8 de abr de 2011

Campanha contra aumento do combustível acaba em agressão


    A campanha contra o aumento do preço dos combustíveis, no microblog Twitter, acabou em agressão contra um dos idealizadores, em Natal, no Rio Grande do Norte. O coordenador do serviço @viacertanatal, que informa as condições do trânsito de Natal, Hudson Silvestre, foi ameaçado através do microblog por conta da hashatag #combustivelmaisbaratoja. Na tarde de quarta-feira, 6, ele foi agredido por um motoqueiro não identificado, segundo informações do Diário de Natal.
    O motivo da agressão seria a campanha, cuja hashatag teria alcançado mais de 28 mil replicas. A campanha, iniciada pelo perfil Via Certa Natal, chegou aos termos mais comentados de todo o Twitter.
    Após a agressão, Hudson Silvestre decidiu parar a campanha e publicou justificativa na rede. Segundo ele, é uma forma de preservar a equipe, de seis pessoas, que circula com identificação pela cidade, alimentando os perfis @viacertanatal, @transitonatal e @ViaCertaII.
Agressão
     Hudson, que anda com muletas para se locomover, registrava acidente de trânsito na avenida Lima e Silva. O motoqueiro o abordou, começou a surrá-lo e falou: “esse vagabundo tem que apanhar”, conta Hudson sobre o ataque. Depois do acorrido, ele voltou a receber ameaças no Twitter através de Direct Message (Mensagem Direta). Após o fato, ele e a equipe decidiram não seguir com a campanha.


1 comentários:

Notícia em Verso disse...

Mais uma vez a democracia por aqui é afrontada
O direito de protestar parece que não vale nada
Em Natal, idealizador de campanha foi agredido
A intimidação é de quem tem poder e é bandido

O combustível na capital potiguar atingiu três reais
Muita gente considerou absurdo ter que pagar mais
Hudson Silvestre iniciou legalmente uma campanha
#combustivelmaisbaratoja: sucesso em uma semana

Porque o Twitter é ferramenta muito interessante
Tem uma capacidade de disseminação impressionante
Em dias, 28 mil fizeram coro ao manifesto popular
Gente do segmento, lógico, passou a se incomodar

Mas daí a partir para a violência é triste, vergonhoso
Em plena luz do dia, no meio da rua: socos em seu rosto
Ameaça: “se a gente quebrar, vocês vão quebrar também”
“O que aconteceu foi só o começo”: é o que no twitter tem

Há duas semanas, no Rio, um blogueiro foi baleado
Agora, um tuiteiro é agredido, obrigado a ficar calado
A ação repressora e violenta emudeceu todos os dois
2 x 0 para o lado negro da força. Democracia? Depois...

http://noticiaemverso.com
twitter: @noticiaemverso

Postar um comentário

Comente aqui!!!