13 de jul de 2011

Professores da rede pública estaudal do MA tem terceiro maior salário do país

    O professor da rede pública estadual do Maranhão ganha a terceira maior remuneração do país. Com licenciatura plena e jornada de trabalho de 40 horas-aulas semanais,  o salário do profissional da Educação no estado é de R$ 3.263,68, incluindo as gratificações. Perde apenas para Roraima, cujo governo está nas mãos dos tucanos, e Distrito  Federal (do governador do PCdoB, Agnelo Queiroz) no ranking da federação.
    Os números do Maranhão estão sendo utilizados pelo Sindicato dos Professores e Servidores do Estado do Ceará, responsável pelo levantamente e em estado de greve desde o dia 30 de junho, para negociar proposta de reajuste com o Governo do Estado. 
    O salário dos professores maranhenses é o maior do Nordeste. Supera em mais de R$ 1.000,00 o dos professores de Alagoas, décimo segundo no ranking salarial da categoria no país. A hora-aula é a mais alta da região, atingindo R$ 16,32.
    Na mesma região, no Rio Grande do Norte, os professores recebem o menor salário do país: R$ 1.157,33. Com o desconto, segundo a professora Amanda Gurgel (estrela do PSTU com quase dois milhões de acesso no youtube - assista aqui) o líquido pago é de R$ 930,00.
     No Maranhão os salários correspondem a 5,98 salários mínimos.  O valor daria para pagar dois professores no Ceará com direito a troco. Segundo o Ministério da Educação, o piso salarial da categoria é de R$ 1.187,97.
Com informações de O POVO


1 comentários:

Anônimo disse...

O problema é que mais de da matade hoje dos professores da rede é contratado, e o salário do professor contratado é a matade desse valor o que levaria media de salário da categoria lá pra baixo. Com 700 Reais por mês a educação não não vai melhorar nunca. Um abraço
Nelsinho

Postar um comentário

Comente aqui!!!