4 de jul de 2011

Fundação do Banco do Brasil vai apoiar projeto de preservação das nascentes do rio Parnaíba

    O superintendente do Banco do Brasil no Piauí, Carlos Antonio Decezaro, disse que a Fundação Banco do Brasil (BB) vai apoiar ações de preservação das nascentes do rio Parnaíba, na divisa dos Estados do Piauí, Maranhão, Bahia e Tocantins, onde existe um Parque Nacional.
    A Fundação Banco do Brasil tem 97 projetos sendo executados no Piauí. Em Picos, a fundação apoio o projeto da produção de mel de abelha e projetos de cajucultura, ovinocultura, caprinocultura, de hortas comunitárias e de reciclagem de lixo.
    Para ele, o mais importante da participação da Fundação Banco do Brasil não é necessariamente o aporte financeiro, mas, por apoiar projetos no país inteiro, apontar projetos semelhantes que estão sendo realizados em várias regiões para que sirvam de subsídios aos programas piauienses.
    “A gente mostra os fatos positivos para agregar aos projetos que estão em andamento aqui no Piauí e, também com aposte financeiro”, falou Decezaro.
    Um desses exemplos é o Projeto Água Brasil com objetivo de cuidar das nascentes e da sustentabilidade dos rios. No Piauí, a Fundação Banco do Brasil identificou uma bacia hidrográfica com necessidade de preservação de nascentes. No Estado foi feito um mapeamento.
    “Estamos na fase inicial de mapeamento e identificação”, declarou Carlos Antonio Decezaro.
    Ele afirmou que defende a participação em todos os projetos de sustentabilidade. Carlos Antonio Decezaro falou que a Fundação Banco do Brasil apoia o projeto de reciclagem de lixo desenvolvido pela Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência Social e Cidadania por beneficiar não apenas algumas pessoas.
    “Além da inclusão social dos que trabalham no projeto, gera um ganho ecológico e de sustentabilidade econômica para o município de Teresina.
Do Meio-Norte

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!