26 de jun de 2011

O negócio dele é gastar

    O maranhense Pinto Itamaraty é um daqueles personagens que ninguém sabe direito o que faz no Congresso. Tucano e empresário do reggae em São Luís, Pinto economiza em discursos e propostas, mas não poupa dinheiro da Câmara. Tornou-se o campeão de despesas da cota para a atividade parlamentar. Nesta legislatura, já gastou 155 000 reais em contas de telefone, correios, combustível e outros serviços. A comparação com os “pães-duros” da Câmara revela um abismo. José Antonio Reguffe (PDT-DF), o mais rigoroso de todos, usou 4 000 reais da verba no período. Já Miro Teixeira (PDT-RJ) foi o vice-líder no ranking de austeridade: consumiu pouco mais de 7 000 reais.
Por Lauro Jardim, no Radar On-line de VEJA

1 comentários:

Anônimo disse...

meu caro! o Pinto da itamaraty tem seus motivos ,.;gasta por que pode;., o MARANHÃO deve muito aos donos de RADIOLAS,.;GRAÇAS A ELES O MARANHÃO É A CAPITAL DO REGGAE. SE VC NÃO GOSTA DE REGUEIRO NÃO FAÇA COMENTÁRIOS SOBRE O ASSUNTO.

Postar um comentário

Comente aqui!!!