20 de abr de 2011

Seis mil índios foram à Semana dos Povos Indígenas


Vinte barcos levaram os índios, além de lanchas, ônibus e aviões

    Evento em São Félix do Xingu uniu etnias em uma troca de culturas e também por reivindicações de melhorias aos índios.
    Cerca de seis mil índios de 14 aldeias de diversos municípios do sul do Pará participaram da Semana dos Povos Indígenas, que encerrou ontem(19), no Dia do Índio, em São Félix do Xingu. A programação começou no dia 16 de abril. Para chegar ao município, algumas tribos viajaram cerca de 15 horas pelos rios Fresco e Xingu. Os índios chegaram em 20 barcos, oito lanchas voadeiras, dois ônibus e dois aviões.
    O cacique Piudô, da tribo Kikretum, disse estar contente em trazer seu povo para as festividades, mesmo com uma viagem que durou mais de 10 horas de barco.
    A Prefeitura de São Félix do Xingu, em parceria com o governo do Estado, organizou o evento. A semana contou com jogos esportivos, apresentações culturais, danças indígenas, atividades lúdicas, concurso de miss, lançamento de um CD de músicas indígenas, entre outras atrações.
    Todos os caciques tiveram uma reunião reservada na prefeitura municipal com o governador em exercício, Helenilson Pontes, onde fizeram várias reivindicações. Entre elas, transporte escolar para as tribos.
    Na ocasião, o governador foi batizado por um cacique da etnia Kaiapó com o nome nome indígena de “Amore Kaiapó”, que significa “avô”.
    O governador em exercício parabenizou os indígenas e enfatizou que o Pará mostra um pouco do que é o Brasil, rico pela natureza e pelas pessoas que fazem o Estado. Durante a abertura oficial, no domingo, a tribo Gorotire, de Redenção, homenageou os presentes com uma dança.
Do Diário do Pará

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!