2 de jan de 2011

Dos "1001 Discos para ouvir antes de morrer" apenas 15 são da música popular brasileira

    Lançado em 2007 pela Editora Sextante, "1001 Discos para ouvir antes de morrer" - versão nacional de série publicada pela Quintessence nos EUA e Inglaterra - é o primeiro sucesso editorial de um série que pretende ser inesgotável. Até agora seis títulos foram lançados deste prelúdio descontraído do fim.
    O sucesso da série são comprovados em números. Quase 250 mil exemplares vendidos no Brasil. No mundo todo circula em 27 línguas e foi levado para casa de mais de 5 milhões de pessoas vivas que se dispuseram a carregar um volume de 960 páginas, impossível de colocar debaixo do braço. Portanto, não se propõe a ser literatura de sovaco.
    Os livrões da Sextante do Brasil são impresos na China.
    No volume dedicado à música "1001 Discos para ouvir antes de morrer", selecionados e comentados por 90 críticos de renome internacional apenas 15 títulos são da discografia da música popular brasileira. Um deles, Gezt/Gilberto - LP do saxofonista Stan Getz e do bahiano criador da bossa nova, João Gilberto, lançado em 1963 tem dupla nacionalidade. É um produto com selo dos EUA e Brasil.
   Grande parte dos discos são americanos e da Inglaterra. Não há brasileiro entre os críticos. A propósito de Caetano Veloso escreve John Lewis, editor musical assistente da publicação londrina Time Out: "andrógino, profundamente intelectual e...muito irreverente", no comentário sobre seu primeiro disco "Caetano Veloso" (1968).

A MPB da seleção da Sextante
Anos 60
Stan Getz and João Gilberto- Gezt/Gilberto (1963) – Página 64
Astrud Gilberto – Beach Samba (1967) – Página 99
Os Mutantes - Os Mutantes (1968) – Página 135
Caetano Veloso – Caetano Veloso (1968)- Página 152

Anos 70
Chico Buarque – Construção (1971) – Página 256
Milton Nascimento e Lô Borges – Clube da Esquina (1972) – Página 266
Gilberto Gil e Jorge Ben Jor – Gil e Jorge – Ogum Xangô (1975) – Página 344
Jorge Ben –Africa/Brasil (1976)-Página 362
Tom/Vinícius/Toquinho/Miúcha- Gravado ao vivo no Canecão (1977) –Página 372

Anos 90
Caetano Veloso - Circuladô – (1991)- Página 665
Sepultura – Arise (1991)- Página 669
Sepultura – Roots (1996)- Página 782
Carlinhos Brown – Alfagamabetizado (1996) – Página 816
Maria Betânia –Âmbar (1996) – Página 816

Anos 2000
Bebel Gilberto – Tanto Tempo (2000) – Página 862

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!