21 de dez de 2010

Carros da SEMED permanecem na garagem por falta de combustível

    Sem dinheiro nem para o combustível a Secretaria Municipal de Educação, SEMED, enfrenta crise sem precedentes. Para colaborar, compulsoriamente, com o órgão, os diretores de escola estão se deslocando com seus próprios veículos para pegar o fardamento que a Prefeitura de São Luís distribui aos alunos da rede municipal. Não há disposição de combustível nem mesmo para deslocamento do pessoal da engenharia da secretaria com o maior orçamento da administração municipal.
   A recessão financeira da SEMED atinge também as escolas comunitárias ou mantida em parceria com a Prefeitura. Há quatro meses com os salários atrasados, os funcionários destes estabelecimentos aguardam uma decisão da Multicooper, cooperativa responsável pela manutenção dessas escolas. Enquanto isso, o ping-pong sobre a responsabilidade pelo atraso no pagamento dos salários prossegue. A cooperativa diz que João Castelo não repassa a verba, e a prefeitura diz que está tudo em dia. Desse jeito vai ser preciso a Câmara aprovar um pacote de moção de repúdio para sanar o problema da insolvência no Palácio La Ravardière.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!