15 de fev de 2011

Criolina abre programação do Itaú Cultural em São Paulo


Alê Muniz e Luciana Simões, dupla Criolina

Criolina, a dupla de artistas maranhenses Luciana Simões e Alê Muniz, que no ano passado lançou seu segundo álbum, "Cine Tropical", abrem a programação do Itaú Cultural (Avenida Paulista - São Paulo)  na quinta-feira, 24 de fevereiro.
    De 24 a 27 de fevereiro e de 3 a 6 de março, o  Itaú Cultural apresenta os shows de oito selecionados do programa Rumos Música, categoria Mapeamento. No total, ao longo do ano, serão 25 apresentações.
     No primeiro bloco, se apresentam: Criolina, do Maranhão (24/2); João Parahyba, de São Paulo (25/2); Carlos Careqa, do Paraná (26/2), e Zé Barbeiro, de Alagoas (27/2). No segundo teremos: Diego de Moraes e o Sindicato, de Goiás (3/3); Emicida, de São Paulo (4/3); O Jardim das Horas, do Ceará (5/3); e Maurício Marques, do Rio Grande do Sul (6/3).
    As apresentações ocorrem sempre às 20h. Assista aqui como foi o processo de seleção. A seguir, conheça mais sobre os artistas de fevereiro e março:
    Criolina no ano passado lançou seu segundo álbum, "Cine Tropical". Luciana Simões e Alê Muniz misturam a música popular do Maranhão com surf music e jovem guarda, e usam referências do cinema antigo em suas músicas: Barbarella, Mazzaropi e Glauber Rocha são parte da produção, assim como a história pessoal dos músicos. (site)
    João Parahyba é um dos maiores nomes da percussão brasileira, e completou 40 anos de atividade em 2010. É inventor da timba, instrumento que é sua marca, e formou, no fim da década de 1960, o Trio Mocotó, com o qual acompanhou Jorge Benjor, Toquinho e Vinicius de Moraes em shows e discos. Prepara um álbum de samba-jazz instrumental.(myspace)
    Carlos Careqa lançou seis álbuns e produziu trilhas para peças de teatro. Como ator, atuou em filmes como Bicho de Sete Cabeças e Cristina Quer Casar. Em publicidade, realizou mais de 80 peças comerciais. Seus mais recentes álbuns são Os Homens São Todos Iguais e Tudo que Respira Quer Comer.(site)
    Zé Barbeiro é músico autodidata. Compôs mais de 150 choros, acompanhou grupos musicais e dirigiu a produção de álbuns premiados. Em 2008, recebeu o Prêmio Produção do Projeto Pixinguinha e gravou seu primeiro CD: Segura a Bucha, lançado em 2009.(myspace)
    Diego de Moraes e o Sindicato compõem rock folk e experimental, com influências de Tom Zé, Bob Dylan, Raul Seixas, Os Mutantes, Walter Franco e The Who.(blog - myspace)    Emicida, produtor musical e rapper, considerado uma das maiores revelações do hip hop recente. Lançou seu trabalho de estreia em 2009: Pra Quem Já Mordeu um Cachorro por Comida, até que Eu Já Cheguei Longe.... Em 2010, produziu o EP Sua Mina Ouve Meu Rap Também e a mixtape Emicídio.(myspace)    O Jardim das Horas é Laya Lopes (voz), Raphael Gadelha (baixo) e Carlos Eduardo Gadelha (guitarra, programação, teclado e violão). Apresenta uma fusão da música moderna eletrônica com as raízes musicais brasileiras. (myspace)
    Maurício Marques é violonista. Uma influência fundamental de seu trabalho é o folclore rio-grandense. Em 2003, lançou o disco Cordas ao Sul, com foco em compositores da música gaúcha. Atualmente, prepara um disco autoral, Violão de Fole, com obras para violão de oito cordas. (site)
Selecionados Rumos Música / Mapeamento
de 24 a 27 de fevereiro e de 3 a 6 de março
sempre às 20h
quinta 24 Criolina (MA)
sexta 25 João Parahyba (SP)
sábado 26 Carlos Careqa (PR)
domingo 27 Zé Barbeiro (AL)
quinta 3 Diego de Moraes e o Sindicato (GO)
sexta 4 Emicida (SP)
sábado 5 O Jardim das Horas (CE)

Twitter do dia

O deputado licenciado Ricardo Murad mantém comissionados da casta em gabinete na Assembleia

    Embora licenciado da Assembleia Legislativa do Maranhão para assumir a Secretaria de Estado da Saúde,o deputado estadual Ricardo Murad (PMDB) manteve sua cota de nomeações de comissionados na Casa. Ato contínuo à Resolução Administrativa que exonerou parentes, como GEORGIANA TROVÃO MOREIRA LIMA  e ROMULO AUGUSTO TROVÃO MOREIRA LIMA, ambos sobrinhos, e aderentes como  ALINA SILVA SARNEY COSTA, filha da desembargadora Nelma Sarney, o "quase presidente" Murad nomeou outros seus, preenchendo 13 das 19 vagas reservadas a cada gabinete dos 42 deputados.
    Em alguns casos houve apenas remanejamento. ALINA SILVA SARNEY COSTA - Símb. ISO - Técnico Parlamentar Especial (salário em torno de R$ 8.400,00), por exemplo, foi exonerada pelo Resolução administrativa Nº 115/2011, e nomeada  pela Resolução Nº 180/2011 para exercer o Cargo em Comissão, Símbolo DANS-1 de Assessor Parlamentar.
    Justo que só ele, Ricardo Murad tratou de promover a ascensão de seus auxiliares. Pedro Paulo Martins, por exemplo, na legislatura passada era nomeado como motorista, na atual foi catapultado para Coordenador Parlamentar, cargo de nível superior. Claudio da Cruz Ponte também subiu na vida parlamentar, passou de Secretário Executivo, com salário de DAS para Asses. Esp. Legislativo, um degrau abaixo do Técnico Parlamentar Especial ocupada por ALINA SILVA SARNEY COSTA. Eles merecem, hão de dizer os súditos da casta cabocla.
Exonerados pelo deputado Ricardo Murad

GEORGIANA TROVÃO MOREIRA LIMA - Símb. ISO -Técnico Parlamentar Especial
ALINA SILVA SARNEY COSTA -Símb. ISO - Técnico Parlamentar Especial
ROMULO AUGUSTO TROVÃO MOREIRA LIMA - Símb. ISO - Técnico Parl. Especial
ELVIS CESAR SILVA FARIAS - Símb. ISO - Técnico Parlamentar Especial
ELIAS GOMES DE MOURA NETO - Símb. ISO - Técnico Parlamentar Especial
VALBER MACHADO DA SILVA - Símb. DGA - Asses. Especial Legislativo
GUSTAVO DA SILVA FERREIRA -Símb. DANS-I - Coordenador Parlamentar
DAVI DE OLIVEIRA ARAÚJO - Símb. DANS-2 - Assessor Chefe
JOÃO ALENCAR PONTES - Símb. DANS-3 - Chefe de Gabinete
ROZILENE FÉLIX DA SILVA BATISTA AMORIM - Símb. DAS-I - Ass. Téc. Legislativo
FÁBIO REIS AMORIM CORREA - Símb. DAS-2 - Ass. Parl. Adjunto
CLAUDIO DA CRUZ PONTE - Símb. DAS-3 - Secretário Executivo
PEDRO PAULO MARTINS - Símb. DAI-4 – Motorista.
Nomeados pelo deputado Ricardo Murad
MANOEL DA CRUZ PONTE - Símb. ISO - Téc. Parlamentar Especial
ENEAS GARGIA FERNANDES NETO - Símb. ISO - Téc. Parlamentar Especial
MARGARIDA MARIA DO NASCIMENTO SOUZA - Símb. ISO - Téc. Parlamentar Especial
FÁBIO LUIS COSTA FRAZÃO - Símb. ISO - Téc. Parlamentar Especial
FABIANO JOSÉ SERRA DE FARIAS - Símb. ISO - Téc. Parlamentar Especial
CLAUDIO DA CRUZ PONTE - Símb. DGA -Asses. Esp. Legislativo
PEDRO PAULO MARTINS - Símb. DANS-I- Coordenador Parlamentar
JOÃO ALENCAR PONTES - Símb. DANS-2 - Assessor Chefe
ANA PAULA COSTA OLIVEIRA - Símb. DANS-3 - Chefe de Gabinete
IVALBER MACHADO DA SILVA -Símb. DAS-I - Assistente Técnico Legislativo
WELLIGTON DE OLIVEIRA ARAÚJO - Símb. DAS-2 - Asses. Parl. Adjunto
LUCIANO JANSEN PEREIRA - Símb. DAS-3 - Séc. Executivo
ANTONIO JARBAS ALMEIDA FRANÇA - Símb. DAI-4 –Motorista

Deputado Rogério Cafeteira pratica nepotismo cruzado com o secretário Joaquim Haickel

    O deputado Rogério Cafeteira, sobrinho do senador Epitácio Cafeteira (PTB) eleito pelo obscuro PMN, ganhou o selo de "rebelde" no processo de eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Deputado de primeiro mandato, porém, sinaliza que repisará as velhas práticas da política maranhense.
    Para demostrar ser um homem de grupo, o sobrinho do senador atendeu a pedidos do imortal e secretário de Estado de Esportes, Joaquim Nagib Haickel, nomeando pessoas ligadas ao ex-deputado estadual para seu gabinete.
    Conforme publicado no Diário da Assembleia Nº 018  da 17ª Legislatura iniciada em 1º de fevereiro ao menos três dos nomeados são próximas do secretário: Iavana Tereza Amélia Aquino Farias, Laila Farias Haickel e Avana Cristina Farias de Sousa (Veja lista abaixo). Os salários para os que darão o suor ao legislativo estadual oscilam entre R$ 5 mil e R$ 8.400,00, para o Técnico Parlamentar Especial.
    No ato Rogério Cafeteira pratica nepotismo cruzado (no caso da filha do secretário) e demonstra ser tão livre como um táxi. Só esqueceu de apagar a luz.

Nomeados do deputado estadual Rogério Cafeteira (PMN)
ROSA MARIA SILVA DE JESUS - Símb. ISO - Técnico Parlamentar Especial
KARINA SILVA DE JESUS - Símb. ISO -Técnico Parlamentar Especial
IVANA TEREZA AMÉLIA AQUINO FARIAS - Símb. ISO - Técnico Parlamentar Especial (Ex-mulher de Joaquim Nagib Haickel)
LAILA FARIAS HAICKEL - Símb. ISO - Técnico Parlamentar Especial (Filha do Secretário de Esportes  e imortal Joaquim Nagib Haickel)
INEZ CRISTINA BOGÉA SANTOS - Símb. ISO - Técnico Parlamentar Especial
AVANA CRISTINA FARIAS DE SOUSA - Símb. ISO -Técnico Parlamentar Especial (Ex enteada de Joaquim Nagib Haickel)
JUSSIANNA MADEIRA DE SOUSA-Símb. DGA - Assessor Especial Legislativo
RODSON NERES NUNES ABREU - Símb. DGA - Assessor Especial Legislativo
ANTONIO AZEVEDO NETO - Símb. DANS-I - Coordenador Parlamentar
JOSE MARCONDES DE VASCONCELOS RIOS JUNIOR - Símb. DANS-2 - Assessor Chefe
IRANY ROCHA GUSMÃO - Símb. DAS-1 - Assistente Técnico Legislativo
VANUZA GOMES CABRAL - Símb. DAS-2 - Assessor Parlamentar Adjunto
ARLINO SERRA MARTINS MENEZES NETO - Símb. DAS-3 -Secretário Executivo
ERMILDO ALVES BARBOSA - Símb. DAI-4 – Motorista.

Frase de Joãosinho Trinta foi inventada por Elio Gaspari

    A célebre frase "O povo gosta de luxo, quem gosta de miséria é intelectual", atribuída com todas as letras ao carnavalesco maranhense Joãosinho Trinta, na verdade foi engendrada pelo jornalista Élio Gaspari.
    Gaspari é um italiano nascido em Nápoles que aos cinco anos de idade desembarcou no Brasil com a mãe para morar no Rio de Janeiro. Superou os percalços da vida até ingressar no jornalismo pelas mãos do Partido Comunista Brasileiro,PCB.
    Começou a escrever na revista Novos Rumos, do partidão, fechada com eclosão do golpe militar de 1964. A saída para a sobrevivência do jornalista foi uma agência de notícias montada no aeroporto do Galeão. Foi aí que iniciou o truque jornalístico.
    Com a transferência da capital para Brasília o movimento de embarque e desembarque de políticos e personalidade no Galeão era intenso.
    Diante das condições de trabalho Gaspari não rendia muito. Entre o check-in e o embarque dava para pegar uma ou outra personalidade para produzir uma entrevista ou duas entrevistas no dia. Era pouco, muito pouco para as ambições profissionais de Gaspari.
    Inventou então um método de cromar as entrevistas. Antes de chegar ao aeroporto as produzia na calma do lar. Desta forma, inventava frases de efeitos brilhantes. A de Joãosinho Trinta fez parte dessa leva. Tudo isso com anuência plena dos "entrevistados". O método foi levado para Veja e refinado com o passar dos tempos.
    No epicentro do sucesso do carnaval da Beija Flor, Trinta pareceu ser mais autoral que fantasia de destaque quando publicada em Veja.
Fonte: Notícias do Planalto, de Mario Sergio Conti

Cartório do Belo é serventia horripilante

    A fiscalização sobre o o recolhimento de taxas, custas e emolumentos ao Fundo de Modernização e Reaparelhamento do Judiciário (FERJ) que o Tribunal de Justiça do Maranhão inicou na segunda-feira, 14, nos cartórios da região metropolitana não será suficente para mensurar o nível dos serviços ofertados pelas serventias extrajudiciais.
    O trabalho de discalização do FERJ não se resume a realização de auditoria para identificação de receitas e repasses das serventias extrajudiciais. As equipes do TJMA vão verificar as condições de funcionamento dos cartórios, observando-se o atendimento ao público, a estrutura física e organizacional, além da situação trabalhista dos funcionários.
     Os cartórios repassam ao FERJ 12% das taxas arrecadadas. Esses valores retornam em  investimentos em ações como a informatização do Poder Judiciário e na construção e reforma dos prédios das comarcas. Não há registro de inadimplência.
    Em alguns casos, como no Cartório de Registro Civil de 1ª Zona Hermínio Belo o flagrante está na fachada. Depois de ocupar temporariamente um cafofo na Rua Santiago, o cartório se instalou em uma porta e janela da Rua dos Afogados. O cenário da rua Santiago era desolador. Veja aqui depoimento do jornalista Raimundo Garrone em seu blog. Nos serviços e tratamento ao público não houve mudanças no novo endereço improvisado.

Manchetes dos jornais

AQUI - MA - Itaqu-Bacanga: Apedrejado pelo amigo
ATOS & FATOS - Prefeitura em apuros:Roseana socorre Castelo e crianças vão estudar
JORNAL EXTRA - Militares sujam a farda: Um rebola na boquinha da garrafa, outro é acusado de pegar suborno de traficante
O ESTADO DO MARANHÃO - Tribunal de Justiça começa a fiscalizar cartórios da ilha
O IMPARCIAL - Deputados "batem-boca" na Assembleia
TRIBUNA DO NORDESTE - Prefeito caçado pela PF é absolvido pelo TJMA