22 de jun de 2011

OAB-SP lança campanha "homofobia mata"

    A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de São Paulo (OAB-SP) lança neste mês de junho a campanha "Homofobia mata - A violência tem que ter fim. A vida não", com o objetivo de combater o preconceito e a violência praticados contra homossexuais.
    A principal peça da ação é um cartaz (foto ao lado), criado pela agência Agnelo Pacheco, que destaca a frase tema da campanha na forma de uma pichação feita em vermelho, a cor do sangue.
    Na mesma imagem estão escritas ao fundo palavras que remetem à violência sofrida por homossexuais, como desrespeito, intolerância, preconceito, ódio, opressão, repulsa e covardia, entre outras."O respeito às diferenças e à dignidade da pessoa humana é bandeira da OAB-SP nesta campanha", declarou o presidente da entidade no Estado, Luiz Flávio Borges D'Urso.
    Os cartazes da campanha contra a homofobia serão distribuídos pelas representações da OAB em todo o Estado de São Paulo, além de serem enviados a escolas, órgãos públicos, empresas e entidades interessadas em divulgar a mensagem. A campanha inclui ainda um filme para TV de 15 segundos, peças para a Internet e para rádio.
    "Mais um vez, a OAB-SP lança de forma contundente e corajosa uma campanha para combater a violência contra as pessoas e minorias de nossa população. Participar de uma iniciativa como essa nos dá orgulho e renova nossa vontade de construir um país cada vez melhor", afirmou Agnelo Pacheco, presidente e diretor de criação da agência responsável pela campanha.
Da OAB-SP

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!