27 de dez de 2010

Lula diz que denúncia contra Pedro Novais está mais do que justa e deve ser investigada

    Durante café da manhã com jornalistas que cobrem o Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi questionado duas vezes sobre o caso do deputado e futuro ministro do Turismo, Pedro Novais (PMDB-MA), que usou dinheiro da Câmara para pagar diária de motel em São Luís, no Maranhão. "Se usou, vai ser investigado", disse, sendo logo interrompido por um assessor do Planalto que queria encerrar a entrevista.
    Antes Lula tinha sido questionado sobre o caso no momento em que reclamava das denúncias da imprensa. Lula respondeu dizendo que o repórter que fez a pergunta o conhecia e sabia que ele desaprovava atitudes como a do futuro ministro do governo Dilma, ligado ao grupo do senador José Sarney. "Você convive longo tempo comigo e sabe que não é isso que eu penso. Neste caso, está mais do que justa (a denúncia). Só tem um jeito de você não ser punido e não ser acusado: é não cometer o erro".
    Em seguida Lula baixou o tom de críticas à imprensa. "A denúncia da imprensa, na maioria das vezes, é importante. É que às vezes a denúncia é pela denúncia", disse. Depois o presidente citou o caso de outro indicado de Sarney, o ex-ministro Silas Rondeau, que deixou o governo acusado de corrupção. "Nunca existiu o envelope, mas nunca foi desmentido." Lula criticou a imprensa, mas neste caso a denúncia de que uma assessora de Rondeau teria entregue ao então ministro um envelope pardo com R$ 100 mil foi feita pela Polícia Federal e não pela imprensa".
De OEstadao

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!