de São Pantaleão, s/n- Centro.
    No dia 12 de junho, Domingo de Pentecostes, acontece a alborada ao pé do mastro, às 5 horas, e em seguida missa na Igreja de Santana e cortejo dos Impérios até a Casa das Minhas.À o meio dia acontece o almoço dos impérios. O grupo Regional 310 e artistas maranhenses serão as atrações culturais. Às 17 horas do domingo acontece o Toque ao Pé do Mastro. à noite haverá o jantar aos impérios e a ladainha na sala dos impérios.

Resumindo Sarney


Não é difícil fazer um resumo dos quatro meses da gestão José Sarney no Senado. Aliás, na posse, ele disse que este mandato tem “gosto de despedida”, pois será seu último mandato:
- Sarney inaugura o ponto eletrônico no Senado e, poucos dias depois, dispensa boa parte dos servidores do seu gabinete de bater ponto;
- Descoberta a refrega com dinheiro público, Sarney foi obrigado a devolver cerca de 24 000 reais de um jantar que ofereceu ao ex-presidente do STJ Cesar Asfor Rocha;
- Sarney inaugura a nova galeria dos fatos que marcaram o Senado e, ao comentar a exclusão do impeachment de Fernando Collor, diz que é um fato menor. Mas, diante da reação, manda colocar um painel sobre o fato e diz: “não temos nada para esconder nesta Casa”.
Por Lauro Jardim do Radar On-Line da VEJA

Noite da Xoxota Louca provoca enxurrada de comentários preconceitosos contra MA e NE

    Parte dos quase cinco mil comentários que o vídeo Noite da Xoxota Louca - Oficial, postado no youtube por adenilsonflima em 23 de fevereiro de 2011, com quase 2,3 milhões de acesso na internet, atacam o Maranhão e os nordestinos.
    O vídeo registra um concurso, supostamente de beleza, realizado no lugarejo chamado Maranhão Novo. O repórter Nelson dos Santos, com imagnes do cinegrafista Carlos Augusto, não identifica se este fica no estado do Maranhão. Diz apenas que as duas as duas edições anteriores foram em Ribeirão Sítio e a primeira noite no Maranhão Novo é na verdade a terceira noite da Xoxoxa Louca. Editado com razoável qualidade o vídeo não parece ser de alguma emissora municipal maranhense.
    Segundo o jornalista Lauro Jardim, de VEJA, a direção de jornalismo da Record puxou ontem a orelha da afiliada maranhense (TV Cidade) que levou ao ar na semana passada uma insólita reportagem: a do concurso de beleza no interior do Maranhão intitulado A Noite da Xoxota Louca.
Confira alguns dos comentários:
Coitado do povo do Maranhão: Eles tem os Sarneys, tem o Edison Lobão e tem a noite da xoxota louca!
pior não é isso meu caro , temos também nossa ilustre Roseanna ,e Paulinha Lobão que elas e bosta são as mesma coisas . vcs não viram nada .
Isso é a terra da familia Sarney,é assim que os Sarneys gostam do seu povo,fazendo ridiculo ,sem informação alguma,sem noção,com fome e sem cultura .Por isso recebem votos .
 Isso é coisa do Sarney: Política do Pão e Circo
maranhao novo? imagine se fosse velho kkkkkk
Mais engraçado que o video, são os comédias que fazem questão de explicar pros gringos quem é essa gente tosca, é meu amigo, é tudo do Brasil mesmo. Não adianta fala que é pobre se divertindo nada disso não. A cultura do Brasil ta toda errada, tudo zuado. Sul e sudeste salvam um pouco. Nordeste deveria perdir independencia.
Meus Deus, o nordeste é o inferno na terra.
TA LOUCO SO TEM GNT FEA NESSA REGIAO
Caralho! Nem me fala, champz! Minha avó trouxe Jesus do maranhão. Bebi litros! Guaraná bom demais! AHEuHAEuhAE
e têm também o Guaraná Jesus!

Roseana conduz trem da alegria para lançamento do enredo da Beija-Flor no Rio de Janeiro


Laila conversa com Roseana deixando dinheiro de fora
     Gente que nunca pisou em um barracão de escola de samba de São Luís ou sequer sabe onde fica um deles integra a comitiva do governo do estado que seguiu para o Rio de Janeiro para o lançamento do enredo da  Beija-Flor de Nilópolis, escola do Rio de Janeiro que em 2012 abordará na avenida os 400 anos de São Luís do Maranhão.
    A comitiva cabeçada pela governadora Roseana Sarney (PMDB),que aproveita para comemorar o aniversário de 58 anos na  quadra de azul e branco, na Rua Pracinha Wallace Paes Leme, nº 1.025, centro de Nilópolis, é formada por mais de 40 pessoas.
    Secretários, secretárias de secretários, adjuntas de secretários, jornalistas oficiais, escribas de jornais aliados, blogueiros alugados e bajuladores de plantão viajam custeados pelo erário.
    Para aplacar a reação contrária o diretor de Carnaval da Beija-Flor, Laíla, se apressou em declarar à mídia que o governo do Maranhão não desembolsará um tostão para que a escola faça a homenagem ao Maranhão.
    Por outro lado, o secretário de estado da Cultura, Luiz Henrique Bulcão, à sua maneira contida desembainhou o verbo em uma emissora de rádio na semana passada para dizer que caso fosse o dono da chave do cofre da viúva daria R$ 18 milhões e não apenas os R$ 8 milhões comentados que o governo doará como ajuda de custo.
    A mensurar pela comitiva dá para ter uma ideia vaga do que pretende a governadora. Quer a vitrine do Sul Maravilha onde sua imagem é desgastada pelo colatudo que não esconde do pai, o senador José Sarney (PMDB-AP) considerado o último cacique do Nordeste da velha ditadura. E, não só a dela, como a do irmão Fernando, censor do jornal O Estado de S. Paulo na era Lula.
    Durante o evento, na quadra da azul e branco, o diretor de Carnaval, Laíla, vai entregar aos compositores a sinopse, que servirá de base para o desenvolvimento do samba da escola para 2012.
    "Não precisa fazer parte atualmente da ala de compositores da escola para participar da disputa de samba-enredo. Podem inscrever obras compositores do Rio e de outros estados. O que não abro mão é que todos os integrantes da parceira assinem o samba", ressalta Laíla.
    Para confeccionar uma minuta do enredo, a Secma convocou funcionários e parceiros escolhidos a dedo. Ecluiu historiadores na comitiva de notáveis, compensada pela figuração do imortal Sebastião Duarte. Com excessão de Carlos Adão, coordenador permanente do GDAM, grupo instalado no Parque do Bom Menino há décadas, deixou de fora representantes da cultura popular.
    Como não podia faltar será o Boi Barrica uma das atrações da noite de lançamento do enredo no Rio. Zé Olhinho, do Boi Unidos da Fé em Deus será coadjuvante na história.

No Painel da Folha de S. Paulo

tiroteio
"O painel histórico do Senado confeccionado pelo Sarney deveria trazer uma advertência: não vale para o vestibular."
DO SENADOR PEDRO SIMON (PMDB-RS), sobre a galeria de imagens montada para contar a história da Casa e que excluía episódios como o impeachment de Fernando Collor. Diante da péssima repercussão da iniciativa, Sarney, que até anteontem a defendia, determinou a recolocação do evento.
Por Renata La Prete

Radionovela sobre Negro Cosme será lançada na sexta

    O Grêmio Recreativo e Cultural Libertos na Noite lançamento na próxima sexta-feira, 3, às 19 horas na sede da instituição na Rua Gregório de Matos, 199, no bairro da Liberdade, a rádionovela “Dom Cosme – O Tutor da Liberdade”, que conta a história de Negro Cosme no contexto da Guerra da Balaiada no Maranhão.
    A veiculação da Radionovela “Dom Cosme – O Tutor da Liberdade” iniciará no dia 6 de junho, na Rádio Universidade FM. “Dom Cosme – O Tutor da Liberdade”, será veiculado em 24 capítulos, de segunda a sexta, dentro do horário do Programa Santo de Casa, transmitido a partir das 11 horas da manhã.

Manchetes dos jornais

Maranhão
CORREIO DE NOTÍCIAS - UPAs e parter de hospitais serão entregues em julho pelo governo
JORNAL A TARDE - Governadora e secretário de saúde apresentam realizações do programa "Saúde é vida"
JORNAL PEQUENO - TRT garante que não determinou demissões de rodoviários em greve
O DEBATE - Apresentado balanço do "Saúde é vida" no Maranhão
O ESTADO DO MARANHÃO - "Saúde é vida" investiu mais de R$ 530 milhões em dois anos
O IMPARCIAL - Ônibus podem parar de novo na segunda
TRIBUNA DO NORDESTE - Governo paga um milhão por dia sem a licitação
Nacional
BRASIL ECONÔMICO: Governo assume o controle do Banco Postal por meio do BB
CORREIO BRASILIENSE:Bonde da alegria para atender a deputadO
FOLHA DE SÃO PAULO:Dilma privatiza Cumbica e mais dois aeroportos
O ESTADO DE S. PAULO:Dilma privatizará aeroportos e quer abrir capital da Infraero
O ESTADO DE MINAS:Cuide-se
O GLOBO:Governo não protegerá nem 30 de 165 ameaçados de morte
VALOR ECONOMÔNICO:Agrava-se conflito entre Casino e Pão de Açúcar
ZERO HORA:Piratini avalia projeto do PT de Canoas para premiar professores
Regional
JORNAL DO COMMERCIO:Lei dificulta ação de ladrões de banco
MEIO-NORTE:TST quer mais rapidez e menos recurso
O POVO:Cinco mil denúncias contra policiais desafiam segurança