9 de abr de 2011

PT do Maranhão se alia a prefeito suspeito de comandar esquema de desvio de R$ 50 mi

   Apontado como chefe de uma quadrilha suspeita de desviar mais de R$ 50 milhões dos cofres da prefeitura de Barra do Corda, oriundos do governo federal, o prefeito Manoel Mariano, Nenzim, costura uma aliança com o PT no município com vistas às eleições de 2012.
    Parte da família do prefeito foi levada para Pedrinhas no início de fevereiro deste ano, presos durante a Operação Astiages, da Polícia Federal. Manoel Mariana e a esposa conseguiram escapar ilesos da Astiages. Após dias foragido o prefeito se safou com habeas corpus conquistado junto ao Superior Tribunal de Justiça.
    Ainda filiado ao PV, Nenzim conversa com o vice-governador do Estado, Washington Oliveira, em torno do nome do funcionário público Paulo Lima. Nenzim, pai do deputado estaduial Rigo Telles (PV), do Bloco Parlamentar pelo Maranhão de apoio à governadora Roseana Sarney, está no segundo mandato consecutivo.
    Em outros munícípios a cúpula estadual do PT costura acordos de toda natureza para eleger o maior número de prefeitos em 2012. Enxerga com isso chances de obter melhores posições para Oliveira quando 2014 chegar.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!