3 de mai de 2011

Posto no interior do estado vende gasolina mais barata do país

Fila de consumidores em busca do menor preço em São Luís
    O Posto Itália, de revenda de combustível no município de Matões do Norte (MA), vende a gasolina mais barata do país. O litro do produto no posto situado à margem da BR-135 está sendo vendido a R$ 2,49, disparado o mais baixo praticado no estado do Maranhão.
    O município está fora do sistema de levantamento de preços da Agência Nacional de Petróleio, órgão do Ministério das Minas e Energia, com aferição em apenas 16 dos 217 municípios maranhenses. O preço da gasolina no estado é o segundo maior do país. Em primeiro está o Rio de Janeiro, onde os valores despencam após de fiscalização da Agência Nacional de Petróleo, ANP.
    Em São Luís, também está fora da tabela da ANP o Posto Magnólia, de bandeira BR, localizado no bairro do Maracanã, zona rural da capital maranhense. A gasolina vendida a R$ 2,54 no posto localizado na BR-135 tem atraído um número significativo de consumidores. A venda é feita somente à vista.

Posto na BR-135, na zona rural de São Luís

    No último levantamento feito pela ANP, no período entre 24 e 30 de abril, foi tabulado preço em 35 estabelecimento de venda em São Luís. O preço mais baixo da gasolina, tabelado pela agência do Ministério das Minas e Energia foi de R$ 2,65, vendida pelo posto de bandeira Sabba, na estrada de Ribamar, no bairro da Aurora.
    O Ministério Público do Estado passou a investigar formação de cartel no estado após o aumento superior a 11%, redondo em quase todas as bombas no estado. Apesar das suspeitas, a investigação não foi conclusiva. As bombas  tem ligações com a classe política do Maranhão pela frente ou camuflada. Muitos donos de estabelecimentos de revenda de combustíveis tem sobrenome ligados à políticos como Murad, etc. Outros estão em nome de parentes ou terceiros.
    O ex-prefeito de São Luís, Tadeu Palácio, hoje secretário de estado de Turismo, é apontado como sócio do irmão em uma rede de postos na capital. Um irmão do ex-deputado estadual, Joaquim Haickel, atual secretário de Estado do Esporte e Lazer, é dono de postos. O ex-deputado estadual e ex-vereador de São Luís, Nonato Aragão, tem vários em seu nome. O empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, também possui investimentos no setor. 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente aqui!!!