25 de abr de 2011

Na agulha: Luisa Maita em estreia de talento

1 comentários:

Pstu Maranhão disse...

Segue declaração do PSTU Maranhão fazendo um chamado para um dia de lutas e paralisações em todo o Estado como parte do calendário nacional de mobilização dos trabalhadores contra os governos.
Aqui no Maranhão é hora de protestar contra o governo Roseana Sarney, que emergiu do abuso do poder econômico e das fraudes eleitorais prometendo o paraíso na terra durante a campanha e hoje é o governo do desemprego (3800 empregos eliminados só em março) . Fora Honoráveis bandidos! Tem dinheiro para bicheiro e não tem para professor!




28 de abril: Um dia de lutas para dizer também Fora Roseana Sarney
Um dia de lutas...


Na quinta-feira, dia 28 de abril, será um grande dia de luta em todo Brasil. A data faz parte do calendário de mobilização tirado por diversas entidades do movimento sindical e popular do país, incluindo a CSP Conlutas contra os ataques do Governo Dilma.

Primeiro foi a aprovação do salário mínimo de fome de apenas R$545, depois foi o anúncio do maior corte orçamentário da história do país, no total de 50 bilhões, atingindo principalmente as áreas sociais e agora é a ameaça de ataques a direitos trabalhistas como a aposentadoria.


Fora Roseana Sarney agora nas ruas...


No Maranhão, motivos também não faltam para sairmos à luta. A greve dos trabalhadores da educação que já completou 50 dias continua firme em busca de suas reivindicações. O caos está instalado nos principais serviços públicos do Estado como a saúde e a segurança pública e enquanto isso vários escândalos estouram dentro do Governo Roseana.

Em março, o PSTU convocou um protesto na internet (twittaço) que colocou a campanha pelo Fora Roseana Sarney no topo dos assuntos mais comentados, ganhando o apoio e a solidariedade de todos os cantos do país. Agora é hora de levar nossas bandeiras para as ruas neste dia 28 de abril de 2011, assim como já fizeram os trabalhadores em 1951 contra o governo Vitorino Freire e a juventude em 1979 durante o Governo Castelo pelo direito à meia passagem.

Vamos unificar todas as mobilizações salariais do funcionalismo com as reivindicações do movimento popular por transporte, saneamento básico e saúde em um mesmo dia de luta para derrotar os ataques do Governo Dilma e Roseana e das prefeituras.


Não esqueçamos de João Castelo...


Em São Luís, é hora de dar uma resposta à Castelo (PSDB), eleito com fama de bom administrador e tocador de grandes obras, o tucano até agora tem sua administração marcada pela arrogância com o funcionalismo (como na greve dos professores no ano de 2010) e a omissão nos principais problemas da cidade como o transporte público, o trânsito e as vias intrafegáveis.



Estas serão nossas bandeiras no dia 28 de abril:



- Redução e congelamento dos preços;
- Aumento geral dos salários e das aposentadorias;
- Direitos sociais e trabalhistas;
- Valorização dos serviços e dos servidores públicos;
- Transporte público, de qualidade e não aumento das tarifas;
- Moradia digna para os trabalhadores;
- Não ao pagamento da dívida pública;
- Fora Roseana Sarney!
- Fora Honoráveis Bandidos!
- Unidos somos fortes!

Postar um comentário

Comente aqui!!!