4 de jan de 2011

Agronegócio no Maranhão contribui para destacar estado na Lista suja do trabalho escravo

    O agronegócio no Maranhão é o principal responsável pelo destaque conquistado pelo Maranhão no ranking da lista suja do trabalho escravo no país. O estado ocupa a segunda colocação.  Dos 22 nomes da lista suja atualizada divulgada pelo Ministério do Trabalho na segunda-feira, 3, apenas Alsis Ramos Sobrinho, da Carvoaria do Alsis, não pertence ao setor.
     A lista suja do trabalho escravo terminou 2010 com mais 88 empregadores incluídos, cinco destes são donos de fazendas em território maranhense. Desde que passou a ser divulgada em 2003, 220 firmas  passaram a fazer parte do rol dos que mantêm seus funcionários em situação análoga à de trabalho escravo, seja por servidão por dívida, seja por trabalho degradante. A primeira lista trouxe apenas 52 nomes.
    No ano passado, 2.327 trabalhadores foram libertados em 245 empresas diferentes.  Deste 98 foram no Maranhão.  Desde 2003 já foram libertados 469 trabalhadores no Maranhão vivendo nessas condições. Apenas dois foram na Carvoaria do Alsis, em Açailândia
    Desde  flagrante até serem analisados todos os recursos da defesa o  processo administrativo que pode culminar com a entrada do nome do empregador na lista dura cerca de dois anos. A inspeção tem se intensificado nos últimos anos. No ano passado, a fiscalização chegou a 245 estabelecimentos. 

Lista suja do Maranhão
1 -Adailton Dantas Cerqueira - Fazenda  São Jorge - BR 222 - KM 109- Povoado São Miguel (Santa Luzia) 06/09
2-Alcides Reinaldo Gava -  Fazendas Reunidas São Marcos e São Bento - Zona Rural (Carutapera) 06/04
3-Alsis Ramos Sobrinho - Carvoaria do Alsis BR 222 -  Km 25 - (Açailândia) 07/05
4-Antonio Barbosa Passos - Fazenda Reluz - BR 22 - KM 110 a 48 km à direita de (Bom Jesus das Selvas) 12/06
5-Antonio das Graças Almeida Murta - Fazenda Lagoinha - BR 222 - KM 85- Zona Rural.Fazenda Lagoinha - Rua Rio Grande,900 -Açailândia. - 06/04 e 11/03
6-Antonio Fernandes Camilo Filho - Fazenda Lagoinha - BR 222-Km 80 - Bom Jesus da Selva 11/07
7-Diego Moura Macedo - BR 316 - KM 383 - Zona Rural de São Luiz Gonzaga - 07/08
8-Edésio Antonio dos Santos - Fazenda Ilha - Povoado Alto Verde Veneza - Capinzal do Norte - 12/10
9-Francisco Altelius Sérvulo Paz - Fazenda CEAP -Codó 12/09
10-Gilberto Andrade - Fazenda Boa Fé - Caru - Centro Novo 11/05
11-João Dilmar Meller Domenighi - Fazenda Carajá - Balsas 12/10
12-João Feitosa de Macedo - Fazenda J. Macedo - Povoado Morada Nova - Bela Vista do Maranhão - 07/08
13-José Celso do Nascimento Oliveira - Fazenda Planalto - Santa Luzuia 12/10
14-José Egídio Quintal - Fazenda Redenção - Açailândia  12/10
15-José Escórcio de Cerqueira - Fazenda Santa Bárbara e Fazenda Bom Jesus - BR 222- KM 135 - Monção 07/08
16-Max Neves Canguçu - Fazenda Cangussu - Bom jardim - 07/04
17-Niedja Rejane Tavares Lima - Fazenda Thâmia - BR 222 - KM 47 - Mata Santa Luzia - 12/06
18-Ramilton Luiz Duarte Costa - Fazenda Bela Terra - Gov. Edison Lobão 12/10
19-Roberto Barbosa de Souza - Rodovia BR 222 - KM 413 - Santa Luzia 07/08
20-Salomão Pires de Carvalho - Fazenda Aldeia - Lugarejo Boca do Carcado, Povoado aldeia - Matões do Norte 07/09
21-Vilson de Araújo Fontes - Fazenda Cabana da Serra - Morcego - Santa Luzia 07/05
22-Vital Ferreira da Costa - Fazenda Brejo das Araras - João Lisboa - 12/06


1 comentários:

João Ernani disse...

O Clube Agro apoia iniciativas voltadas para o Agronegócio no Brasil. Parabéns pelo Blog.
Equipe Clube Agro
www.clubeagro.com.br

Postar um comentário

Comente aqui!!!