22 de dez de 2010

Juiz é acusado de participar de "leilão de virgem"

    O TJ de Alagoas vai investigar se um juiz de União dos Palmares esteve em festa onde seria leiloada uma virgem adolescente. No evento também aconteceria o concurso do "bumbum mais bonito", cujas candidatas eram adolescentes, e rifas de sexo oral.
    Investigações da Polícia Civil sobre um possível esquema de exploração sexual de adolescentes na cidade -a 81 km de Maceió- reuniram depoimentos de testemunhas que disseram ter visto o juiz Aécio Flávio Brito na festa.
    Ele responde a processo disciplinar sob acusação de libertar irregularmente dois PMs presos.
    O leilão não chegou a acontecer, pois policiais civis e militares interromperam a festa.
    Duas adolescentes de 14 e 17 anos foram encontradas no bar. Elas negaram a existência do leilão. Segundo a polícia, mais de cem homens participavam da festa.
    Thaís da Silva Costa e Gizela de Oliveira dos Santos, promotoras da festa, estão presas preventivamente sob suspeita de exploração sexual. O dono do bar -Nelson Tenório - está foragido.
    As mulheres negaram que seria feito o leilão e que agenciavam prostituição. A reportagem não localizou os advogados desses envolvidos.
    Fernando Maciel, que representa o juiz em outros processos, disse que foi informado sobre o caso pela imprensa e que não irá comentar.
(SÍLVIA FREIRE)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!