11 de mar de 2011

Celso Borges participa de comemoração do Dia da Poesia na capital potigar

Desde os anos 80 a poesia passou a ser comemorada na capital potiguar. Foi por acaso como conta o artista plástico Novenil Barros: “certa vez, estava pixando um outdoor com Paulo Procópio e João (da Rua) Batista de Morais Neto, quando o fotógrafo Giovanni Sérgio fez a foto e publicou no jornal. A partir dali o Dia da Poesia passou a ser celebrado de forma mais organizada”.
    No próximo dia 14 de março a programação oficial e organizada, está garantida. E o poeta maranhense Celso Borges faz parte dela, no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (FJA).
    Esta edição do Dia da Poesia homenageia o poeta parcimonioso e íntimo articulador das palavras, Luís Carlos Guimarães, nos seus dez anos de encantamento..
Sete vidas
    Uma das atrações que deverá surpreender o público mais jovem e atrair a atenção saudosa dos mais experientes é o grupo músico-teatral e poético Gato Lúdico, cuja última aparição se deu nos idos de 1995. O espetáculo, que poderá se chamar “Sete Vidas”, não marca o retorno do Gato.
    Celso Borges vai à Natal acompanhado do multi-instrumentista Christian Portela. Interpretar poemas de seus dois livros-CDs, “XXI” (2000) e “Música” (2006), e seu trabalho propõe fortalecer as duas linguagens (poesia e música),
    Borges, que lançou em 2010 o livro-CD “Belle Époque”, quer mostrar “que a linguagem de sua poesia coloca em discussão possibilidades formais no palco, com elementos que colaboram para enriquecer o universo da poesia brasileira falada/cantada no começo do século 21. No palco, o artista diz, fala, grita e canta seus poemas”.
Com informações do Tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!