27 de fev de 2011

Estadão dá barrigada em reportagem sobre Assembleia do Maranhão

    O jornal O Estado de S. Paulo comete o que se define no jargão jornalístico como "barrigada" (erro provocado por falha na apuração da no notícia) na edição deste domingo,27, na reportagem "Dezoito presidentes de Assembleias Legislativas têm mais de R$ 1 milhão".
    Assinada pelo repórter Alfredo Junqueira, a reportagem comete erro de informação ao adfirmar que a governadora Roseana Sarney (PMDB) enfrenta dificuldade política no estado por ter na direção do legislativo estadual um adversário, no caso o ex-presidente da assembleia Legislativa deputado Marcelo Tavares (PSB).
    Desde o dia 1º de fevereiro Tavares não é mais presidente da Mesa Diretora. Ele foi substituído pelo deputado estadual Arnaldo Melo (PMDB), do bloco de sustentação política da governadora.
Confira trecho da matéria com incorreções:
"A situação mais complicada é a de Roseana Sarney (PMDB), no Maranhão. O novo chefe do Legislativo local é Marcelo Tavares (PSB), eleito na aliança liderada pelo ex-deputado federal Flávio Dino (PC do B) - principal opositor de Roseana na campanha de 2010."

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!