18 de abr de 2011

Vereadora de São Luís troca experiências com país africano sobre problemas fundiários e de moradia

Vereadora de Rose Sales (PCdoB)
    A vereadora de São Luís, Rose Sales (PcdoB), se encontra em Nairóbi (Quênia), depois de ter cumprido rápida agenda em Brasília, na Embaixada do Quênia. Ela é a única parlamentar brasileira convidada a apresentar seu mandato na 23ª reunião do UN-HABITAT (agência da ONU dedicada às políticas de assentamentos humanos no mundo) , que aconteceu entre os dias 11 e 15 de abril.
   "Recebi com muita satisfação esse convite  para apresentar no stand que está sob minha responsabilidade um resgate histórico de alguns problemas fundiários e de moradia digna de São Luís, e uma proposta de mudança com pedido de ajuda à ONU e demais organismos mundiais”, ressaltou a vereadora.
    Rose Sales ocupou espaços importantes em reuniões com representações de vários países como Zâmbia, Estados Unidos, Canadá, Tanzânia, Quênia, Afeganistão e outros. A parlamentar disse ter construído relações internacionais importantes com objetivo principal de gerar mudança social, principalmente para as comunidades que vivem em situação de maior vulnerabilidade social em São Luís.
    As discussões foram  nas áreas de moradias dignas em ambientes saudáveis, regularização fundiária, garantia de acesso das mulheres a direitos, bens e serviços e a participação da mulher nos espaços políticos. Ela manteve relações diplomática entre a Embaixadora do Brasil no Quênia e do Quênia no Brasil a fim de facilitar projetos futuros para a capital.
    Rose Sales foi recebida pela Embaixadora do Brasil no Quênia, Dra. Ana Maria Sampaio, no dia14. Na oportunidade expôs sua linha de trabalho parlamentar e pediu apoio para a realização de projetos na cidade de São Luís. Ela participou  de reuniões com a Huairou Comission, organismo não governamental que desenvolve parcerias estratégicas e cria vínculos entre as organizações femininas de base, avançando nas suas capacidades de terem coletivamente influência local no âmbito global e ocupar espaços políticos em nome de suas comunidades.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!