28 de jul de 2011

DIREITO DE RESPOSTA

    Em resposta à matéria postada neste conceituado blog no dia 27/07/2011, onde é citado o suposto envolvimento do SINDUSCON em desvio de verbas do Ministério do Trabalho, o SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO ESTADO DO MARANHÃO vem a público esclarecer o seguinte:
1- O SINDUSCON-MA e sua diretoria desconhecem qualquer tipo de parceria com a entidade citada na reportagem, conforme afirma-se no texto;
2- O SINDUSCON-MA não mantém e nunca manteve qualquer tipo de ligação com a entidade chamada CAPACITAR;
3- O SINDUSCON-MA não autoriza o uso da sua denominação para qualquer finalidade de contrato público, sem conhecimento e aprovação da sua diretoria, mediante convênio assinado, mesmo que seja a título de parceria;
4- O SINDUSCON-MA não recebe e nunca recebeu nenhum benefício financeiro fruto de suposto convênio citado na reportagem;
5- O SINDUSCON-MA, quando assina qualquer tipo de parceria com entidade promotora de cursos de qualificação profissional, o faz no âmbito de absorção de mão de obra para uso por empresas associadas, mediante Banco de Dados de Emprego;
6- O SINDUSCON-MA não compactua com qualquer tipo de ilicitude, mais ainda quando envolve recursos oriundos do trabalho da população brasileira;
7- A despeito da reportagem, o SINDUSCON-MA e sua diretoria sentem-se injustiçados por não terem sido consultados antes da sua publicação, considerando esse um ato de total descumprimento da prática do bom jornalismo, que recomenda entre outros, ouvir ambos os lados de uma questão. Tal prática, além de ser considerada injusta, apresenta-se ofensiva e com propósito explícito de macular a imagem de uma entidade séria e respeitada.
    Esclarecidos os fatos, o SINDUSCON-MA reitera o seu compromisso com a sociedade e com o setor da construção civil, sempre pautado na ética, na seriedade e na transparência de seus atos. É dessa forma que tem garantido a criação e manutenção de milhares de empregos, bem como a construção de milhares de moradias ao povo do Maranhão.
SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO ESTADO DO MARANHÃO

2 comentários:

Danilo disse...

O jornalista mente e cria fatos sobre empresas idôneas. Li as matérias e não existe nada que cite tais isntituições do Maranhão. Criar fatos, denegrir imagens é crime. Merece todas as punições da lei.

Francisco Filho disse...

Ta aí, a resposta do sindicato.

Postar um comentário

Comente aqui!!!