30 de abr de 2011

Maranhão não informa dados sobre desmatamento da Amazônia Legal

    O desmatamento na Amazônia Legal, que alcança nove estados do Brasil, caiu 39% em março em relação ao mesmo período do ano passado,  segundo dados do Imazon, Instituto do Homem e Meio-Ambiente da Amazônia. Reduziu de 76 km2 em março de 2010 para 46 quilômetros quadrados em março deste ano. Os dados do desmatamento da parte do Maranhão ((oeste do meridiano de 44º) que integra a Amazônia Legal não foram analisados.
    O acumulado entre agosto de 2010 a março deste ano totalizou 972 km2. Em oito meses a redução foi de 3% em relação ao mesmo período anterior, quando o desmatamento somou exatos mil quilômetros quadrados.A região engloba uma superfície de aproximadamente 5.217.423 km².
    De acordo com os dados de 2011 os estados com maior área desmatada foram Rondônia com 69%, seguido por Mato Grosso 23%. O restante do desmatamento ocorreu no Acre (4%), Pará (2%) e Roraima (2%).
    As florestas degradadas na Amazônia Legal somaram 299 km2 em março de 2011. Em comparação com março de 2010, quando a degradação somou 220 km2, houve aumento de 35%. A maioria (73%) dessa degradação ocorreu em Mato Grosso seguido de longe por Rondônia (27%).
    A degradação florestal acumulada no período de agosto de 2010 a março de 2011 totalizou 4.056 km2. Em relação ao período anterior (agosto de 2009 a março de 2010) houve aumento expressivo (225%) quando a degradação florestal somou 1.248 km2.





0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!