16 de jun de 2011

No claudiohumberto.com.br

DILMA FORÇA CONVIVÊNCIA DE INIMIGOS NO TURISMO
A presidente Dilma pode ter cometido outro erro político primário, ao impor o ex-deputado Flavio Dino (PCdoB-MA) para presidir a Embratur, órgão subordinado ao Ministério do Turismo e controlado pelo PMDB de José Sarney. Na terça, Dilma pediu ao vice Michel Temer para convencer Sarney e a filha, governadora Roseana, retirar o veto a Flávio Dino, ferrenho opositor da família, e nomeá-lo ao cargo. Sarney aquiesceu, mas o PMDB, não. A nomeação pode até não se confirmar.

FRACASSO ANUNCIADO
Não há perigo de dar certo: na Embratur, Flávio Dino será subordinado do ministro Pedro (Turismo), do grupo de Sarney, ao qual faz oposição.

INVERSÃO POLÍTICA
Outro sinal do erro de Dilma: o subordinado Flávio Dino é politicamente mais importante no Maranhão que o novo chefe, ministro Pedro Novais.

É O AMOR
João Alberto (PMDB-MA) encontrou Agnaldo Timóteo no corredor do Senado: “E tu, como vais?” Timóteo: “Continuo vereador em São Paulo e viajo pelo Brasil cantando músicas que exaltam o amor”.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!