5 de abr de 2011

Nota de pesar da presidenta Dilma Rousseff pelo falecimento de Jackson Lago

    A presidenta Dilma Rousseff manifestou-se, por meio de nota de pesar, ao falecimento do ex-governador do Maranhão Jackson Lago ocorrido no final da tarde desta segunda-feira (4/4), num hospital em São Paulo. Jackson Lago iniciou carreira política na década de 60, “participando ativamente do movimento de resistência à ditadura”. Junto com Leonel Brizola, Lago ajudou a fundar o PDT. Foi também prefeito de São Luís em três ocasiões. Aos 76 anos, ele deixou mulher, três filhos e seis netos. Lago morreu de falência múltipla de órgãos.
A seguir a íntegra da nota de pesar.
    Jackson Lago destacou-se, pela dedicação e competência, como homem público e também como médico e professor de medicina. Começou sua carreira política na década de 60, participando ativamente do movimento de resistência à ditadura. Ao lado de Leonel Brizola, ajudou a fundar o PDT, em 1979, e tornou-se dirigente do partido. Eleito para a prefeitura de São Luís em três oportunidades, chegou a ser apontado, em uma pesquisa nacional de opinião, como o melhor prefeito do país. No momento de sua perda, envio meu abraço solidário a seus parentes, amigos e correligionários.
Dilma Rousseff, Presidenta da República Federativa do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!