21 de fev de 2011

Murad quer fazer barreira para conter enxame de ambulâncias do interior nas UPAs em São Luís

    Antes de pedir ao Ministério Público do Estado que interceda junto aos prefeitos para que eles segurem seus doentes nos municípios onde a saúde é de gestão plena, o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, usou de uma estratagema ditatorial: distribuiu circular aos gestores para que eles não mais enviassem enfermos para a rede estadual da capital.
    Com a medida, Murad pensava em resgardar as Unidades de Pronto Atendimento da capital. Quando inaugurou a UPA do Anjo da Guarda a propaganda afirmava que a capacidade de atendimento seria de 500 pacientes por dia. O objetivo era desafogar os socorrões.
    Murad cobra de Castelo R$ 8 milhões referente ao atendimento dado aos pacientes de todo Maranhão entre setembro e dezembro de 2010.
    As UPAs ainda estão no terreno da promessa. Uma delas,  já pronta mais ainda não entregue, é a do Parque Vitória. A da Cidade Operaria emperrou numa reforma interminável. E por vai....para o beleléu.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!