4 de abr de 2011

Nando Reis faz show de arranjos na "Nova" Batuque Brasil

    O show de um artista como Nando Reis na “Nova” Batuque Brasil serve de medida para aferir o quanto este “novo” espaço de show ainda é muito precário, segundo aqueles que dispensaram seus 40 reais para ficar em pé tomando chuva no terreiro da Batuque no último dia 02 deste. Pelo show “Bailão do Ruivão” de Nando Reis, antecedido da apresentação da dupla “Criolina”, valeria a pena gastar essa grana - quase 10 % do salário mínimo.
    Valeria a pena, não fosse a precária infra estrutura de banheiros e as constantes interrupções do Nando Reis para reclamar de forma elegante de buracos no palco, iluminação, água da chuva atingindo os equipamentos de sua banda. Já que a casa de shows não dispõe de banheiros suficientes para atender o público da pista, não seria razoável instalar banheiros químicos?
    A chamada “Lei das Filas” criada para moralizar as agencias bancárias no atendimento aos clientes, bem que poderia ser aplicada na Batuque Brasil em relação à quilométrica fila dos poucos banheiros existentes. Não tem graça você pagar 40 reais e assistir (ou ouvir) o show da fila do banheiro e com a bexiga apertada. Infeliz daquele que viesse a sentir nessa hora desarranjos intestinais.
    Na fila ouvia-se o seguinte conselho: Quando estiver no banheiro, aproveite para fazer a ação de número um e a de numero dois. Por falar em desarranjos, o próprio Nando Reis, referindo-se à sequência de incidentes no palco, agravados com a chuva e ciente de que o show não deve parar, parafraseou terminologias musicais dizendo que aquela era uma noite de “arranjos”.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!