1 de jul de 2010

Ministério Público Federal investiga programa "Legendários" da Rede Record


     O programa "Legendários", apresentado por Marcos Mion na Rede Record  está sendo investigado pelo Ministério Público Federal de São Paulo.
     O motivo do inquérito administrativo foi cenas de quase nudez exibidas no último sábado (26). O procedimento foi instaurado pelo procurador regional dos direitos do cidadão, Jefferson Aparecido Dias.Na matéria, algumas modelos tiravam a camisa a cada vez que a seleção brasileira fazia gols contra a Costa do Marfim.
     "Legendários"é exibido entre 21h50 – 23h30 e segundo o MPF, no momento em que a matéria foi ao ar além de adultos, havia crianças no bar em São Paulo. O Ministério Público solicitou um posicionamento da emissora a respeito da veiculação das cenas. A Record, contudo, negou que as imagens levadas ao ar tivessem contado com a aparição de crianças.
Do Puro Babado

Maranhão: Cachoeira do Jaburu em Morros

NOTA DE FALECIMENTO

     Enterrado ontem, 30 de junho às 10h no cemitério Parque da Saudade no Bairro dos Vinhais, o ex-deputado estadual Rozalvo Diniz Barros. Ele morreu vitima de câncer de estômago nesta terça-feira dia 29, às 8h da manhã no Hospital São Domingos.
     O ex-parlamentar estava hospitalizado há uma semana. Ele exerceu o mandato de deputado estadual no período de 1982-1986 e era filho do ex-prefeito de município de Paraibano, Antonio Diniz de Barros e pai do radialista e jornalista Rozalvo Jr.

Feriado

     Estado e município suspendem atividade nesta sexta-feira decretando ponto facultativo nas secretarias e órgãos estaduais e municipais, por conta da partida entre Brasil e Holanda na Copa do Mundo da África do Sul. A medida não atinge os plantões e serviços essenciais à população, casos da polícia e de saúde.

PPS apoia Roberto Rocha para o Senado Federal

     O Partido Popular Socialista (PPS) vai apoiar a candidatura do presidente estadual do PSDB, deputado Roberto Rocha, ao Senado Federal. A decisão foi anunciada durante convenção do partido realizada quarta-feira, 30, na cidade de Bacabal com presença de lideranças políticas do PPS, PSDB, PTC e de outros partidos do campo oposicionistas. Durante o evento o presidente estadual do PPS, Paulo Matos (foto), conformou o apoio a Rocha.
     Ele explicou aos presentes na convenção as razões que fizeram com que ele optasse por disputar umas das vagas de senador ao invés de concorrer ao quarto mandato de deputado federal.
     “Tomei a decisão de disputar uma vaga de senador por entender que já dei a minha contribuição ao Maranhão como deputado federal depois de três mandatos. É chegada a hora de ampliar a minha atuação no cenário político maranhense para ajudar ainda mais o meu estado”, afirmou.
     Roberto Rocha disse ainda que a sua eleição para o Senado da República é uma forma de equilibrar o peso das forças políticas em Brasília, já que atualmente todos os senadores que representam o Maranhão fazem parte do mesmo grupo político.
     “Os estados possuem uma quantidade de deputados federais diferente um do outro, mas todos possuem três senadores. O Maranhão é o estado do país onde os três senadores são da mesma força política, o que acaba passando a ideia de que aqui no Maranhão só existe um grupo político. Minha candidatura ao Senado mostrará ao país que aqui existem outras correntes políticas e que o Maranhão não tem dono”, assegurou.
     O candidato a senador pelo PSDB reafirmou o seu apoio à candidatura de Jackson Lago ao governo do Maranhão e conclamou todos os presentes a formarem uma grande corrente pela vitória nas eleições de outubro.
     “Quero reafirmar aqui com todas as letras que o meu candidato a governador é Jackson Lago, pois o que digo sentado numa sala eu digo em cima do palanque. Temos um encontro marcado com a história no dia 3 de outubro, quando elegeremos Roberto Rocha para senador e Jackson Lago para governador”, disse.

Frase de efeito

"Pretendo fazer o que for necessário para ele [Serra] ganhar a eleição, inclusive percorrer o país"
Do deputado Indio da Costa (DEM), vice na chapa do tucano José Serra

Tribunal de Justiça condena Brecil a indenizar moradora de condomínio de luxo na Ponta do Farol

     A Brecil - Bandeirante, Representações, Engenharia Comércio e Indústria Ltdac foi condenada pela 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão em ação por prejuízo e dano moral a uma senhora de 82 anos.
     A empresa terá que pagar indenização de R$ 25 mil à moradora do Condomínio "Caribean Residence", localizado na Ponta do Farol, área nobre de São Luís. Ela teve prejuízos na compra de um apartamento não entregue no prazo e que ainda apresentou defeitos na estrutura.
     Na ação ajuizada pela compradora, ela alega ter firmado contrato com a  Brecil, cujo objeto foi a compra de um apartamento, com entrega prevista para dezembro de 2002, mas que só foi disponibilizado em dezembro de 2003, fora do prazo de prorrogação.
     A cliente informou que realizou pintura e providenciou mobiliário para a residência, que sofreram avarias decorrentes de infiltrações causadas pelo período chuvoso, provocando prejuízos materiais.
     O juízo da 7ª Vara Cível de São Luís deu provimento ao pedido e condenou a construtora a ressarcir os danos materiais da senhora, no valor de R$ 23.856,00, e ao pagamento de dano moral no valor de R$ 5 mil. A cliente recorreu da decisão, requerendo o aumento da indenização, em decorrência da gravidade dos danos sofridos. A empresa alegou ausência de culpa por sua parte, pois a proprietária teria se precipitado ao ocupar o apartamento.
     A relatora, desembargadora Raimunda Santos Bezerra, decidiu elevar o valor da indenização, entendendo que a empresa deve responder pelos danos comprovadamente sofridos pelo consumidor, devendo indenizar independentemente de culpa. A magistrada também considerou, para elevação do valor, a demora na entrega do imóvel, a impropriedade técnica, a frustração e o desgaste emocional experimentados pela idosa.
Bezerra votou de acordo com manifestação da Procuradoria Geral de Justiça e foi seguida pelos colegas Jorge Rachid e Maria das Graças Duarte.

PPS apoia Flávio Dino e indica vice para derrubar Sarney

     O PPS aprovou o apoio à candidatura do deputado federal Flávio Dino (PCdoB) ao governo do Maranhão. O partido também formalizou a indicação do vice na chapa de Dino que terá o desafio de evitar a reeleição de Roseana Sarney (PMDB). O PPS aprovou o nome da psicóloga e integrante da Coordenação de Mulheres do partido, Miosótis Lucio.
     De acordo com a deputada estadual Eliziane Gama, que é vice-presidente do PPS marenhense, o candidato do PCdoB representa uma alternativa viável para vencer o clã Sarney, além de representar um nome ligado à ética e ao social.
     “É uma candidatura no campo da oposição no estado do Maranhão e o PPS entende que esta candidatura é importante para o processo de alternância de poder”, disse a parlamentar.
     Em 2006, o PPS foi vitorioso no estado quando compôs chapa com Jackson Lago (PDT).
     Para o Senado, o partido indicará o primeiro suplente na chapa de José Reinaldo Tavares (PSB), que já governou o estado.
Proporcionais
     Em 2010, segundo Eliziane Gama, o objetivo do partido para a eleição de outubro é eleger três deputados estaduais e um federal. Ela é candidata à reeleição.
Do Portal do PPS

Emissoras de rádio e TV têm de obedecer a várias normas eleitorais a partir desta quinta,1º de julho

     As emissoras de rádio e televisão do país devem ficar atentas às proibições impostas pela Lei das Eleições (9.504/97) a partir desta quinta-feira (1°). Entre outras vedações, esses veículos de comunicação não podem dar tratamento privilegiado a candidato em seus noticiários nem na programação normal. Também estão proibidos de divulgar nome de programa que se refira a candidato escolhido em convenção. Quem desrespeitar as regras fica sujeito ao pagamento de multa que varia de R$ 21.282,00 a R$106.410,00 e, em caso de reincidência, a multa pode ser duplicada.
Confira outras proibições:
Novelas
As novelas, filmes ou minisséries não podem fazer crítica ou referência a candidatos ou partido político, mesmo que de forma dissimulada.
Montagem
As emissoras também estão proibidas de usar trucagem ou montagem de áudio ou vídeo que degradem ou ridicularizem candidato ou partido ou que desvirtue a realidade para beneficiar ou prejudicá-los. Também não podem transmitir programas com esse fim.
Apresentadores
Candidato que já tenha sido escolhido em convenção para concorrer às eleições de 3 de outubro não pode apresentar nem comentar programa. As emissoras também não podem divulgar nome de programa que se refira a candidato escolhido em convenção, inclusive se a denominação do programa coincidir com o nome do candidato ou com o que ele indicou para uso na urna eletrônica. Se o programa tiver o mesmo nome do candidato, fica proibida a sua divulgação. O candidato que desobedecer a essa regra pode ter o registro cancelado.
Propaganda
As emissoras de rádio e televisão também estão proibidas de veicular propaganda política, inclusive paga, ou difundir opinião favorável ou contrária a candidato ou partidos.
Imprensa escrita
A imprensa escrita pode emitir opinião favorável a candidato. No entanto, a matéria não pode ser paga. Abusos ou excessos serão apurados e punidos nos termos da Lei 64/90, o que pode levar à cassação do registro e à inelegibilidade do beneficiado.
Do TSE

Flávio Dino é candidato ao Governo do Maranhão

     Com apoio do PSB e do PPS, o deputado federal Flávio Dino (PCdo/MA) será candidato ao Governo do Maranhão. Seu nome foi homologado nesta quarta-feira durante convenção estadual do PCdoB realizada no auditório Fernando Falcão. No mesmo ato, foram confirmadas as candidaturas do ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) e do advogado e historiador Adonilson Lima (PCdoB) ao Senado Federal. Flávio Dino terá como vice a psicóloga e professora Miosótis Lúcio (PPS). O senador Inácio Arruda (PCdoB/CE) representou a direção nacional do partido comunista.
     Lideranças políticas de diversas regiões do estado, representantes dos três partidos coligados, petistas, membros dos movimentos sociais e de entidades como a CUT e a FETAEMA estiveram presentes, fazendo da convenção um ato de grande representatividade. Nesta quinta-feira, Flávio Dino concederá entrevista coletiva, às 10h, no Grand Hotel São Luís, para apresentar a chapa completa e os principais pontos do seu programa de governo.
     Ao discursar, José Reinaldo disse que a candidatura de Flávio Dino representa a renovação política. “Esse modo de governo só levou à pobreza e à miséria”, afirmou o José Reinaldo. Quem também criticou duramente o atual modelo de administração do governo maranhense, foi o deputado federal Domingo Dutra (PT). Disse que “os petistas que não se venderam estão com Flávio Dino” e vão levá-lo ao segundo turno e à vitória nas eleições de outubro. O vice-presidente estadual do PT, Augusto Lobato, garantiu que a maioria dos petistas apóia Flávio Dino.
     A psicóloga e professora, companheira de Flávio Dino, na chapa, Miosótes Lúcio foi aplaudida quando disse que iria “trabalhar arduamente para fazer de Flávio Dino governador do Maranhão”. “Foi aqui (na convenção do PCdoB) que sempre quis estar”, garantiu. A candidata a vice-governadora disse que é preciso construir o Maranhão de igualdades e de oportunidades para todos. “Nós vamos construir um grande estado”, afirmou.
     Flávio Dino conclamou o povo a ser um porta-voz de sua campanha em cada canto desse estado. “Nós queremos e sabemos como fazer diferente e para isso precisamos de todos vocês”, conclamou Dino para depois criticar os modelos de desenvolvimento, até então, implementados no Maranhão. “Não queremos somente um Maranhão da propaganda, pois até agora, o que se vê é um estado de propagandas de projetos grandiosos e fantasiosos como modelo de desenvolvimento do nosso estado”, criticou.
     “O Pólo de Confecções de Rosário, por exemplo, é o símbolo de um Maranhão que não queremos”, disse sob aplausos. Para Flávio Dino, o projeto que os une é aquele que “não aceita que um estado tão rico seja o mais pobre do Brasil”. Flávio Dino disse não ter dúvidas de que sairá vitorioso das eleições de outubro. Garantiu que ao assumir o Palácio dos Leões vai governar para os pobres, para aqueles que não aparecem nas propagandas, para milhares de anônimos que não têm acesso à educação, saúde, emprego, moradia.
     Flávio Dino concluiu o discurso, afirmando da alegria de ter como companheira de chapa uma mulher. “Vou concluir dizendo da minha alegria e do meu orgulho de ter a companheira Miosótis Lúcio, que representará a sensibilidade, a sabedoria, a força e a coragem que as mulheres têm”, disse.

Manchetes dos jornais

AQUI -MA- Ex-policiai é assassinado
ATOS & FATOS - Empresário é assassinado no Turu e ex-prefeito na mira de pistoleiros
GAZETA DA ILHA - Desovado no Turu
JORNAL A TARDE - Em convenção Democratas oficializa apoio a Roseana
JORNAL EXTRA - Eleições 2010: Jackson perde apoio do PPS
JORNAL PEQUENO - Flácio Dino disputará o governo e Zé Reinaldo o Senado Federal
O ESTADO DO MARANHÃO - PCdoB e PSB lança Flávio Dino com vaias ao governo Lula
O IMPARCIAL - TSE compleca campanha eleitoral