26 de jan de 2011

Marcelo Tavares acredita que televisão a cabo é uma realidade entre a população do estado do Maranhão

    O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), falha com a verdade quando afirma que a TV Assembleia dará visibilidade plena à Casa. A partir do dia 27 de janeiro, três dias antes dele encerrar seu mandato como presidente da Mesa Diretora, a TVA começará a ser transmitida pelo Canal 38 da TVN (Televisão do Nordeste). Será o último ato de sua gestão, antes de transmitir o cargo mais que provavelmente para o deputado estadual reeleito Ricardo Murad (PMDB).
    Sabe o deputado que os cabos da televisão por assinatura - em torno de 800 km-, inaugurada em 1999 e que teve como primeiro parceiro o jornal O Estado do Maranhão, não atravessam o Estreito dos Mosquitos. Portanto, serão exclusivamente os telespectadores ilhéus,detentores de assinatura da TVN,que acompanharão os trabalhos parlamentares, conforme proposta da emissora.
    Embora tenha experimentado um crescimento de 25,7% no ano passado, adicionando 2,1 milhões de acessos no território nacional, essa modalidade de comunicação ainda é restrita no país. Mais ainda no Maranhão. Entre março de 2009 e março de 2010 a expansão de assinaturas no estado teve crescimento de 49,5%. Mesmo assim, inferior ao Amapá, Roraima, Piauí, Tocantins e Amazonas. No ranking nacional o estado está na décima sétima colocação em número de assinantes de TVs.
     A TVN atende São Luís, no Maranhão, e mais cinco cidades do estado do Rio Grande do Sul. Chegou ao Maranhão e se enlaçou com a família Sarney por intermédio do publicitário Evilson Almeida, dono da Imagine. Mais adiante, Almeida deixou o negócio que envolve os cearenses Jereissati. Há bafos que o filho mais velho do senador Sarney, Fernando, tem digitais nos cabos da Televisão do Nordeste.
    Os preços das assinaturas da TVN variam de R$ 79,90 a R$ 399,00. Segundo informações do deputado Victor Mendes, responsável pela estrutura da TVA, hoje na secretaria de Meio Ambiente, não haverá desembolso por parte da Casa para manter a programação no ar. A produção, porém, são outros quinhentos.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!