17 de ago de 2011

Edson Vidigal se filia ao PDT

    O ex-candidato ao Senado pelo PSDB nas eleições de 2010 e ex-ministro do Superior Tribual de Justiça, advogado Edson Vidigal, se reúne nesta quarta-feira,17, com o presidente estadual do PDT, Igor Lago, para acertar sua filiação ao partido fundado por Leonel Brizola. A reunião acontece na sede do Partido, no centro de São Luís, na rua do Sol.
    Em julho deste ano, Vidigal anunciou sua saída do ninho tucano.Vidigal chega ao PDT do Maranhão  afinado com a proposta de recostrução, mas consciente de que a luta pela libertação do estado está acima das siglas partidárias. O convite para Vidigal se enfileirar no PDT veio do presidente nacional da legenda, o ministro Carlos Lupi.
    Seu deslocamento entre legendas é uma questão estratégica para minar as forças do atraso perpetuador da miséria no estado.  A ida paa o PDT é uma maneira de arrumar as trinheiras destruturadas após a morte de Jackson Lago em abril deste ano.
    Além de Vidigal se filiarão no PDT a ex-secretária de Estado de Segurança, Eurídice Vidigal, e Barrão, presidente do Sindicato dos Vendedores Ambulantes.

1 comentários:

Anônimo disse...

PREMISSA
Quando Roberto Rocha criou asas e levantou voo junto com Edson Vidigal do ninho tucano. Deu a entender que os dois pousariam no PSB. E de forma magnífica o primeiro ficou no Partido Socialista Brasileiro e o outro rasantemente migrou para o desgovernado PDT - onde poderá assumir o controle de bando.
No meu ponto de vista, está tudo se encaminhando muito bem para a viabilidade do projeto "Flávio Dino Governador 2014". Observando que o PDT participa da "Administração Castelo", e que Rocha ainda tem peso no PSDB, isso na condição de ex-presidente do Diretório Estadual do partido tucano (tomara que seja mesmo isso). Esse emaranhado vai imobilizando a “cansada de...” Roseana Sarney.
O único desatino -se existir- é deixar João Castelo (o mais emblemático antisarney do Maranhão) de fora. Caso isso ocorra, Roseana garfará –com muito prazer- o atual prefeito de São Luis.
Então vamos deixar de anacronismos: "Quem bateu nos estudantes em 1979 foi a HISTÓRIA; E NÃO JOÃO CASTELO!"
Obs: sei que nessas minhas colocações armo premissas verdadeiras e outras descartáveis, e isso irrita “certas pessoas” no PC do B. Ato que julgo como sendo um “destempero antidemocrático” (Robert Lobato).

Marco Antonio Carvalho Diniz

Postar um comentário

Comente aqui!!!