24 de ago de 2011

No Painel da Folha de S. Paulo

Freio de arrumação
Incomodada com os sinais de que a guerra interna das bancadas tornou-se fator de desestabilização de ocupantes da Esplanada, Dilma Rousseff mandou avisar aos deputados que, em seu governo, partidos indicam ministros, e só. Depois de nomeados, disse ela a auxiliares, não cabe aos parlamentares tirar do cargo. Lembrou que o regime é presidencialista.
Dirigido especialmente ao PMDB de Pedro Novais (Turismo) e ao PP de Mário Negromonte (Cidades), o recado se inscreve no esforço, vocalizado ontem pela ministra Ideli Salvatti e pelo líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), para acalmar aliados com a mensagem de que a "faxina" acabou.
Por Renata Lo Prete

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!