19 de out de 2011

Exemplo para o MA: Cid Gomes se reúne com ministro dos Transportes e cobra ações no Ceará

Cid Gomes e o ministro Paulo Passo
O governador Cid Gomes se reuniu nesta quarta-feira, 19, com o ministro dos Transportes, Paulo Passos, e cobrou incremento no ritmo da Ferrovia Transnordestina e da recuperação imediata das condições das BRs que cortam o Ceará.
    Segundo informações da assessoria da Casa Civil, de imediato, o Ministro designou o diretor geral do Dnit, Jorge Ernesto Pinto, para vir ao Ceará já na próxima semana para formatar, em conjunto com o Estado, um plano de trabalho para a melhoria dessa rodovias.
Episódio com ex-ministro
    Em maio deste ano, Cid protagonizou polêmica ao chamar o ex-ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, de "inepto, incompetente e desonesto". O desabafo havia sido provocado por conta do estado precário das estradas federais que cortam o Ceará.
    O governado também chegou a chamar de "antro de roubalheira" o Ministério dos Transportes e o Dnit.

Assembleia do MA aprova 'estatização' de Fundação Sarney

Sílvia Freire
A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou nesta quarta-feira (19) o projeto de lei que transfere a Fundação José Sarney para a administração do Estado.
    Atualmente, a entidade, que fica em São Luís e reúne o acervo do ex-presidente e senador José Sarney (PMDB-AP), pai da governadora, é uma fundação privada.
   O projeto, enviado pelo governo estadual, tramitou em regime de urgência e foi aprovado sem emendas apenas dois dias após chegar ao Legislativo. O texto segue agora para sanção da governadora.
   De acordo com texto aprovado, Sarney será o patrono da fundação.
   No modelo proposto por Roseana, o governo estadual assumirá os custos de manutenção da fundação, que passará a se chamar Fundação da Memória Republicana. Em contrapartida, José Sarney transfere para o Estado todos os bens que estão atualmente na fundação.
    A fundação está instalada em um convento do século 17, em São Luís, que foi doado à fundação pelo governo estadual em 1990. No local, há um espaço reservado a um futuro mausoléu.
    Deputados ouvidos pela reportagem disseram que não se sabe qual o custo de gestão da fundação nem se há inventário dos bens que serão repassados ao Estado.
    Para o deputado estadual Ubirajara do Pindaré (PT), o projeto de lei é inconstitucional, pois fere o princípio da impessoalidade.
    De acordo com o texto aprovado, dois dos nove conselheiros da Fundação da Memória Republicana serão indicados pelo ex-presidente. O direito de indicação passará aos herdeiros de Sarney depois que ele morrer.
    O deputado Marcelo Tavares (PSB) disse que a oposição irá se reunir para discutir possíveis medidas para barrar a estatização da fundação
Da Folha

Manchetes dos jornais

Maranhão
Jornal Extra: Motorista tem a cabeça espocada por uma van
O Estado do Maranhão: Roseana lamenta ações contra Via Expressa
O Imparcial: Em 24h, Justiça manda soltar suspeito de matar empresário
Região
Diário do Pará: Doença misteriosa põe saúde em alerta
Jornal do Commercio: Barbárie em família
Meio-Norte: Piauí muda imagem e j´´a tem PIB sustentável
O Povo: Justiça libera construção nas dunas do Cocó
País
Correio: Estudante da Asa Sul é a 4ª vítima de bactéria
Estadão: Dilma tira poder de Orlando e assume decisões sobre Copa
Folha: Governador do DF é alvo de investigação no STJ
Globo: Na marca do pênalti - Ministério do Esporte tinha QG da propina, diz acusador
Valor: Crise embala terceira onda de investimento espanhol
Zero Hora: Efeitos do vulcão: Saúde faz alerta sobre os perigos das cinzas