10 de ago de 2011

MEI e CES faturam alto com expedição de cartão estudantil

    Ao menos duas entidades do movimento estudantil estão alinhadas com a política da Prefeitura de São Luís: o Movimento Estudantil Independente e a Central Estudantil Secundarista. "Militantes" do MEI e CES abordam pais e estudantes em dois turnos de segunda a sexta na Rua do Sol, centro de São Luís, nas imediações do Cental de Atendimento Estudantil na tentativa de atrair clientes para a expedição de cartões estudantis que dão direito á meia-entrada e meia-passagem.
    A CES, apesar do nome emblemático, atualmente é presidida pela estudante Clarissa Almeida, regularmente matriculada na Faculdade São Luís, instituição privada de ensino superior. Como universitária, Clarissa teve seu cartão expedido pela CES, uma conquista segundo contam do ex-presidente, Lucivaldo.
    Desde a adminsitração Tadeu Palácio (2002-2008) podem emitir o cartão, o Movimento Estudantil Independente (MEI), a Central de Estudantil (CES), a União Municipal dos Estudantes Secundaristas (Umes), a Federação Municipal dos Estudantes Secundaristas (Fesma) e a União dos Estudantes do Ensino Superior Particular (Unipar).
    Tanto a CES como o MEI possuem sede instaladas nos altos da central da SET e SEMTU, na travessa da Passagem, 191."Hoje não disputamos mais com o pessoal do MEI", diz o "estudante" com uma pilha de fichas na mão, atento ao movimento de estudante e pais na central de atendimento estudantil.
    A taxa para o cartão para estudante secundarista é R$ 12,00, enquanto para matriculados em instituição de ensino superior, incluindo a UFMA, é R$ 20,00.
     Em São Luís mais de 100 mil estudantes utilizam meia-passagem, um direito adquirido às turras com durante o governo João Castelo em 1979.

1 comentários:

Anônimo disse...

verdadeiramente estamos sendo lesado por essas pessoas que só visam crescer financeiramente a custa dos estudantes.alem da carteira para estudantes do ens.superior ser cara esta não tem validade nem mais de um ano.tirei uma carteira no dia 22/08/2011 e recebir no dia 25/08/2011 com validade ate março de 2012 isso é uma falta de respeito muito grande com classe estudantil.

Postar um comentário

Comente aqui!!!