21 de jun de 2011

Alumar faz festa de arromba na Fiema para distribuir R$ 3,9 mil para 113 entidades em São Luís

    Com repercussão na mídia local, a Alumar faz nesta terça-feira,21, a doação de R$ 440 mil a 113 instituições sociais em São Luís (MA). O evento do consórico das empresas Alcoa, Rio TintoAlcan e BHP Billinton acontece no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão, Fiema. Rateado, a verba chega a cerca de R$ 3,9 mil para casa uma das instituições incluídas nos programas Bravo! e Bravo! Brasil da Alumar.
    Os recursos são oriundos do trabalho voluntários de funcionários e estagiários do consórcio de alumínio do Maranhão. No Bravo! a cada 40 horas de trabalho voluntário fora do expediente, o funcionário ou estagiário repassa um cheque da US$ 250 (equivalente a 475 reais) à instituição beneficiada. No Bravo!Brasil a inbstituição recebe menos: R$ 275 a cada 40 horas de trabalho voluntário.
    Com todo esse dinheiro, a Alumar contabiliza que desde 2002, quando o programa teve início, já foram "beneficiados" 140 mil pessoas.
Em abril deste ano o presidente mundial da líder mundial na produção de alumínio, Klaus Kleinfeld, discorrer sobre os resultados bastante positivos da fábrica.
Destaques do trimestre:
- Lucro de operações contínuas de US$ 309 milhões ou US$ 0,27 por ação; melhor lucro desde o segundo trimestre de 2008, com aumento de 20% em relação ao quarto trimestre de 2010 e movimentação de US$ 503 em comparação com o primeiro trimestre de 2010;
-Lucro de operações contínuas, excluindo um impacto negativo para itens especiais de US$ 8 milhões ou US$ 0,01 por ação de US$ 0,28 por ação;
- Lucro líquido de US$ 308 milhões ou US$ 0,27 por ação;
- EBITDA ajustado de US$ 955 milhões, um aumento de 22% em relação ao quarto trimestre de 2010 e de 60% comparado com o primeiro trimestre de 2010 e o melhor desde o terceiro trimestre de 2008;
- Recorde de lucratividade nos negócios intermediários e de pós-produção;
- Receita de US$ 6,0 bilhões, um aumento de 22% em relação ao primeiro trimestre de 2010, de 5% em relação ao quarto trimestre de 2010 e o melhor rendimento desde o terceiro trimestre de 2008;
- Sólido crescimento do rendimento do mercado final, conduzido por aumentos de dígitos duplos nos produtos de embalagens, do setor automotivo, de transporte comercial e do setor industrial;
- A empresa reafirma a sua projeção de 12% referente à demanda global de alumínio de 2011.
Com informações do Sindmetal-MA

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!