7 de abr de 2011

Prefeito de Icatu perde prazo do TCE e ainda apela para tranparência virtual

    O prefeito do município da região do Munim, o pedetista Juarez Lima, aquele que prometeu defender o mandato do então governador Jackson Lago (1936-2011) com uma garrucha, pelo segundo ano consecutivo deixa de entregar a prestação de contas ao Tribunal de Contas do Estado, TCE. Pelas novas normas do órgão, ele está na relação dos inadimplentes.
    Lima é prefeito em segundo mandato e secretário geral da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão que tem como vice-presidente o filho do presidente do TCE, Gil Cutrim. O elo com os Sarney é o deputado federal Sarney Filho (PMDB).
    A transparência do médico e ex-deputado estadual povoa o universo virtual do sarneysmo no Maranhão. Tamanha é a patranha que ganha tons infantis. UM exemplo é o site da prefeitura municipal de Icatu. Supervisionado pela Famem, é uma ferramenta enferrujada e de utilidade restrita.
    Existe, porém, quem o aprove: “O site de Icatu é o mais completo e o mais bem informado, principalmente no que tange às contas públicas, leis atuais e publicações em geral, sem contar as notícias, que são praticamente em tempo real, daí o exemplo para os outros municípios”, disse Marcos Dyonny.
    A afirmação do técnico foi feita durante o curso “Sistema de Gerenciamento dos Sites Municipais”, promovida pela Escola de Gestão Municipal da entidade dos prefeitos. Especialista em gerenciamento de conteúdo na internet e coordenador técnico da Famem, Dyonny foi além do exagero, ganhou destaque no site de Icatu. Não é preciso ser especialista para constatar o equívoco premeditado do técnico. Acesse o http://www.icatu.ma.gov.br/ e confira a transparência da prefeitura de Icatu.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!