22 de fev de 2011

Governo exclui portais maranhenses de verba publicitária do carnaval


Banner no Meio Norte

    O governo do Estado do Maranhão privilegiou portais de aliados políticos históricos, como o do jornal piauiense Meio-Norte, em detrimento de páginas na internet mantidas por empresas maranhenses, como, por exemplo, a Elo, mais antigo portal do estado. 
    A propaganda do carnaval 2011 distribuída pela Secretaria de Estado de Comunicação, Secom, foi parar na página do site do jornal do empresário Paulo Guimarães, amigo dileto do empresário Fernando Sarney.
    Nos veículos locais, a Secom colou banners em portais das empresas Pacotilha (O Imparcial), Jornal Pequeno e, é óbvio, no imirante.com do Sistema Mirante de Comunicação, de propriedade da família da governadora Roseana Sarney. A Agência VCR é responsável pela publicidade do carnaval deste ano.
    A justificativa mais plausível é divulgar o carnaval do Maranhão nos estados vizinhos, com intuito de atrair turistas. O estado do Piauí, no entanto, investe maciçamente no carnaval do litoral. Cidades como Luis Correia e Parnaíba atraem um grande número de foliões, entre eles maranhenses.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!