14 de mar de 2011

Dia Nacional da Poesia

O canto do guerreiro
I
Aqui na floresta
Dos ventos batida,
Façanhas de bravos
Não geram escravos,
Que estimem a vida
Sem guerra e lidar.
- Ouvi-me, Guerreiros,
- Ouvi meu cantar.

Gonçalves Dias

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!