20 de mai de 2011

Secretário Municipal de Saúde de São Luís é fantasma em quatro hospitais e deputado em três

    Levantamento feito pelo Portal O Quarto Poder apontou a existência de irregularidades na folha de pagamento do SUS – Sistema Único de Saúde – do Maranhão. Enquanto milhares de pessoas estão morrendo na fila do SUS, os agentes públicos maranhenses continuam “mentindo” para o Governo Federal, através do cadastro do sistema para receber indevidamente e desviar mais recursos.
    O vereador Gutemberg Araujo (PSDB), por exemplo, que se licenciou do cargo na Câmara Municipal de São Luís para  ser Secretário Municipal de Saúde aparece no Site do SUS trabalhando 48 horas por semana como cirurgião geral no Hospital Universitário, no Carlos Macieira e na Unidade de Cirurgia Geral, localizada na Rua dos Acapus QDA B, Renascença.
De acordo com o DataSus, os dois primeiros estabelecimentos estão em análise por descumprimento ao Artigo 5º, da Portaria SAS/MS nº 134/2011.
    O cadastro do SUS já foi alvo de matérias nas últimas semanas no Jornal O Globo e no Globo Repórter. Os desvios milionários estão sendo executados, principalmente, através de recursos do Programa Saúde da Família (PSF). As irregularidades prosperam no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde e suas consequências ficam explícitas em relatórios do próprio governo.
    Segundo a Controladoria Geral da União (CGU), em mais de 40% dos municípios, as equipes de saúde da família não cumprem a carga horária. Em 36,5% das 982 cidades fiscalizadas de 2004 a 2009, o atendimento foi considerado deficiente.
Deputado atende 55 horas por semana
    O deputado estadual Dr. Pádua (PP), assíduo na Assembléia Legislativa do Maranhão, é cadastrado no SUS para atender pacientes com uma carga horária de 55 horas por semana, em três estabelecimentos privados. Se não tiver compatibilidade de horário, o deputado está acumulando cargo ilegalmente, pois é contratado pelo Hospital São Rafael, Clinica de Olhos Drº Luiz Madeira e pelo Centro de Olhos de Imperatriz, além de exercer o cargo de deputado estadual. Nos três estabelecimentos de saúde, Dr. Pádua aparece “prestando serviço” como médico oftalmologista e cirurgião oftalmológico. O cadastro com as informações relacionadas ao parlamentar foi atualizado pela ultima vez, no dia 11 de março de 2009, quando Drº Pádua ainda não exercia a função de deputado, no entanto, o médico deputado não consta como desligado em nenhum dos estabelecimentos citados nesta matéria.
    Na Saúde do Maranhão foram flagradas autoridades municipais e estaduais, clínicas particulares, além dos próprios profissionais de saúde que assinam diversos contratos onde só seriam cumpridos se os médicos conseguissem estar em três ou mais lugares ao mesmo tempo.
    Há UTIs invisíveis, médicos secretários e deputados, que atendem pelo SUS,ao mesmo tempo em que exercem outras funções.. E o que é pior, o Governo Federal não consegue fiscalizar e nem sabe para onde e quanto está sendo desviado, pois somente 2,5% dos recursos são fiscalizados.

Flávio Dino declara apoio à reeleição de Natalino Salgado para reitor da Ufma

    Pode contar conosco companheiro, Natalino ! ”, foi a expressão de despedida do ex-candidato ao governo do estado e professor de direito, da Universidade Federal do Maranhão Flávio Dino após 45 minutos de visita em sala de aula no Centro Pedagógico Paulo Freire, nessa manhã, 20, onde o Professor Natalino Salgado apresentou sua infinidade de realizações já concluídas e projetos ainda mais ousados como proposta de trabalho.
    Atento a detalhada prestação de contas, do atual reitor e fazendo breves intervenções diante das sugestões dos estudantes presentes em sua sala, o jurista e professor adjunto da UFMA, Flávio Dino, ainda convalescente de recente fratura em seu pé, prometeu enviar uma declaração de apoio a essa candidatura, mais detalhada por e-mail, a equipe de comunicação da campanha, mas compartilhou da história de 40 anos de sucateamento e abandono da universidade relatada por Salgado.

Adote a campanha dos pé à cabeça




VI Semana de Teatro do Maranhão - Programação de hoje

“CONVERSAS INVERSAS”
Grupo Milongas – RJ - 10h – Teatro Arthur Azevedo
Dois contadores de historias, com várias garrafas e muita criatividade, propõem apresentar o clássico conto O Gargalo da Garrafa, de Hans Christian Andersen, de uma maneira muito inusitada: de trás para frente.Através da musica e do bom humor, eles buscam uma nova maneira de enxergar as coisas, de forma que a ordem pode ser invertida e que nenhuma historia precisater, necessariamente, um ponto final.
FICHA TÉCNICA: Direção e Dramaturgia – Breno Sanches; Elenco – Adriano Pellegrine e Matheus Calado; Direção Musical – Matheus Calado; Direção de Movimento – Camile dos Anjos; Cenografia – Ana Machado; Figurinos – Cássia Monteiro; Adereços – Arlete Rua; iluminação – Adriana Milhomem.

CORTEJO
Bando do Bom Menino - 16 H - Concentração na Fonte do Ribeirão

ESTE LADO PARA CIMA – ISSO NÃO É UM ESPETÁCULO
Brava Companhia – São Paulo/ SP (rua) - 17h, Praça João Lisboa
A ordem e o progresso fundamental o surgimento de mais uma cidade e os seus habitantes vivem em razão do trabalho e sonhando com um futuro de felicidade. Até que uma crise, causada pelos seus próprios dirigentes, se sobre essa metrópole ameaçando a ordem estabelecida, e obrigando a criação do “mais avançado artefato da tecnologia humana”: A Bolha – que do céu vigiará tudo e todos, para manter as coisas como sempre foram. O poder do Mercado e o controle das relações humanas exercido por ele são discutidos com um humor anárquico neste trabalho da Brava Companhia, construído para apresentação em rua ou espaços alternativos.
FICHA TÉCNICA: Criação: Brava Companhia; Direção e Dramaturgia: Fábio Resende e Ademir de Almeida; Atores: Cris Lima, Débora Torres, Henrique Alonso, Joel Carozzi, Luciana Gabriel, Marcio Rodrigues, Rafaela Carneiro, Sérgio Carozzi.; Cenário, adereços e figurinos: Cris Lima, Débora Torres, Joel Carozzi, Marcio Rodrigues, Rafaela Carneiro e Sérgio Carozzi.
Concepção: Brava Companhia; Programação Visual: Ademir de Almeida; Produção: Kátia Alves; Assistente de Produção: Luciana Gabriel.


Na coluna do Ilimar Franco

Xadrez maranhense
A governadora Roseana Sarney (MA) está disposta a apoiar o ex-deputado Flávio Dino (PCdoB-MA) para a prefeitura de São Luís, como forma de tirá-lo da disputa pelo governo do estado, em 2014. A princípio, isso nãoestá nos planos de Dino. “Eu não estou cogitando ser candidato a prefeito. Meu plano é 2014”, disse ele. O candidato de Roseana à sua sucessão deve ser o atual secretário da Casa Civil, Luis Fernando Silva.

No Painel da Folha de S. Paulo

contraponto
Entrando numa fria
Ao encontrar Dilma Rousseff em almoço no Itamaraty, na terça-feira passada, José Sarney (PMDB-AP) lembrou da visita que fizera ao Paraguai, dois dias antes, para representá-la na comemoração dos 200 anos da independência do país vizinho.
O presidente do Senado se queixou de que a viagem não foi lá essas coisas: choveu o tempo todo, e a temperatura estava baixíssima. E arrematou:
-Em resumo, a presidente escapou de uma boa. Eu é que quase peguei uma pneumonia!
Por Renata Lo Prete



Manchetes dos jornais

Maranhão
O ESTADO DO MARANHÃO - Cutrim diz que IPTU é "caso de polícia' e promete denúncia
O IMPARCIAL - Cortes no orçamento não afetam refinaria premium
Nacional
CORREIO BRASILIENSE:Sequestro e execução tiram paz do Lago Sul
FOLHA DE SÃO PAULO:Empresa de Palocci faturou R$ 20 mi no ano da eleição
O ESTADO DE MINAS:Decreto barra ficha-suja no governo de Minas
O ESTADO DE S. PAULO:Palocci trabalhou para 20 empresas
O GLOBO: Obama defende Palestina com fronteiras pré-1967
VALOR ECONÔMICO:Consórcios voltam a ganhar espaço na venda de veículos
ZERO HORA:Brasil aceita trégua e libera carros argentinos
Regional
DIÁRIO DO PARÁ:Câmara de Belém entra na mira do Ministério Público
JORNAL DO COMMERCIO:Obama defende Estado Palestino
MEIO-NORTE:Capital terá política contra drogas
O POVO:Governo vai mudar previdência estadual