11 de nov de 2010

IV Feira do Livro - Alunos do Gamar encenam na abertura

O Grupo de Arte Maria José Aragão (Gamar), composto por alunos do Centro Educacional Maria José Aragão, escola da rede estadual de ensino, fará a abertura oficial nesta sexta-feira (12), da 4ª edição da Feira do Livro de São Luís, que tem como tema “O Livro é guia e instrumento da sabedoria”. O evento deste ano tem como patrono o jornalista, escritor e cineasta ludovicense José Louzeiro.
    O espetáculo que será apresentado pelo Gamar, na Feira do Livro, irá propor uma viagem lúdica às particularidades de vida de cada um dos homenageados, por intermédio de uma performance musical, com a participação dos 35 alunos-atores.
    “Quando surgiu o convite, pensamos em montar um espetáculo que pudesse agregar o universo proposto pela feira. Foi aí que surgiu a idéia de fazer uma apresentação lúdica que pudesse, em síntese, expor particularidades da vida de todos os homenageados”, revelou o diretor do Gamar, Wilson Chagas.
    Segundo Wilson Chagas, a escola Maria José Aragão, participará de forma oficial da 4ª Feira do Livro de São Luís com as apresentações dos espetáculos “O Livro Mágico” e o “Desejo de Catirina”, que acontece na próxima terça-feira (16), às 16h e 17h, respectivamente.
Auto-estima
    A apresentação de “O Livro Mágico” vai trazer à tona um mundo mágico que aborda a necessidade da leitura e fala de esperança, magia e curiosidade retratada através das personagens do fantástico universo infantil: bruxas, fadas, monstros, duendes e muita fantasia.
Já o “O Desejo de Catirina”, conforme conta a direção do Gamar, baseia-se na história tragicômica mais popular dos folguedos maranhenses: o Auto do Bumba meu Boi. Diz a lenda que nos mês de junho, a negra Catirina, grávida, sente um desejo muito estranho e arriscoso: deseja comer “um cozido de língua de boi”, só que não era cozido de língua de um boi qualquer, e sim do novilho mais querido da fazenda, o boi “Mimoso”.
    O Gamar surgiu em 2001, a partir do Projeto Interdisciplinar de Leitura e Escrita “Palavras ao Vento”, desenvolvido sistematicamente com os alunos do Ensino Fundamental da Unidade Integrada Maria José Aragão, com o intuito de promover um contato maior destes alunos com o mundo da leitura e da arte em todas as suas linguagens.
    Visa também proporcionar a descoberta de novos talentos artísticos, fomentando a formação de platéia, além de proporcionar o protagonismo juvenil, o pleno exercício da cidadania bem como o resgate da auto-estima de alunos carentes deste tipo de atividade de risco social e familiar.
Da SECOM

Tiririca passa no teste de alfabetização

    O deputado federal eleito Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), o palhaço Tiririca, leu e escreveu no teste de alfabetização feito nesta quinta-feira pela Justiça Eleitoral.
    De acordo com o presidente do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo, Walter de Almeida Guilherme, Tiririca foi submetido a um ditado. Ele teve que escrever o seguinte: "A promulgação do Código Eleitoral, em fevereiro de 1932, trazendo como grandes novidades a criação da Justiça Eleitoral". O trecho é de um livro, editado pelo tribunal, intitulado "Justiça Eleitoral, uma retrospectiva".
    O humorista ainda foi obrigado a ler uma notícia de jornal e precisou fazer uma interpretação do que leu e escreveu. Ele se recusou, porém, a fazer uma perícia do documento que apresentou, quando registrou sua candidatura, para provar que era alfabetizado. O presidente do TRE de São Paulo lembrou que ninguém é obrigado a produzir uma prova contra si mesmo e afirmou que Tiririca será diplomado, independente do resultado.

Definida a ordem do desfiles das escolas de samba de São Luís

    Em clima do carnaval 2011, a União das Escolas de Samba do Maranhão – a UESMA, promoveu Assembléia Geral, na noite desta quarta-feira (10) em sua sede localizada no bairro do Caratatiua, que contou com a participação das agremiações filiadas.
    De acordo com informações da diretoria da União das Escolas de Samba o encontro foi para fechar alguns pontos considerados importantes do Regulamento do Carnaval 2011. Sendo que um dos principais foi o sorteio que definiu a ordem dos desfiles das escolas de samba para o carnaval de 2011, promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura
    Ficaram mantido os dois dias para o desfile, fórmula criada pela atual administração da Func, sob o comando do professor Euclides Moreira, e que deu certo a partir do carnaval de 2009.
    O sorteio obedeceu à ordem de classificação de 2010. As escolas classificadas na ordem impar desfilam no domingo, dia 06 de março. Já as colocadas na ordem impa, vão desfilar na segunda-feira gorda de carnaval, dia 07 de março.
DOMINGO – 06 de março de 2011
Mocidade da Cohab
Túnel do Sacavém
Unidos de Ribamar
Turma de Mangueira
Turma do Quinto
Favela do Samba
SEGUNDA – 07 de março de 2011
Terrestre do Samba
Império Serrano
Marambaia
Unidos de Fátima
Flor do Samba

Museu de Tudo: Memória do Colunão de Walter Rodrigues (1951-2010)

Advogados preparam mutirão no MA para atender presos com direito a indulto do Natal

    O Núcleo de Advocacia Voluntária do Maranhão prepara um mutirão para atender ao maior número de presos até o Natal. A ação será desenvolvida pelo Núcleo de Advocacia Voluntária do Maranhão (NAV) nos dois últimos meses deste ano e faz parte do esforço de levar assistência jurídica a quem não tem dinheiro para pagar um advogado. O objetivo é fazer com que os detentos que já têm direito à liberdade possam passar as festas de fim de ano ao lado da família.
    Criado em 2009, por meio de parceria entre o CNJ, o Poder Judiciário do Maranhão, a Secretaria de Segurança Cidadã, entidades de ensino do estado e o Conselho da Comunidade, o NAV realizou 823 atendimentos, de janeiro a outubro de 2010. Desses, 373 foram deferidos; 46 indeferidos; 127 aguardam decisão; 182 correspondem a atendimento interno e 106 não tiveram resposta.
    No Maranhão, o NAV já está instalado nas cidades de São Luís e Imperatriz. De acordo com a coordenadora do Núcleo, no Estado, Marilene Aranha, até janeiro do próximo ano o programa terá sido implantado, também, nos municípios de Caxias e Timon.
Do Direitodoestado.com.br

Partidos pedem exibição de propaganda partidária para 2011

    Dezenove partidos políticos já pediram ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para exibir propaganda partidária no primeiro semestre de 2011. A propaganda partidária é destinada a transmitir mensagens sobre a execução do programa do partido e também a divulgação de sua posição acerca de temas político-comunitários.
    Cada partido político tem direito a um bloco de 10 minutos por semestre no rádio e na televisão para transmitir a propaganda partidária nacional, que vai ao ar a partir do dia 6 de janeiro, sempre às quintas-feiras.
    O prazo para pedir data para exibição do programa vai até 1º de dezembro. O partido deve indicar as datas de preferência para veiculação e as emissoras geradoras. Até o momento, o TSE já registrou pedidos de inserções de 11 partidos, tanto para o primeiro quanto para o segundo semestre. A data limite para solicitar a exibição também é o dia 1º de dezembro.

Tiririca faz ditado nesta quinta-feira para comprovar que sabe ler e escrever

SÃO PAULO - O deputado federal eleito Tiririca (PR-SP), o mais votado do Brasil , com 1,3 milhão de votos, deve fazer nesta quinta-feira teste para comprovar à Justiça Eleitoral paulista que sabe ler e escrever. Como o caso corre em segredo de Justiça, o exame deve ser feito a portas fechadas.
    Tiririca chegou por volta das 9h ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), na região central de São Paulo, sem falar com a imprensa. O promotor eleitoral Maurício Antonio Ribeiro Lopes afirmou que, após a realização do exame, falará com os jornalistas sobre o caso.
    - Sugeri que houvesse um ditado de um trecho da Constituição Federal e a leitura de outro. Mas o juiz é que vai decidir, ele pode pegar qualquer livro e pedir para o Tiririca ler - disse o promotor eleitoral responsável pelo caso, Maurício Lopes.
    Em sua defesa, Tiririca (Francisco Everardo Oliveira Silva) disse que teve a ajuda da mulher para fazer a declaração de próprio punho entregue à Justiça Eleitoral ao registrar a candidatura. Ele alegou problemas motores que o impedem de segurar uma caneta com firmeza. Peritos consultados pelo Ministério Público apontaram "artificialismo gráfico" no documento.
De O Globo

Três concorrem a reitor da Universidade Estadual do Maranhão

O candidato a reitor José Gomes com a profª Terezinha Rego
    Professores, servidores e estudantes participam hoje, às 18 horas, na Assuema do lançamento da chapa "Compromisso e Realização" que tem como candidato a reitor da Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, o professor José Gomes, atual pró-reitor de planejamento da estadual.
    Ao menos três nomes estão na disputa pelo comando da universidade estadual. Além do pró-reitor o atual reitor concorrerá à reeleição e o professor Henrique Mariano. A eleição acontece no final deste mês. A lista sêxtupla será enviada à governadora Roseana Sarney que escolherá seu preferido. Mariano tem o apoio do secretário de Educação, Anselmo Raposo.
    A chapa de José Gomes foi oficializada na semana passada e tem como candidato a Vice-Reitor o Prof. Raimundo Luiz, diretor Centro de Estudos Superiores de Caxias. É a segunda vez que Gomes concorre a reitor. Em 2006 compôs a lista sêxtupla da qual foi indicado o reitor José Augusto Oliveira.
    Fazem parte ainda da chapa Francinete Nunes, Coord. De Admissão e Transferência; Fátima Negreiros, Técnico Administrativo; Rosinha, Técnico Administrativo; Maria Cristiano Pestana Chaves Miranda, Chefe da divisão de operações de Concurso e Vestibulares da UEMA; Profª. Maria Inês, Chefe Divisão de Estágio e monitoria da Pró-Reitoria de Graduação; e o Prof. Marcos Marques – Coord. De Planejamento Físico.

Impasse judicial do Enem coloca no limbo 48 mil vagas de 36 universidades

    A suspensão da validade das provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) realizadas neste fim de semana deixa em aberto o destino que será dado a pelo menos 48.458 vagas oferecidas em instituições federais. Das 84 universidades e instituições que participam do exame, 36 dependem exclusivamente do exame para selecionar alunos para 2010. Entre elas está a Universidade Federal do Maranhão, UFMA. Reunidas, elas respondem por 53% de todas as vagas oferecidas pelo Enem.
    Ao contrário do ano passado, quando a prova foi anulada e o processo de reaplicação do Enem ficou todo sob o controle do Ministério da Educação (MEC), o Enem deste ano depende mais do tempo que o Judiciário vai precisar para tomar uma decisão final sobre o exame.
    Para as instituições que gostariam de usar o Enem apenas como parte do processo seletivo, se o impasse entre o MEC e o Judiciário se prolongar, o plano alternativo possível é, segundo os reitores ouvidos pelo Estado, levar em conta apenas as notas do aluno no vestibular e deixar de lado o exame nacional.
    "Daí a esperança de que o impasse na Justiça seja rapidamente resolvido", afirmou o reitor da Universidade Federal de São Carlos, Targino de Araújo Filho. Para o reitor, que também é representante da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), as instituições que dependem exclusivamente do Enem não pensam, no momento, em nenhuma alternativa para o exame.
    "Ano passado, o exame foi suspenso por causa do vazamento da prova e, mesmo assim, não houve prejuízo para o calendário", avaliou Targino Filho. "Acredito que neste ano não será diferente."
Sistema misto. O problema deste ano, no entanto, é que, além da solução final estar nas mãos do Judiciário, o adiamento da prova em 2009 ocorreu no início de outubro. O que deu uma folga de um mês e dez dias em relação ao exame deste ano.
    As universidades têm autonomia para decidir se continuam ou não usando o Enem em seu processo de seleção. Aquelas que usam apenas o Enem, em tese, poderiam retornar para um vestibular próprio. Algo que dificilmente vai ocorrer, por causa de toda logística que está em jogo. Além disso, um eventual abandono do uso do Enem, neste momento, poderia representar uma deserção - algo que dirigentes de instituições federais querem evitar ao máximo.
Com informações de O Estadao

OAB constata irregularidades nas obras de construção do presídio de Imperatriz

    O presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Vandir Bernardino Bezerra Fialho Filho, juntamente com a juíza titular da 5ª Vara Criminal da Comarca de Imperatriz, Samira Heluy, que também responde pela Corregedoria de Cadeias e Presídios da região, além de advogados componentes de comissões da OAB, realizaram uma vistoria nas obras do presídio que está sendo construído em Imperatriz. Constataram que o projeto traçado para a obra está em desacordo com as medidas de segurança que devem ser tomadas.
    Segundo as autoridades, os banheiros estão sendo construídos para banhos coletivos, quando deveriam ser individuais em cada cela; como também as celas estão sendo construídas com altura de apenas 3,20 metros, quando deveriam ser muito mais altas.
Obras atrasadas
    Além disso, foi constatado que as obras estão atrasadas em relação ao prazo estipulado, que era de 12 meses, dada a urgência da construção do presídio, tendo em vista a superlotação de presos na Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ) e nas demais prisões na região tocantina, principalmente na região de Imperatriz, que estão todas interditadas pela Justiça.
    Pelo que foi verificado, ainda não foram construídas nem 30% das obras do presídio, que neste momento já era para estarem praticamente 50% prontas.
Paralisadas
    Ontem, os funcionários da empresa JMP Construtora paralisaram a obra. Segundo informações do próprio encarregado, o mestre de obra Francisco dos Santos Bezerra, o motivo da paralisação foi o atraso no pagamento dos salários. Segundo Francisco Santos, não houve repasse da verba para a JMP Engenharia e, por conta disso, a empresa ainda não pagou os salários do mês de outubro. Os funcionários foram na tarde de ontem para o Sindicato da Construção Civil, onde estava sendo esperado um representante da JMP Construtora para resolver o impasse. Ninguém do governo foi encontrado para falar sobre o caso.
De O Progresso

No Painel da Folha de S. Paulo

Calculadora Um dos argumentos da equipe de transição paulista para rebaixar a Secretaria de Comunicação ao estatus de coordenadoria é artimético. Em 2006, Alckmin deixou o governo com aprovação de 69%. Seu sucessor, José Serra turbinou o gasto publicitário e transmitiiu o cargo com 55% de conceitos ótimo e bom.

tiroteio
Agora ficamos sabendo o real motiv0o da visita de Silvio Santos a Lula em setembro.E também está claro quanto custou a famosa bolinha de papel: R$ 2,5 bilhões.
DO DEPUTADO JUTAHY JÚNIOR (PSDB-BA), relacionando o socorro oficial ao Panamericano e o noticíário do SBT sobre a agressão a José Serra na campanha.

Cabeleireira vai receber R$ 6.800 como secretária

    O governo vai pagar mais de R$ 6.800 para uma cabeleireira gaúcha trabalhar como secretária na equipe de transição da presidente eleita Dilma Rousseff.
    Márcia Westphalen é uma das 13 pessoas nomeadas ontem para compor o governo de transição de Dilma Rousseff, até a posse da nova presidente.
    Até 2009, ela trabalhava como cabeleireira num salão de beleza em Porto Alegre. Manteve até ontem à tarde no ar um blog sobre "cabelos, tendências e dicas de visual".
    O blog saiu do ar após a Folha entrar em contato com o governo de transição.
No blog, se apresentava dizendo já ter morado em "vários países" e trabalhado "em salões de diversos estilos".
    Afirmava ainda que, "por ideologia, não faço alisamento, escovas progressivas ou qualquer outro processo agressivo".
    Segundo o governo de transição, Westphalen é formada em direito e foi selecionada por análise de currículo pela campanha de Dilma, quando passou a atuar, de acordo com a assessoria, como secretária trilíngue.
    À Folha Westphalen informou outra função.
    Também disse que foi selecionada por análise de currículo, mas que trabalhou na área de "apoio de produção", auxiliando na organização de eventos da campanha de Dilma.
Sobre seu papel no governo de transição, disse que ainda não sabia qual seria sua função, mas negou que fosse trabalhar como cabeleireira.
Da Folha de S. Paulo

Manchete dos jornais

AQUI-MA - Pedrinhas:Tensão continua
ATOS & FATOS - Pastor denuncia autoridades e diz temer novo banho de sangue
JORNAL A TARDE - Deputados protocolam pedido de reajuste de mínimo para R$ 580
JORNAL EXTRA - Por falta de geladeira: IML já pensa em passar sal nos defuntos
JORNAL PEQUENO - Maranhão perde verba federal para construção de presídio em Pinheiro
O ESTADO DO MARANHÃO - Polícia acha que motim foi tramado fora de Pedrinhas
O IMPARCIAL - Mortes esgotam capacidade do IML
O QUARTO PODER - Com prestígio na presidência: Roseana quer Lobão nas Minas
TRIBUNA DO NORDESTE - Pastor diz que policia vai bater em detentos