23 de ago de 2011

Deputado defende Sarney e diz que ele não é 'pessoa qualquer'

JOÃO CARLOS MAGALHÃES
FELIPE SELIGMAN
DE BRASÍLIA
    O vice-líder do governo de Roseana Sarney (PMDB) na Assembleia Legislativa do Maranhão defendeu, em discurso, o uso de um helicóptero estadual pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmando que ele é "não é uma pessoa qualquer".
    "[Sarney] não é uma pessoa qualquer, não é um [ex-governador] Zé Reinaldo [Tavares] da vida, é o homem que exerce o mandato, que está dentro do parlamento", disse na segunda-feira (22) Magno Bacelar (PV), comentando a reportagem da Folha sobre o uso de uma aeronave do governo do Estado para Sarney, pai de Roseana, passear em sua ilha particular durante finais de semana.
    "Queria que o presidente [do Senado] fosse andar em jumento? Queria o quê? Enfrentar um engarrafamento [?] Esse helicóptero, é claro, tem que servir os doentes, mas tem que servir as autoridades, esta é a realidade."
    Segundo o deputado estadual, a "mídia nacional" está "marcando Sarney". Ele criticou os "grandes jornais sulistas", dentre eles a Folha, afirmando que eles "discriminam o Maranhão".
PASSEIO
    Reportagem publicada na segunda-feira pela Folha mostra que Sarney usou um helicóptero da Polícia Militar do Maranhão para passear em sua ilha particular duas vezes neste ano.
    A aeronave foi adquirida no ano passado para combater o crime e socorrer emergências médicas. Foi paga com recursos do governo estadual e do Ministério da Justiça e custou R$ 16,5 milhões.
    Após a reportagem, o presidente do Senado negou irregularidades no fato de ter usado um helicóptero da PM e evitou dizer se sabia, no momento em que utilizou a aeronave numa das viagens, que um paciente precisou esperar por atendimento enquanto suas malas eram descarregadas. "Não prejudicou ninguém", afirmou.
Da Folha de S. Paulo

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!