15 de jun de 2011

Secma corta da programação o boi do artista Sílvio Serra que remete ao proscrito Boi Pintado


O artista plástico Silvio Serra
    O artista plástico maranhense Sílvio Serra novamente levou a cultura popular para o noticiário polícial. Depois de ser detido na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, DPCA, em São Luís, coincidentemente no Dia de São João em 2009, o dono do extinto (segundo ele temporariamente) Boi Pintado em entrevista ao programa de televisão Bandeira 2 (SBT-Difusora), denunciou que foi cortado da programação da Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão por usar o mesmo CNPJ do grupo folclórico que pintava os corpos das índias.
    "Eles usaram de má fé. Fui instruído pelos próprios funcionários da SECMA a oficializar a mudança do nome da brincadeira, mantendo o mesmo CNPJ", afirma Silvio Serra.
    Segundo Silvio Serra foi preciso muito barulho para que fosse dado a ele um documento em que a SECMA expunha os motivos do corte do Boi Boneco, uma brincadeira folclórica cujos bonecos confeccionados pelo artista remetem ao carnaval de Olinda.
    "Me protelaram durante três dias para me entregar o documento. Já que solicitei oficialmente o pedido, tenho direito de receber a negativa de forma oficial", reclama.
    Os personagens do bumba-meu-boi feitos na oficina do artista no Jardim América estão agora à venda. Dos mais de 40 brincantes que ensaiaram para se apresentarem durante o período junino, muitos deles moradores do bairro na zona periférica da cidade, foram espalhados por outros bois, como o do São Cristovão, por exemplo.
    O prejuízo se alastrou entre setores da cultura popular "Tive que despachar os sete músicos que nos acompanhariam durante as apresentações", conta.
    Segundo o artista plásticos os gastos com o Boi Boneco superaram R$ 7 mil. Mas a exposição ao programa "mundo cão" apresentado na emissora do senador Edison Lobão Filho pelo radiualista Silvan Alves rendeu frutos uimediatos. Menos de uma hora depois da exibição do Bandeira 2 o boi já tinha sendo vendido. Silvio Serra montou um bazar de fantasia junina autêntica que atende pelo telefone 8868-1271.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!