16 de dez de 2010

Tiririca comemora aumento reajuste do salário dos deputados

    Em rápida passagem por Brasília, no mesmo dia em que foi aprovado o reajuste do salário dos deputados federais, o humorista Tiririca, eleito deputado federal pelo estado de São Paulo, comemorou o episódio. "Cheguei com sorte. Graças a Deus foi aprovado, acho justo", afirmou.
    Durante a visita ao Congresso, Tiririca passou pela Comissão de Educação, foi ao plenário da Câmara, à liderança do PR, ao plenário do Senado e aos gabinetes dos senadores Alfredo Nascimento e Magno Malta.
Do Política Hoje

Carlos de Bayma lança "O Menino Incendiário" em Palmas (TO)


O poeta Carlos de Bayma
     O escritor, compositor e jornalista maranhense radicado em Palmas (TO), Carlos de Bayma, lança nesta quinta-feira, 16, às 20 horas, no Espaço Contágius,o livro "O Menino Incendiário", o terceiro da carreira.
    Como escritor, Bayma publicou "O Arquipelágo" (poesia), em 2003, e "Acerca da sorte e o mistério de Curimbã" (conto), em 2005. "O Menino Incendiário" foi escrito em 2002 e reúne 60 textos que retratam experiências, fragmentos e nuances de lembranças e fantasias de um menino nascido em Lima Campos (MA).
    “Quando você olha para trás, você olha com olhos de hoje. Portanto, muitas coisas que estiveram na cena, mudam de importância. Coisas que na época você não viu, pode ter importância hoje. E de repente, coisas que você considerava importante no passado, não mais te dizem respeito”, diz ao explicar o porquê de somente lançar o livro agora, em 2010.
    Ainda sobre a concepção do livro, o autor declara que era uma tentativa de “causar boa impressão” ao amigo José Gomes Sobrinho, o “Zé”, como ele mesmo chama. A relação entre Bayma e José Gomes era feita de encontros diários, nos quais os textos eram discutidos e Bayma recebia orientações, sugestões, “broncas” e elogios do mestre.
    Desde cedo, Carlos de Bayma despertou para a poesia da literatura de cordel, das trovas de repentistas e cantadores, as folias, o bumba-meu-boi, ou nas canções Spirituals, do disco Cem Ovelhas, de Ozéias de Paula, executadas todos os dias na voz local em Lima Campos. E a leitura não demorou fazer parte da sua rotina.
    Na pré-adolescência música e jornalismo eram fortes paixões. A música fluía nos grupos e cantos congregacionais. Acompanhava diariamente o programa Café da Manhã, apresentado por Moacyr Spósito, na Rádio Imperatriz (MA). O programa discutia assuntos como sociedade, cultura, economia, sempre com música de altíssima qualidade.
    Vez por outra riscava papel, fazia “versos insípidos”, como o próprio escritor define. No final da década de 1980, ao ler o poema Canção Amiga, de Carlos Drummond de Andrade, na cédula de 50 cruzados, não restou dúvidas: queria ser escritor. Ainda no Maranhão, conclui o Ensino Médio (Contabilidade e Magistério). Em 1993 mudou-se para Palmas.
    Em 1997 ingressa na primeira turma de jornalismo do Estado, formando no primeiro semestre de 2001. Lecionou na rede municipal de ensino de 1998 até 2003. Trabalhou em alguns jornais da Capital, como os extintos Folha Popular e Gazeta de Taquaralto, além do semanário O GIRASSOL. Em 2004 retorna ao Maranhão, para dirigir um pequeno grupo de comunicação, atividade que desenvolveu até 2005. Desde 2008 trabalha na Assessoria de Comunicação da Unitins.

    Continuam inéditos: Paisagens do Brasil (contos), Esboço Terra ou Novela Urbana e o Guia do Novo Mundo (poesia) e De Krebel ao mundo: A trama de Mark Romini (texto para cinema).
Com informações de O Girassol

Maranhão vai copiar o programa Nota Fiscal Alagoana

    Após Sergipe, Paraíba, Minas Gerais e Rio Grande do Norte, agora foi a vez da comitiva do Maranhão conhecer o programa Nota Fiscal Alagoana (NFA), implantado há dois anos. Nesta quinta-feira (15), representantes do governo maranhense esclareceram dúvidas e receberam orientações sobre a NFA, durante reunião no gabinete da Secretária da Fazenda de Alagoas (Sefaz).
    A comissão maranhense, formada pelo secretário da Fazenda, Cláudio José Trinchão Santos, e pela secretária adjunta de Comunicação, Carla Georgina da Silva, pode identificar os principais pontos do programa de estimulo à consciência fiscal. A idéia é implantar a versão maranhense do programa, denominada “Viva a Nota”, no primeiro semestre de 2011.
    O encontro contou com a presença da coordenadora do programa, Aida Gama; da secretária adjunta, Adaida Barros; do gerente de tecnologia da informação, Marcelo Malta; e do superintendente do Procon/AL, Rodrigo Cunha.
   Os representantes maranhenses ficaram surpresos com o sucesso do NFA.
Do jornal Primeira Edição

TRE-MA diploma 88 candidatos que se elegeram ou ficaram na suplência nas Eleições 2010

    O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão realizará nesta quinta-feira, 16 de dezembro, a Sessão Solene de Diplomação dos candidatos nas Eleições 2010.
    Serão diplomados o Governador e o Vice-Governador, os 2 Senadores e seus respectivos Suplentes, 18 Deputados Federais e 42 Deputados Estaduais, além dos dois primeiros suplentes de cada coligação: 8 para a Câmara dos Deputados e 14 para a Assembléia Legislativa.
    A Cerimônia de Diplomação será realizada no Centro de Convenções "Governador Pedro Neiva da Santana", ao lado do Multicenter SEBRAE, a partir das 15hs.

QUEM SÃO OS DIPLOMADOS

Governadora: Roseana Sarney (PMDB) - 1.459.192 votos
Vice-governador: Washington Luiz Oliveira (PT)

Senadores:
Edison Lobão (PMDB) - 1.702.085 votos
João Alberto (PMDB) - 1.546.298 votos
Suplentes: 1º- Edison Lobão Filho (PMDB); 2º- Pastor Bel (PMDB) (Lobão)
Suplentes: 1º- Clovis Fecury (DEM); 2º - Mauro Fecury (PMDB) (João Alberrto)

Os deputados federais
Alberto Filho (PMDB) - 89.704
Carlos Brandão (PSDB) - 77.733
Cleber Verde (PRF) - 126.896
Domingos Dutra (PT) - 81.101
Edivaldo Holanda Júnior (PTC) - 104.015
Gastão Vieira (PMDB) - 134.665
Hélio Santos (PSDB) - 58.413
Lourival Mendes (PTdoB) - 30.036
Luciano Moreira (PMDB) - 125.915
Nice Lobão (DEM) - 95.129
Pedro Fernandes (PTB) - 113.503
Pedro Novaes (PMDB) - 89.658
Pinto Itamaraty (PSDB) - 80.259
Professor Sétimo Waquim (PMDB) - 86.399
Ribamar Alves (PSB) - 62.631
Sarney Filho (PV) - 134.313
Waldir Maranhão (PP) - 106.646
Zé Vieira (PR) - 76.629

Os suplentes de deputado federal
Aparecida (PT do B) - 26.329 votos
Chiquinho Escórcio (PMDB) - 53.547 votos;
Davi Alves Silva Júnior (PR) - 68.602 votos;
Maurício Almeida (PSB) - 24.675 votos;
Simplício (PPS) - 35.338 votos;
Telma Pinheiro (PSDB) - 46.620 votos;
Wellington do Curso (PSL) - 23.623 votos;
Weverton Rocha (PDT) - 47.130 votos

Os deputados estaduais
Afonso Manoel (PMDB) - 43.316
Alexandre Almeida (PTdoB) - 18.344
André Fufuca (PSDB) - 32.628
Antônio Pereira (DEM) - 36.303
Arnaldo Melo (PMDB) - 39.624
Bira (PT) - 23.054
Camilo Figueiredo (PDT) - 30.073
Carlinhos Amorim (PDT) - 27.458
Carlinhos Florêncio (PHS) - 33.493
Carlos Filho (PV) - 36.857
César Pires (DEM) - 52.450
Cleide Coutinho (PSB) - 49.159
Dr. Pádua (PP) - 19.809
Edilázio (PV) - 58.191
Edson Araújo (PSL) - 47.914
Eduardo Braide (PMN) - 26.792
Eliziane Gama (PPS) - 37.067
Francisca Primo (PT) - 30.192
Gardênia Castelo (PSDB) - 60.841
Graça Paz (PDT) - 29.380
Hélio Soares (PP) - 41.673
Hemetério Weba (PV) - 38.375
Jota Pinto (PR) - 22.548
Léo Cunha (PSC) - 21.956
Luciano Leitoa (PSB) - 40.739
Manoel Ribeiro (PTB) - 38.946
Marcelo Tavares (PSB) - 40.439
Marcos Caldas (PRB) - 27.508
Max Barros (DEM) - 64.969
Neto Evangelista (PSDB) - 46.269
Raimundo Cutrim (DEM) - 73.186
Raimundo Louro - 20.763
Ricardo Murad (PMDB) - 76.265
Rigo Teles (PV) - 46.598
Roberto Costa (PMDB) - 45.257
Rogério Cafeteira (PMN) - 29.244
Rubens Pereira Jr. (PCdoB) - 30.301
Stênio Rezende (PMDB) - 43.964
Valéria Macedo (PDT) - 33.362
Vianey Bringel (PMDB) - 61.769
Victor Mendes (PV) - 52.842
Zé Carlos (PT) - 27.232

Os suplentes de deputado estadual
Darci Ribeiro (PT do B) - 15.593 votos
Dr. Magno Bacelar (PV) - 33.550 votos
Edivaldo Holanda (PTC) - 27.334 votos
Fabio Braga (PMDB) - 32.259 votos
Luciano Genésio (PCdoB) - 13.132 votos
João Batista (PP) - 18.325 votos
Lima Neto (PMN) - 23.833 votos
Mauro Jorge - 17.535 votos
Nonato Aragão (PSL) - 26.552 votos
Othelino Neto (PPS) - 29.701 votos
Pastor Pedro Lindoso (PSC) - 15.808 votos
Pavão Filho (PDT) - 24.702 votos
Priscylla Sá (PT do B) - 16.355 votos
Valdinar Barros - 20.159 votos

CCN presta homenagem a Magno Cruz

População de Anajatuba pede prisão preventiva do prefeito municipal

    Lideranças do movimento social irão protocolar hoje (16) na Procuradoria Geral de Justiça (Rua Oswaldo Cruz, Canto da Fabril, Centro) e na Procuradoria da República (Rua das Hortas, Centro), representação criminal contra Nilton da Silva Lima Filho (PV), prefeito municipal de Anajatuba (MA). O documento pede a prisão preventiva do prefeito, de sua esposa, assessores, secretários e membros da comissão de licitação, além de três vereadores.
    A população anajatubense, após auditoria social, encontrou diversas irregularidades nas prestações de contas do município e solicita também a cassação do diploma do mandatário. Antes de protocoladas as representações as lideranças se reunirão na sede da Cáritas Brasileira Regional Maranhão (Rua do Alecrim, 343, Centro), às 15h.

Fagner lembra primeira guitarra no José de Alencar

    O cantor Raimundo Fagner subirá no palco do Theatro José de Alencar nesta quinta-feira,16, às 19 horas, em clima bem saudosista. Dentro da programação do centenário da fundação do teatro de Fortaleza (CE), ele ganhará destque por ter sido o primeiro artista a tocar guitarra nesse local.
     Na época havia preconceito contra o instrumento. Esse episódio ocorreu em dezembro de 1968. Competindo com a música "Nada sou", de sua autoria com o falecido Marcos Francisco de Alcântara, Fagner acabou vencendo o IV Festival Cearense de Música Popular. "Nesta disputa, tínhamos composições de Luis Assunção, Belchior e Petrúcio Maia", lembra Fagner.
Da Vertical

Manchetes dos jornais

JORNAL PEQUENO - Site do Tesouro Nacional mostra que não há perdas no FPE do MA
O ESTADO DO MARANHÃO - Governo do estado paga hoje 2ª parcela do 13º
O IMPARCIAL - Aumento: Parlamentares bombam o próprio salário