30 de abr de 2011

Cearense quer investigar caso de homônimos na lista de comissionados da AL do Maranhão

    Pode ser um caso de homônimo. Mas, Fátima Ozinete está disposta a investigar se o nome de sua mãe, Maria Ozinete de Alencar não está sendo usado como laranja na lista de comissionados da Assembleia Legislativa do Maranhão.
    Maria Ozinete de Alencar foi nomeada no gabinete do deputado estadual Neto Evangelista (PSDB) de acordo com Resolução Nº 143/2011 publicada no Diário Oficial do parlamento maranhense.
A homônima de um nome nada comum é nascida no estado do Ceará, segundo informou a filha, e tem perto de 60 anos de idade e mal concluiu a 4ªsérie do antigo primário.
    Nomeada como assessora erspecial legislativa, Maria Ozinetre de Alencar, comissionada com símbolo DGA recebe salário em torno de R$ 4 mil. Fátima Ozinete promete procurar a diretoria geral da casa para checar o caso de nomes iguais para pessoas diferentes.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!