28 de fev de 2011

Planalto lança campanha pelo Dia da Mulher


PSOL discute pedido de filiação de ex-petistas

    O Diretório Estadual do Partido Socialismo e Liberdade, PSOL, divulgou nato da esclarecimento nesta segunda-feira, 28, sobre a migração de petistas para a legenda. Segundo a nota assinada por Rogério Costa, presidente do Diretório Estadual, os pedidos de filiação de quatro ex-petistas ainda estão sendo avaliados.
    A revoada de petistas foi iniciada com o pedido de desfiliação de Franklin Douglas. Outro nomes como do ex-vereador Haroldo Sabóia seguiram na mesma direção.
Confira abaixo a nota do PSOL-MA:
NOTA DE ESCLARECIMENTO
    Em atenção às informações que têm circulado na imprensa, acerca da filiação de quatro personalidades da política maranhense no PSOL-MA, oriundos de partidos diversos: Haroldo Sabóia, Franklin Douglas, Wagner Baldez e Roberval Costa, informamos à sociedade e ao mundo político estadual que os pedidos de filiação em comento ainda estão em processo de discussão, com base nas disposições estatutárias do PSOL.
    A filiação, de fato, somente ocorrerá se, num prazo de trinta dias, a contar da data de abono das fichas, não houver qualquer manifestação em contrário por parte de algum filiado, situação em que, caso ocorra, proporcionará ao interessado ampla defesa nas instâncias partidárias.
Rogério Costa
Presidente do PSOL-MA

Super Pop investiga Codó e o pai de santo de Sarney



O pai de santa Bita do Barão
     Levado ao ar na sexta-feira passada, 24, o programa Super Pop da Rede TV!, que contém comportamento humano, sexo e drogas, agora apresentado pela cantora Gil, aumentou a fama do babalorixá Bita do Barão e do município de Codó (MA). Bita foi apresentado como o mais poderoso pai de santo entre os políticos brasileiros e Codó foi denominada "capital mundial da feitiçaria".
    A reportagem e entrevista exibidas foram realizadas pelo jornalista Arthur Veríssimo. "Viemos para Codó, cidade que está localizada a 300 km de São Luís do Maranhão e 190 km de Teresina (PI) para investigar os mistériops encantados desta cidade, considerada um dos maiores centros de magia do Brasil", diz o repórter.
    Sob pretexto de investigar o terecô, citada por Veríssimo como "religião  autenticamente brasileira", Codó é apresentada como a cidade que concentra o maior número de terreiro do país, quiçá, do mundo: são mais de 300.  Os moradores entrevistados afirmar ser  Codó a "cidade da macumba".
    Daí, para Arthur Veríssimo, o despertar do interesse de políticos, empresários, artísticas e todas as camadas sociais que a procuram em busca dos "trabalhos da entidades".
    Bita do Barão, o pai de santo de Codó, segundo o Super Pop, "é o homem acusado de manipular o destino do Brasil"."Ele é conhecido por realizar trabalhos de magoa negra para políticos famosos", diz a narradora sem jamais citar o senador José Sarney (PMDB-AP), amigo dileto do pai de santo codoense. Gil diz que até presidentes já pediram ajuda do pai de santo maranhense.
    "Toda vez dá certo", afirma Bita do Barão respondendo sobre os destinos do Maranhão, sempre acompanhado mda filha Janaína, herdeira direta do Terreiro.
    A fama de Bita do Barão é confirmada pelo pai de Santo Guimarães e ratificada pelo presidente da Federação de Umbanda e Cultos Afro-Brasileiros, Cássio Ribeiro. "Ele é muito famoso", afirma Ribeiro. "Vários políticos que estão aí precisaram dos trabalhos de bruxaria", insinua a apresentadora do Super Pop.
Reveja o programa SuperPop investiga o poder do pai de santo dos políticos aqui

Servidor de carreira do Incra assume superintendência do instituto no MA

    Luiz Alfredo Soares da Fonseca, servidor de carreira do Incra, assume nesta segunda, interinamente, a superintendência do instituto no Maranhão.
    Na sexta-feira, toda a cúpula do Incra no estado foi exonerada pelo presidente Rolf Hackbart por suspeita de desvio do dinheiro destinado a construção de moradias. As irregularidades foram constatadas em 16 assentamentos.
    De acordo com investigações da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União, o esquema envolvendo 55 pessoas, entre servidores públicos, construtoras e presidentes de associações de assentados, desviava o dinheiro e construía moradias de baixa qualidade, usando taipa em vez de cimento.
    Uma equipe de auditoria interna chega nesta segunda-feira a São Luis para dar continuidade à investigação.
Do Globo Rural

Na coluna do Ancelmo Góis

Arte de falar mal
Mestre em cultura popular, Ariano Suassuna, de 83 anos, levou uma plateia ao delírio na Associação de Delegados de Polícia de Pernambuco ao assumir: — Eu não vou mentir, acho uma hipocrisia quando o cara diz que não fala mal de ninguém. Eu não falo na frente, que é muito inconveniente. Eu espero o cara sair e baixo o pau. É. Pode ser.
De O Globo

A Casa do Sader

Fernando de Barros e Silva
    Emir Sader fez o que estava a seu alcance para abocanhar o Ministério da Cultura. Ganhou de presente a presidência da Casa de Rui Barbosa. Sader faria menos estrago no Ministério da Pesca. Talvez na Secretaria Nacional de Peixes de Águas Rasas -onde gosta de navegar.
    O sociólogo, notório defensor do fuzilamento dos dissidentes cubanos pelo regime castrista, em 2003, é figura periférica no governo Dilma. Sua importância é ainda menor que a do colega do Turismo, aquele que pagou a conta do motel com dinheiro da Câmara.
    Mas Sader é um ideólogo. E quer transformar a Casa de Rui Barbosa, reputada fundação de pesquisa histórico-literária, num centro de debates sobre o "Brasil para todos".
    Na boa reportagem de Paulo Werneck na Ilustríssima de ontem, Sader usa o slogan do governo Lula para defender que a instituição, séria e com reconhecida vocação documental, deve ser politizada em torno de "grandes temas" do país atual. Quando um intelectual sente falta dos "grandes temas" é bom ficar atento: ou se trata de um gênio ou de Emir Sader.
    Sua figura é representativa do que há de pior na esquerda: a convivência do oportunismo rasteiro com o ranço stalinista. "É preciso tratar de ter políticas culturais que consolidem na cabeça das pessoas as razões pelas quais o Brasil está melhor", disse ele ao jornal "O Globo". Sader vê o trabalho intelectual como uma mistura de propaganda do poder e catecismo marxista.
    Desço agora a um detalhe da reportagem de ontem, onde mora o diabo (ou o ato falho): "Quem diria que aquele nego baiano tem muito mais articulação do que o Caetano?", diz Sader, supostamente elogiando Gilberto Gil. Inverto a ordem da frase, apenas para lhe dar um "realce", sem alterar nada de seu sentido: "Aquele nego baiano tem muito mais articulação que o Caetano, quem diria?". Quem diria que isso é preconceito de...? O leitor julgue por si.
Da Folha de S. Paulo

Cid Moreira ao vivo no Papo na Redação do Comunique-se

    Nesta segunda-feira, (28/2), Cid Moreira estará no Papo na Redação. Você pode enviar suas perguntas pelo chat, a partir das 15h.
Agende sua pauta:
Papo na Redação Online - evento gratuito
Dia 28/2/2011 - Segunda-feira às 15h (entrevista com Cid Moreira)
Para participar, basta se cadastrar na página:

PSDB reativa site 'Gente que mente'

Deu na coluna Radar, da edição dessa semana da revista Veja: o PSDB reativou o site “Gente que Mente” ( www.gentequemente.org.br ), página que já foi alvo de disputa entre o partido e o PT na Justiça Eleitoral. O PSDB vai usar o site para falar sobre o que chama de “herança maldita” do governo Lula e apontar diferenças entre as promessas de Dilma durante a campanha eleitoral e as medidas anunciadas pelo Executivo. Entre os destaques da página estão os seguintes títulos “Dilma Rousseff no apagão: show de mentiras e incompetência” e “Os falsos doutores de Dilma e Mercadante”.

Oscar em cartaz no CineSystem

    O filme “Cisne Negro” (Black Swan, 2010, EUA), dirigido por Darren Aronofsky e com Natalie Portman, ganhadora do Oscar de Melhor Atriz está em cartaz no CineSystem – Sala 2. Sessões (leg): 16h45 e 19h15.
    "O Vencedor" (The Fighter, EUA, 2010), dirigida por O. Russell. Com Christian Bale e Melissa Leo, ganhadores do Oscar de Ator Coadjuvante e  Atriz Coadjuvante está em cartaz no CineSystem – Sala 3. Sessão (leg): 22h15.

Lágrimas e testosterona

Moacyr Scliar
    Atenção, mulheres, está demonstrado pela ciência: chorar é golpe baixo. As lágrimas femininas liberam substâncias, descobriram os cientistas, que abaixam na hora o nível de testosterona do homem que estiver por perto, deixando o sujeito menos agressivo.
    Os cientistas queriam ter certeza de que isso acontece em função de alguma molécula liberada -e não, digamos, pela cara de sofrimento feminina, com sua reputação de derrubar até o mais insensível dos durões. Por isso, evitaram que os homens pudessem ver as mulheres chorando. Os cientistas molharam pequenos pedaços de papel em lágrimas de mulher e deixaram que fossem cheirados pelos homens.
    O contato com as lágrimas fez a concentração da testosterona deles cair quase 15%, em certo sentido deixando-os menos machões.
Ciência, 7 de janeiro de 2011
    ELE VIVIA FURIOSO com a mulher. Por, achava ele, boas razões. Ela era relaxada com a casa, deixava faltar comida na geladeira, não cuidava bem das crianças, gastava demais. Cada vez, porém, que queria repreendê-la por uma dessas coisas, ela começava a chorar. E aí, pronto: ele simplesmente perdia o ânimo, derretia. Acabava desistindo da briga, o que o deixava furioso: afinal, se ele não chamasse a mulher à razão, quem o faria? Mais que isso, não entendia o seu próprio comportamento. Considerava-se um cara durão, detestava gente chorona.
    Por que o pranto da mulher o comovia tanto? E comovia-o à distância, inclusive. Muitas vezes ela se trancava no quarto para chorar sozinha, longe dele. E mesmo assim ele se comovia de uma maneira absurda.
    Foi então que leu sobre a relação entre lágrimas de mulher e a testosterona, o hormônio masculino. Foi uma verdadeira revelação. Finalmente tinha uma explicação lógica, científica, sobre o que estava acontecendo. As lágrimas diminuíam a testosterona em seu organismo, privando-o da natural agressividade do sexo masculino, transformando-o num cordeirinho.
    Uma ideia lhe ocorreu: e se tomasse injeções de testosterona? Era o que o seu irmão mais velho fazia, mas por carência do hormônio.
    Com ele conseguiu duas ampolas do hormônio. Seu plano era muito simples: fazer a injeção, esperar alguns dias para que o nível da substância aumentasse em seu organismo e então chamar a esposa à razão.
    Decidido, foi à farmácia e pediu ao encarregado que lhe aplicasse a testosterona, mentindo que depois traria a receita. Enquanto isso era feito, ele, de repente, caiu no choro, um choro tão convulso que o homem se assustou: alguma coisa estava acontecendo?
    É que eu tenho medo de injeção, ele disse, entre soluços. Pediu desculpas e saiu precipitadamente. Estava voltando para casa. Para a esposa e suas lágrimas.
MOACYR SCLIAR (1937 - 2011)
Moacyr Scliar, que morreu ontem, à 1h, aos 73 anos, escrevia nesta coluna, às segundas-feiras, um texto de ficção baseado em notícias publicadas no jornal.
    É a última coluna do médico e escritor publicada neste espaço.
    Este texto, inédito, foi enviado pelo escritor ao jornal no dia 11 de janeiro, antes de sofrer um AVC (acidente vascular cerebral), no dia 17 do mês passado.
Da Folha de S. Paulo

Confira os vencedores do Oscar 2011


Cena da cerimônia da 83ª entrega do Oscar no Kodak Theather
    O filme "O Discurso do Rei" foi o grande vencedor da 83ª edição do Oscar, realizado na noite de domingo,27, no Kodak Theatre, em Los Angeles. O longa de Tom Hooper saiu da cerimônia com quatro estatuetas, incluindo a mais cobiçadas: melhor filme, ator - Colin Firth, por sua interpretação como o rei gago George VI -, diretor e roteiro original. Ao receber o prêmio como melhor diretor, Hooper agradeceu aos "homens de meu triângulo amoroso: Colin Firth, Geoffrey Rush e eu".
    Natalie Portman confirmou o favoritismo e venceu a estatueta de melhor atriz por "Cisne Negro". As categorias de ator e atriz coadjuvantes foram ambas de "O Vencedor", para Melissa Leo e Christian Bale. "A Origem", de Christopher Nolan, dominou os prêmios técnicos da noite, levando os Oscars de efeitos visuais, fotografia, mixagem e edição de som.
    A animação "Toy Story 3", outra que concorria ao Oscar de melhor filme, venceu o prêmio de longa-metragem animado e também canção original, por "We belong together". A versão de Tim Burton para "Alice no País das Maravilhas" também levou dois: figurino e direção de arte.
    Já o filme "Lixo Extraordinário", coprodução do Brasil e Reino Unido, que mostra o trabalho do artista Vik Muniz no aterro de Gramacho (RJ), perdeu o Oscar de melhor documentário para "Trabalho Interno", de Charles Ferguson. Narrado por Matt Damon, o documentário escancara verdades da crise econômica mundial de 2008, que abalou os Estados Unidos e resultou na perda do emprego e moradia para milhões de pessoas.
Confira lista completa de vencedores da 83a. edição do Oscar:
Filme:"O Discurso do Rei"
Ator: Colin Firth - "O Discurso do Rei"
Atriz: Natalie Portman - "Cisne Negro"
Ator Coadjuvante: Christian Bale - "O Vencedor"
Atriz Coadjuvante: Melissa Leo - "O Vencedor"
Diretor:Tom Hooper - "O Discurso do Rei"
Roteiro Original:"O Discurso do Rei" - David Seidler
Roteiro Adaptado:"A Rede Social" - Aaron Sorkin
Filme de Animação: "Toy Story 3", Lee Unkrich
Filme Estrangeiro: "In a Better World"- Susanne Bier (Dinamarca)
Fotografia:"A Origem" - Wally Pfister
Montagem: "A Rede Social" - Kirk Baxter, Angus Wall
Direção de Arte:"Alice no País das Maravilhas" - Robert Stromberg, Karen O'Hara
Figurino: "Alice no País das Maravilhas" - Colleen Atwood
Maquiagem:"O Lobisomem" - Rick Baker, Dave Elsey
Trilha Sonora: "A Rede Social" - Trent Reznor, Atticus Ross
Canção Original: "Toy Story 3" - Randy Newman ("We Belong Together")
Mixagem de Som: "A Origem" - Lora Hirschberg, Gary A. Rizzo, Ed Novick
Edição de Som:"A Origem" - Richard King
Efeitos Visuais:"A Origem" - Paul Franklin, Chris Corbould, Andrew Lockley, Peter Bebb
Documentário: "Trabalho Interno" - Charles Ferguson, Audrey Marrs
Documentário, curta-metragem: "Strangers No More", Karen Goodman e Kirk Simon
Curta-metragem de animação: "The Lost Thing", Shaun Tann e Andrew Ruhemann
Curta-metragem: "God of Love", Luke Matheny
Da Agência Estado

No claudiohumberto.com.br

PODER SEM PUDOR
Questão de temperamento
O ex-presidente José Sarney contou certa vez que divergia dos métodos do seu ex-ministro e amigo Antônio Carlos Magalhães, o Toninho Malvadeza, quando o babalaô baiano advertiu:
- Mas eu tenho o meu temperamento!
Sarney não perdeu a chance:
- Mas o meu é melhor que o seu, porque cheguei a presidente da República...

Manchetes dos jornais

JORNAL PEQUENO - PF vai pedir prisão de suspeitos de desviar verbas do Incra no Maranhão
O ESTADO DO MARANHÃO - Operação da polícia desbarata quadrilha

NO PAÍS
CORREIO BRAZILIENSE: Rebeldes avançam na Líbia e ganham o apoio dos EUA
FOLHA DE S. PAULO:Oposição na Líbia decide criar conselho de transição
O ESTADO DE MINAS: Estado de Minas: Tragédia com trio elétrico mata 16 foliões em Minas
O ESTADO DE S. PAULO:Rebeldes fecham cerco a Trípoli
O GLOBO: Comunidade internacional se une para isolar Kadafi
VALOR ECONÔMICO: Desaceleração começa, mas dimensão é incerta
ZERO HORA:Justiça fará mutirão para aliviar cadeias
DIÁRIO DO PARÁ:Bebê é roubado na parada de ônibus
JORNAL DO COMMERCIO:Timbu e Leão felizes
MEIO-NORTE: Álcool e drogas fazem 90% das vítimas graves
O POVO:Onde a cidade não funciona